Ontem foi publicada a notícia de que o STJ anulou atos pós 2004 no SPFC e que Aidar, por essa razão, pode cair.

Segundo a notícia, o STJ determinou que o Código Civil deve ser aplicado no caso de alteração dos estatutos, ou seja, a mudança impugnada deveria ser aprovada pelos associados.

Anteriormente o STJ já havia dado razão para a OPOSIÇÃO, porém O SPFC recorreu, obtendo êxito no STF, eis que o Ministro Luiz Fux cassara a decisão judicial.

Assim, o STJ, em novo julgamento, reformou a decisão do TJ de SP que havia decidido pela legalidade da alteração do estatuto pelo Conselho Deliberativo do clube e não pelo voto da Assembleia Geral dos Associados, ante a autonomia das associações desportivas, prevista no artigo 217, I da “Lex Mater”.

Com a decisão, segundo a notícia, todos os atos praticados a partir de 2004, e que tenham influência futura, perdem efeito.

Com isso, aduz a matéria todos os conselheiros que se tornaram vitalícios por indicação de Juvenal Juvêncio, ou mesmo de Carlos Miguel Aidar, deixam de ser. Os conselheiros que foram eleitos em 2014 perdem o cargo e o presidente Carlos Miguel Aidar tem o seu mandato interrompido.

Todavia, sob essa ótica, TODOS os atos jurídicos praticados pelo SPFC seriam nulos, pois praticados por quem não tinha legitimidade.

ENTRETANTO, ESSE NÃO É MEU POSICIONAMENTO TÉCNICO-JURÍDICO. EXPLICO.

Em um primeiro momento, destaco que a notícia é um tanto confusa e, me parece, tendenciosa.  A ponto de deixar claro que a OPOSIÇÃO NEGOCIA.  Ou seja, a oposição está fazendo assim:

“Isso não é válido, a Justiça disse. Mas se negociarmos, pode ser que abrimos exceção”.

Oras, DECISÃO JUDICIAL SE CUMPRE, não é.  Ao meu ponto de vista, a oposição não teria como barganhar nesse momento, sob pena de comprovar a existência de interesses pessoais e escusos.

Segundo, pelo fato de que consta na notícia o seguinte: “Sabe-se que ainda cabe um recurso no próprio Superior Tribunal de Justiça, mas apenas para ganhar tempo, porque a decisão já é conhecida.”

Essa frase é uma falácia atentatória contra a dignidade da Justiça.

TODO e qualquer recurso não pode ter como único escopo “ganhar tempo”, aliás, pelo contrário, o recurso serve para que a matéria seja revista por magistrados mais experientes e em maior número, de modo que os erros sejam diminuídos. Ademais, os recursos servem para atender o Princípio Constitucional do Duplo Grau de Jurisdição, JAMAIS como ato protelatório.

Inclusive, todo aquele que recorrer de alguma decisão com o patente intuito protelatório (ganhar tempo), leva na cabeça a multa por ser litigante de má-fé.

Esse fato já é o suficiente para derrubar e fragilizar o teor da matéria.

Ademais, ainda cabe recurso no STJ, não só para ganhar tempo, mas para esclarecer pontos e/ou, ter efeitos infringentes.

Após essas possibilidades, AINDA cabe recurso para o STF, no caso do SPFC demonstrar haver LESÃO PATENTE À CONSTITUIÇÃO FEDERAL e DEMONSTRAR A EXISTÊNCIA DE REPERCUSSÃO GERAL.

Como o STF já aceitou irresignações do SPFC no próprio processo, me parece que há uma GRANDE chance de, da mesma forma, receber eventual recurso.

Há razões jurídicas para que esse processo tramite por um bom tempo, e me arrisco a dizer que, se o trabalho for bem feito, por alguns aninhos.

E, no STF a coisa poderá ficar BEM BACANA, pois o STF tem decisões de vanguarda que se aplicam no caso e não tenho receio DE DIZER QUE SERIA BEM POSSÍVEL ELE CONSIDERAR QUE AS ELEIÇÕES SÃO NULAS, MAS APLICAR A MODULAÇÃO DE EFEITOS.

Ademais, ainda há como aplicar raciocínios como os tecidos em decisões anteriores nos quais se fixou as teorias do “Município Putativo” e do “Ato ainda constitucional”.

A Justiça é cega, mas pode ver os fatos com uma boa luneta.

