Passado o clássico contra o Palmeiras, o São Paulo agora terá três dias para se preparar para o duelo da próxima quinta-feira, contra o Guaratinguetá, marcado para o estádio do Morumbi, às 19h30m. E não será neste jogo e muito provavelmente, nem diante do XV de Piracicaba, domingo, no interior, que o técnico Emerson Leão poderá contar com o volante Fabrício e com o atacante Luis Fabiano, que seguem no Reffis em recuperação de lesões musculares.

O meio-campista sofreu uma contratura no empate da última quinta-feira, contra o Bragantino, em Bragança Paulista. Já o caso do camisa 9 chama mais a atenção, já que ele sofreu um estiramento muscular no dia 28 de janeiro, contra o São Caetano, no Morumbi. A previsão dada pelo departamento médico do clube do Morumbi era de três semanas, já se passaram quatro e o jogador continua com dores no local.

Ao ser questionado sobre o assunto Leão, resignado, respondeu.

– Não conto. Muito, muito difícil até para domingo – afirmou.

Outro que pinta como dúvida para o jogo do meio de semana é Lucas, que logo após o clássico disputado em Presidente Prudente, retornou a São Paulo em um jatinho para viajar a Suíça e se apresentar ao técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes, para o amistoso de terça-feira, contra a Bósnia. A princípio, o jogador retornará a tempo, mas a comissão técnica irá observar as condições físicas do meio-campista para decidir se ele jogará contra o Guaratinguetá.

Se puder contar com Lucas, Leão, após muito tempo, terá a possibilidade de repetir a escalação em dois jogos consecutivos, já que o time, como ocorreu diante do Palmeiras, jogaria com: Denis; Piris, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro, Jadson e Cícero; Lucas e Willian José.

postado por Rafael às 11:10

Comentários (0)
    Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a comentar!
Enviar Comentário
Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui.