por Renato


Os problemas de sempre!

Por Skull   19/Out/2017 11:04 0% 0%


Que o SPFC não vem mostrando bom futebol, isso é claro! Não precisa ser um sábio para constatar isso. Mas quando falamos dos problemas, sempre surge o nome do técnico. Seja lá qual for.

Ontem quem assistiu o jogo contra o Fluminense viu a tristeza que está o time. Sem força alguma para fazer algo em campo. Não vou entrar na questão arbitragem.

Não culpo o técnico, da mesma forma que não culpei o Rogério Ceni em sua passagem. Culpo a diretoria! Essa sim merece toda culpa. Um bando de janotas que não entendem de futebol, mas entendem muito de negócios obscuros. Estão usando o nosso time para fazer pé de meia e ganhar visibilidade. E a oposição parece que gosta de ser comprada por churrascadas. O clube está afundando, mas faz-se um churrasco e todos ficam felizes lá dentro.

E o pior, sem planejamento algum para 2018. Afinal, vai ver se ficamos ou não na Série A. Que ânimo que o presidente e a diretoria dá ao elenco e torcida, hein? Que pequeneza foi essa que chegou ao SPFC? Nunca vi o clube, o time assim. Jogando pequeno, pensando pequeno. Éramos referência em administração, marketing e REFFIS até anos atrás, e agora?

No futebol vemos claramente que Lucas Fernandes não é um Luiz Araújo, então não pode colocar o garoto para jogar da mesma forma. Inclusive o Shaylon vem mostrando melhor futebol que o Lucas Fernandes. Não é a hora de mudar isso?

E o problema mais antigo do SPFC.

Notaram que quando jogamos em casa, e o time adversário por óbvio vem retrancado, conseguimos jogar bem? Explico o por quê.

Quando estamos em casa, o time adversário vem de forma defensiva, em maioria das vezes buscando bolas esticadas para a frente e tentar algum contra ataque. Interceptamos, salvamos, livramos. Tudo bem. Conseguimos impor o nosso ritmo, marcamos pressão na saída de bola, o adversário se encolhe, e rifa a bola.

Mas e quando jogamos fora de casa? A história muda. Quando jogamos fora de casa o time adversário não joga retrancado, vem para cima, consequentemente faz muitas jogadas pelas pontas, normal. O que é anormal é que nessas jogadas pelas pontas nossos laterais nunca conseguem se dar bem, seja Bruno, seja Bufarini, Militão, Edimar ou Júnior Tavares, a bola sempre acaba dentro da área do SPFC. Os nossos laterais são fracos demais. Não apoiam o ataque, não defendem com eficácia. Ficamos à mercê da sorte.

Vejam os times nacionais e internacionais que estão na ponta da tabela, todos eles tem laterais eficazes. Nós não!

Então não adianta colocar Cueva, Hernanes, Shaylon, Lucas Fernandes, Thomaz, Jonathan Gomes para jogar juntos, se quando se chega ao ataque, a bola é sempre centralizada para o atacante receber a bola de costas para o gol.

Os laterais tem que apoiar o ataque! Das duas uma, ou abrem o jogo para receber a bola e chegar à linha de fundo, ou abrem a marcação da defesa deixando espaço para o nosso ataque no centro.

Reclamava-se que no time do Rogério Ceni tomava-se gol. Mas porque ele fazia com que os laterais subissem e apoiassem o ataque (todo time da Europa joga assim), mas fazia-se muitos gols. Fazia tempo que não via o SPFC goleando como no começo desse ano (isso parece uma lembrança tão distante), e também tomava-se gols. Mas fazer 3, 4, 5, e tomar 1, 2, a matemática esclarece o benefício.

É este o problema que vejo hoje (além da presidência e diretoria), as nossas laterais.

Como consertar? Contrate!

Vendo o time como está hoje, dá saudade até da época do Júnior César e Joilson, Cortez e Douglas! Dizer de Júnior e Cicinho já seria sonhar demais.   

 

 




Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!.

Comentário

Para enviar comentários, você precisa estar cadastrado e logado no nosso site. Para se cadastrar, clique Aqui. Para fazer login, clique Aqui.