E você, é cego ou apenas NÃO QUER VER O QUE OCORRE NO SPFC?

Aurelio Mendes – @amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 09:17
comente (1 /)

Cristiano Ronaldo é um dos jogadores mais falados atualmente, pois, além de ser um dos principais jogadores do futebol mundial e, talvez, o melhor de Portugal de todos os tempos, ele ainda é um craque fora dos campos.
Recentemente, saiu um video na internet no qual ele, vestido de mendigo, fica em uma praça na Espanha fazendo malabarismos com a bola.
Ao final, ele escolheu um menino para se revelar e entregar a bola autografada. Tudo bem que ali ocorreu muito marketing. Isso é óbvio. Mas o fato me despertou a curiosidade e fui pesquisar sobre o jogador e comprovei o que imaginei, ele é um craque fora das quatro linhas.
Esse ano, ele doou R$ 24 milhões para crianças vítimas de terremoto no Nepal.
O jogador é embaixador do “Save the children e atuou até nas redes sociais pedindo contribuições.

Ele praticou outras atitudes elogiáveis.
Em 2004, CR7 viu uma vítima do Tsunami vestindo a sua camisa da seleção portuguesa, não teve dúvidas, voou para lá e ajudou a arrecadar fundos para a reconstrução daquele país.
Ao vencer o prêmio “Chuteira de outro em 2.011, CR7 doou o dinheiro para ajudar as crianças palestinas que sofrem na Faixa de Gaza. Além dessa ajuda, CR7 ainda ajudou o Afeganistão em outras oportunidades e, em 2013, mandou 100 mil euros para o Comitê Internacional da Cruz Vermelha.

O jogador sempre ajuda crianças com problemas de saúde e, em 201, ajudou um menino que invadiu o campo em uma partida de futebol entre o Real Madrid e o Chelsea. O garoto seria deportado, mas CR7 conseguiu convencer as autoridades a relevar o caso.
Um dos seus feitos marcantes, foi na partida entre Portugal e EUA na Copa do Mundo Fifa 2014, onde o jogador apareceu com um corte de cabelo diferente, em listras laterais. O ato seria uma solidariedade para Erik Ortiz Cruz, menino espanhol, que passou por uma cirúrgia no cérebro paga por ele, CR7.Outra criança também seria ajudada, mas, infelizmente, faleceu antes.
Ele é o cara, me fez chorar várias vezes, por seu futebol desenvolvido em campo e por suas ações filantrópicas.
Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:53
comente (1 /)

Ontem acabou sendo amplamente divulgado um fato que, se comprovado, foi extremamente lamentável. Importante salientar que mencionei o “se comprovado referindo-me não à existência do fato em si, mas sobre a sua motivação.
É fato que a torcedora Fátima Martini fora “bloqueada no programa Sócio-Torcedor do SPFC. Isso ficou comprovado e foi exposto, inicialmente no twitter, tomando rumos além “mídias sociais, chegando até a mídia especializada.
A torcedora afirma não saber o real motivo de seu bloqueio.
O SPFC, por seu turno, através de Douglas Schwartzman, afirmou que a torcedora não teve conduta condizente com o ST e, também, que ela estava inadimplente.
Nem vou entrar na diferenciação entre mora e inadimplência, mas o fato é que a torcedora provou que, quando no bloqueio, não estava devendo NADA, só não conseguindo pagar a mensalidade, diante o bloqueio ocorrido anteriormente.
Então, fica a certeza de que o motivo do bloqueio decorreu de uma atitude incompatível com o ST.
Mas, qual foi a conduta?
Ela foi ofensiva com alguém? Praticou algum ilícito? Utilizou o programa de modo inidôneo?
Não há respostas para essas perguntas.
O que circulou e tomou força é que Fátima Martini é crítica de Aidar, esse ponto seria o cerne da questão.
Se essa for a razão, já deixo expresso, que tratar-se-ia de uma conduta fascista como aquelas praticadas por Nazi-Fascis de outrora. Não se pode excluir alguém de algo, única e tão-somente por ter opinião diversa.
Mas, o que mais instiga é que a torcedora acabou sendo “acusada, sem saber ao certo o motivo.
Assim, o fato se aproxima do livro “O Processo de Franz Kafka.
Na história, o personagem principal é preso em sua residência, interrogado e “culpado por algo que não sabe o quê. Explico.
O personagem central é acusado e “condenado por algo que teria praticado. Mas, esse “algo JAMAIS ficara explícito na história.
Essa situação fere de morte alguns princípios jurídicos, com grande destaque para o Contraditório e Ampla Defesa.
Em termos mais populares, explico.
Se eu falo para alguém: Você, no dia x, local y, agrediu pessoa A.
Esse alguém pode se defender afirmando: Sou inocente, pois no dia x, eu estava no local z, que fica a 200.000 km de distância do local. Ademais, ainda não conheço a pessoa A. Mesmo que a conhecesse, ela é muito maior que eu e extremamente mais forte, o que dificultaria qualquer agressão.
Por outro lado, se eu falo para esse mesmo alguém: Vc é culpada por algo. Depois te conto, mas é culpada.
Oras, fica a indagação:
Como esse alguém irá se defender se não conhece o ocorrido?
Não tem como. Ou seja, acusação ampla, não identificada, IMPEDE o exercício de um Direito Constitucionalmente garantido, a Ampla Defesa.
Assim, a conduta do SPFC se mostra reprovável, pois se assemelha aquela descrita por Franz Kafka, no seu clássico “O Processo.
Reprovável o ocorrido.
O SPFC se apequena.
Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 12:59
comente (0 /)

Olá meus caros amigos leitores Soberanos, esse fim de semana terá mais um Majestoso, partida na qual o SPFC precisará ter um bom desempenho. Primeiro, para poder se aproximar da liderança do campeonato e não deixar a distância aumentar; segundo, para que seja colocada uma pá de cal sobre o falso paradigma de "freguesia" de que o "Morumbi é o salão de festa do time rival"; terceiro, porque esse deverá ser o último majestoso do Ceni em casa. 

Assim, vejo a pressão total em cima do SPFC, que não vive uma excelente fase, mas que demonstrou melhoria tática sob o comando do Osório. 

Podemos ver que, na partida contra o Atlético MG, o SPFC - embora não tenha vencido- conseguiu desenvolver um futebol mais ágil, mais compacto e objetivo, com uma grande diminuição dos passes laterais e, também, do jogo extremamente cadenciado, quase parando. 

Os jogadores se movimentaram mais, foram mais participativos e alternavam posições de modo a modificar o sistema tático. 

Embora não esteja tão mal no campeonato, o Tricolor tem muito para melhorar. Precisa ser mais eficiente e efetivo, com diminuição de alguns egos. É preciso que um ou outro jogador aceite o banco, pois se não há resultado, é preciso ter a humildade de aceitar a reserva. 

Em um time como o SPFC não há justificativa para alguém ter cadeira cativa. 

E nesse cenário que o Tricolor entrará em campo, com maior pressão e ajustes a serem feitos. 

Creio que, embora o novo contratado, Luis Eduardo,  já esteja no BID, é prematuro colocá-lo em campo, a exceção da necessidade real, ou seja, da ausência de zagueiros. 

Eu jogaria no 4,4,2, com variação para o 4,1,3,2, mantendo um voltante protegendo a zaga quando a bola estiver nos pés adversários. 

Luis Fabiano ainda não sabe se poderá jogar, situação diversa de Alexandre Pato, jogador que não entrará em campo. 

Assim, o SPFC poderá ter um ataque formado por Centurion e Guisao. Pode ser uma aposta interessante, o ataque teria velocidade e o rival não saberia ao certo como o Tricolor jogaria, pois desconhece Guisao. 

O Corinthians, por seu turno, poderá entrar sem Renato Augusto, o que fará uma diferença imensa. 

Embora a pressão seja grande, o Morumbi estará lotado e com o apoio da torcida tenho convicção que o placar nos será favorável. 

Se quem é rei não perde a majestade, só o Soberano poderá sair vitorioso do majestoso. 

Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:12
comente (1 /)

A noite era de ansiedade, o SPFC queria e precisava da vitória para se aproximar do líder do campeonato, justamente o seu oponente na partida. Mas, o time da Capital Paulista não logrou êxito. Perdeu, quase que por goleada, mas não deixou de marcar o seu gol de honra.
Apesar do placar desfavorável, o SPFC não jogou mal, ao contrário, mostrou-se um time um pouco mais compacto e muito bem desenhado taticamente. Há erros de fundamento, outros equívocos técnicos, mas, ao menos, o SPFC parece ter voltado à vida, não é mais aquele time apático de meses atrás, fato que justifica aplausos para o técnico Osorio. O Tricolor perdeu grandes oportunidades nos pés daquele que fora o responsável pelo único tento do SPFC, Pato desperdiçou jogadas que tidas como "gol certo". Em uma delas, chegou a chutar bizonhamente para o gol, de forma muito mais amena que muito recuo de bola.
O Tricolor estava melhor em campo, empurrava o time de Minas na sua própria casa, mas diante o ditado "quem não faz, toma", acabou por levar um gol do "hat-trick" da noite, Lucas Pratto.
Não menos certo que, Pratto teve sorte no lance do primeiro tento, mas mostrou-se um belo jogador, pois ocupou bem os espaços, se movimentou bastante, de modo a conseguir "estar no lugar certo, na hora certa".
Após a abertura do placar, o SPFC ficou nitidamente abatido, não conseguia mais desempenhar o futebol com a liga necessária e, ainda abatido, levou o segundo gol, surgido de uma jogada de Giovanni Augusto.
Ainda cochilando, mas já acordado, o SPFC tentou ir para cima, mas Pato continuou desperdiçando jogadas, fato que somado à atuação medonha, bizarra e medíocre do nosso sistema defensivo, corroborou a vontade dos Deuses do pão de queijo, de modo que Pratto marcou mais um, praticamente fechando o caixão Tricolor.
A noite parecia que estava contra o SPFC. E o Atlético queria deixar tudo em Prattos limpos.
No segundo tempo, Ganso retornou melhor, mais participativo e combativo, fez alguns bons lances e esboçou excelentes passes, até que conseguiu colocar a bola na cabeça de Alexandre Pato, que fez o gol de honra do Clube do Morumbi.
Muito embora fique a decepção de mais uma derrota por placar elástico, o jogo foi muito bom. As duas equipes jogaram para frente, sem a burocracia defensiva decorrente do medo de perder pontos.
Ambos os técnicos focaram em marcar pontos. Jogo bom, mesmo levando-se em conta os inúmeros erros do SPFC, os quais não deveriam mais existir, é preciso trabalhar fundamentos no clube.
Como a sempre culpada apatia do Tricolor não entrara em campo ontem, a enorme capacidade do SPFC em praticar erros primários ficou evidente, mas, por outro lado, também restara evidente que o Mais Querido tem plenas capacidades de disputar uma vaguinha no G4.
Agora é esperar pela próxima partida.

Aurelio Mendes  - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:10
comente (0 /)

Ontem foi publicado que o SPFC irá lançar em outubro a 3º camisa, fato que só será possível diante a aprovação, pelo conselho do clube, visto que o estatuto do time não permite alterações nos dois uniformes consagrados e, também, a criação de outra camisa.
Dizem por aí, internet, televisão, rádio, redes sociais que esse fato é inédito. Porém, não é a verdade. O SPFC já lançou mão do 3º uniforme em momentos anteriores, denominando-o de "uniforme do torcedor" ou de outras alcunhas, mas que, na prática, não passava de um terceiro uniforme.

<a href="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisa_saopaulo1_vip_wanderroberto.jpg"><img src="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisa_saopaulo1_vip_wanderroberto-300x169.jpg" alt="camisa_saopaulo1_vip_wanderroberto" width="300" height="169" class="alignnone size-medium wp-image-13" /></a>
Em 2.013 o Tricolor lançou a campanha "Vermelho, a cor da raça". Dois anos antes o Tricolor havia lançado uma camisa branca com listras finas em vermelho e preto.
<a href="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisa-3-sao-paulo-02.jpg"><img src="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisa-3-sao-paulo-02-300x205.jpg" alt="camisa-3-sao-paulo-02" width="300" height="205" class="alignnone size-medium wp-image-14" /></a>
A camisa acima mencionada, fora baseada na camisa da Seleção Paulista de outrora e na camisa do CA Estudantes Paulista, como podemos verificar na foto abaixo:
<a href="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisaestudantespta.jpg"><img src="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisaestudantespta-300x132.jpg" alt="camisaestudantespta" width="300" height="132" class="alignnone size-medium wp-image-16" /></a>

Mas, isso até que foi dito em alguns lugares, mas essas não foram as única oportunidades.
Importante não nos perdermos na linha do tempo, nem na origem do clube. Assim, não há como não mencionarmos a camisa vestida pelo clube em 1.930 em um amistoso contra os EUA, que era baseada no AA das Palmeiras, a outra faceta da criação do Tricolor Paulista.
<a href="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/1930-eua2.jpg"><img src="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/1930-eua2-300x204.jpg" alt="1930-eua2" width="300" height="204" class="alignnone size-medium wp-image-18" /></a>
Em 2000, em partida amistosa contra o Avaí, o SPFC usou uma camisa em homenagem ao centenário do Clube Paulistano:
<a href="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisapaulistano3.jpg"><img src="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisapaulistano3-300x132.jpg" alt="camisapaulistano3" width="300" height="132" class="alignnone size-medium wp-image-15" /></a>

Ainda temos que mencionar que o "uniforme do torcedor", lançado em 2.009, foi um revivamento daquela criada por Paulo Planet de Buarque em 1.966:
<a href="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisa1966.jpg"><img src="http://www.lanceactivo.com.br/identidade_soberana/wp-content/uploads/sites/5426/2015/07/camisa1966-300x132.jpg" alt="camisa1966" width="300" height="132" class="alignnone size-medium wp-image-17" /></a>

Assim não há dúvidas, o 3º uniforme, virá para agregar, gostemos ou não, mas que não é algo inédito, isso a história prova.
Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:54
comente (0 /)

Dia 02 de maio de 2.010, Roberto Brum seria expulso na derradeira final Santos vs Santo André, partida que o Peixe estava sendo sufocado, não só pelo futebol do time do ABC, mas também por estar com 8 jogadores em campo, visto que Léo e Marquinhos já haviam sido expulsos. Sem muita opção, Dorival Júnior sinalizou o ingresso de Bruno Aguiar na partida, substituindo Paulo Henrique Ganso, mas, o meia recusou-se a sair, batendo nitidamente de frente com Dorival Júnior.
Passados um pouco mais de cinco anos, 12 de julho de 2.015, passados quase 30 minutos do segundo tempo da partida entre SPFC e Coritiba, Boschilia faz aquecimento para, aos 33 minutos ingressar em campo substituindo Paulo Henrique Ganso. O jovem jogador ingressa na partida sem muito tempo para demonstrar o futebol que possui, mas o fato que a imprensa deu destaque foi que Paulo Henrique Ganso, ao sair do campo, se recusara a cumprimentar o técnico do SPFC, Juan Carlos Osorio, além de chutar um copo d`água.
Mais uma vez,  no dia 26 de julho de 2.015, Corinthians e Coritiba em campo, exatos 41 minutos do segundo tempo, a placa de substituição é levantada, Vagner Love é o jogador indicado para deixar a partida para que o meia Danilo ingresse no jogo. Então, com cara de poucos amigos, Love demonstrou não ter tanto "love" no coração e soltou palavrões, aos quais muitos afirmam decorrer da substituição, em que pese as explicações do jogador e do técnico Tite.
3 fatos similares, os dois primeiros praticados pelo mesmo jogador, caso de insubordinação. Quanto ao terceiro, tomando por base a primeira versão dos fatos, também podemos colocá-lo no mesmo patamar da rebeldia.
Porém, é de nos saltar os olhos o fato como os 3 fatos foram tratados de formas diversas. No primeiro caso, a mídia, torcida, especialistas e profissionais do futebol aplaudiram em pé a atitude do meia-armador (ou seria amador pelo futebol recente) "acima da média".
Muitos falaram algo como "essa é a verdadeira atitude de um líder"; "Ganso honra a camisa"; "que belo exemplo, pois o técnico não está dentro de campo e não sabe realmente o que ocorre lá dentro.".
Entretanto, essas mesmas pessoas acabaram por crucificar Ganso e Love pelos fatos narrados acima. Disseram ser jogadores arredios, insubmissos, rebeldes, indisciplinados, etc (críticas muito mais incisivas ao Ganso do que ao Love).
Então me pergunto: qual a lógica disso tudo?!
O futebol não tem lógica, o melhor nem sempre vence, etc. Mas, as opiniões deveriam ter.
Então, me parece patente que as opiniões firmadas sobre o futebol, são instáveis como o flúor, altamente reagente e explosivo.
Não poderia ser diferente.
Isso é o que move o esporte.
Outra constatação, sobre os mesmos fatos e que comprova o que fora dito, é que, esses jogadores quiseram ficar em campo, provavelmente por entenderem que poderiam doar mais de si para suas respectivas equipes, que precisavam deles naqueles momentos. Em lado diametralmente oposto, temos os jogadores que abaixam a cabeça e saem de campo, silentes, desanimados. Nessa situação é certo que muitos iriam dizer: "Olhem lá, não tem brio, não tem gana. Jogador sem vontade".
Assim, tenho que trazer o título ao contexto:
Há bipolaridade no futebol?
Não. Há opiniões instáveis, as quais são formadas de acordo com o caminhar do jogo.
Futebol, além de paixão, é um negócio para muitos, sendo assim, quanto mais polêmico, melhor.
Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:38
comente (0 /)

É bem verdade que defendia a não contratação do zagueiro Lugano pelo SPFC, entre os motivos, o que mais fundamentava minha opinião estava os altos salários que o jogador deveria receber.
Ocorre que, mudei minha opinião, mas por um "fato novo": Lugano viria de graça, não só em relação à negociação, mas também quanto aos salários, o jogador não receberia um conto de réis do SPFC. Explico.
O SPFC não pagaria salários para o jogador, que receberia única e tão-somente parcela das ações de marketing que envolvesse seu nome. Essa condição fora dita expressamente pelo presidente Aidar em entrevista para um importante jornal do país.
Sendo assim, o jogador praticamente em inatividade e com idade avançada seria sim uma excelente contratação para o Clube do Morumbi, eis que, por ser ídolo da torcida, agregaria muito em ações de marketing e melhoria de forma exponencial a zaga Soberana.
A zaga ganharia muito em eficiência e qualidade, apesar de lento, Lugano traria experiência e visão de jogo, de modo que, erros como "marcação da bola" estariam com os dias contados.
Além disso, não daria para contabilizar nem imaginar o quanto o SPFC ganharia com  o marketing. Certo é que o clube teria um upgrade no programa de sócio-torcedor e venderia muitas camisetas.
Profissionalmente consigo ver um único empecilho para a contratação gratuita de Lugano, caso ele, no futuro, viesse reclamar Direitos Trabalhistas na Justiça Obreira.
Se isso ocorresse, tenho quase que certeza que, o SPFC teria contra si uma procedência em parte da demanda, sendo condenado ao pagamento das verbas salariais, corrigidas e com juros de 1% ao mês (que poupança).
Mas, haveria uma solução, ainda que mínima para a hipótese: o departamento jurídico o clube amarrar bem o contrato.
Valeria o risco.
Confesso que, com o noticiado, coloco Lugano entre um dos maiores ídolos do SPFC, para mim, que nunca o vi com essa "pecha", mas agora, dou o braço a torcer.
Que pena que não veio, seria muito bom ter "Dios Lugano" no Tricolor.
Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 10:57
comente (0 /)

O cenário interno do SPFC não está nada bem. Dívidas gigantes surgem do "nada", como se viessem de um outro plano que não o terreno. Brigas internas, jogadores insatisfeitos e a falta de resultado dentro de campo está fazendo com que a crise se torne uma bola de neve, de tal sorte que a cada segundo aumenta exponencialmente.
E uma questão delicada, foi a publicada no blog Tricolor Na Web, onde há a afirmação de que o Vice-presidente do São Paulo seria representante de dono da empresa que espera comissão pela Under Armour (links no fim do texto).
No texto do Tricolor na Web, fala-se que Douglas Schwartzmann, vice-presidente de Comunicação do SPFC, participara de negociação na qual estava envolvido grupo empresarial, através de intermediação de outra empresa na qual ele é representante comercial, e o SPFC.
Por outro lado, quase que como em uma "resposta" o Blog do São Paulo, que tem como maior ícone o Zanquetta, afirma que ocorrera uma tentativa de ligar os pontos e indicar um possível envolvimento ilícito ou imoral entre as partes, "uma forma de tecer uma teia que indique que há correlação a partir de um cartão de visita e de uma relação comercial que NUNCA ocorreu conforme obtivemos informação de Douglas".
O Blog do São PAulo ainda afirmou que tem um documento em mãos que demonstraria que a ação fora motivada por fatores não relativos À conexão do VP à Far East e sim por outros pontos.
Ocorre que, por minha experiência de mais de uma década trabalhando com Direito Penal, tenho a convicção de que, crimes ou atos imorais praticados visando relações comerciais, áreas financeiras e tributárias, são feitos por vias escusas, de modo a tentar impedir ou dificultar ao máximo que a "tramoia" seja descoberta.
Então, como percebemos na Operação Lava a Jato, por exemplo, nunca há uma contratação direta, mas a utilização de empresas fantasmas, ou de fachada, ou ainda, uma integrante de um grupo empresarial maior, ao qual pertence a empresa principal.
Desse modo, Zanquetta não esclareceu absolutamente nada.
Ademais, afirmar que o caso envolve "meras ilações" com base em informações prestadas pelo próprio Douglas é de uma inocência ímpar, pois em casos como esse, o "investigado", "acusado", "increpado", ou mero suspeito, JAMAIS assume a culpa, ao contrário, começa a adotar medidas para ofuscar toda e qualquer investigação, de modo a colocar uma pá de cal sobre a própria sujeira.
O SPFC não está em boas mãos, é o que há para se constatar.
Agora a interrogação tem que recair sobre o fato de Douglas Schwartzmann ter tratado da polêmica troca no fornecimento de materiais esportivos entre a Penalty e a Under Armour, conforme noticiado pela mídia.
Não se pode acreditar em tudo que se lê, nem para condenar, nem para absolver, os fatos falam ou falarão por si próprios.

Aurelio Mendes - @amon78


http://tricolornaweb.com.br/noticia/bomba-vice-presidente-do-sao-paulo-e-representante-de-dono-da-empresa-que-espera-comissao-pela-under-armour/
https://zanquetta.wordpress.com/2015/07/23/blog-do-sao-paulo-a-verdade-a-teia-criada-e-a-posicao-oficial-de-douglas-schwartzmann/
http://globoesporte.globo.com/blogs/especial-blog/dinheiro-em-jogo/post/os-desafios-de-douglas-schwartzmann-novo-vp-de-marketing-do-sao-paulo.html

postado por Aurelio Mendes às 10:35
comente (0 /)

Atualmente muito se fala sobre a ausência de ídolos, de uma identidade emocional entre jogador e clube, de uma dedicação de alma e coração dentro do campo. A observação é procedente, não há mais aqueles jogadores marcantes, capazes de - por si só - mover uma imensidão de torcedores para ver uma partida de futebol.
Podemos dizer que o futebol hoje mostra descaradamente sua faceta "business", característica que sempre teve, mas que antes era oxigenada por uma paixão desenfreada tanto de jogadores, como de torcedores.
Mas, a questão é: a culpa é de quem?
Sob minha ótica, posso dizer que não há um culpado exclusivo, mas uma soma de fatores.
A saída precoce de jogadores para o exterior é algo que contribui, e muito, para esse quadro. Os jogadores não chegam a pegar uma identidade com os clubes nacionais, já na primeira troca de fraudas, ele olha para o exterior e vê como único objetivo vestir camisas de clubes como Milan, Chelsea, Bayern, Barcelona, Real Madrid, entre outros.
Isso faz com que, os clubes nacionais fiquem em segundo plano, não tem jeito.
Outro fato importante está na ausência de paciência dos torcedores, comissão técnica e cartolas com os jogadores, provavelmente motiva pela já mencionada saída precoce dos jogadores.
Assim, o jogador mal chega ao clube ou sobe da categoria de base e já cobram a entrada no time principal e boas atuações, mesmo sem um período de adaptação necessário. Vejamos que na vida profissional de todos, quando somos promovidos ou trocamos de emprego, passamos por um período de adaptação que, se bem realizado, irá regrar nossa vida profissional dali para frente.
Não se joga guerreiro algum na cova dos leões sem um tempo de experiência.
Tanto é verdade que um dos maiores ídolos do SPFC, Raí, ficou um bom tempo aquecendo o banco de reservas, bem longe do time titular.
Raí chegou ao SPFC em 1.987, mas o marco inicial para seu sucesso ocorreu com a chegada de Telê Santana ao clube, que só ocorreu em outubro de 1.990, quando o SPFC já começava a pensar em negociá-lo com outro clube.
Vejam, foram praticamente 4 anos de "preparação", de reserva, sem pressão, para que tudo ocorresse naturalmente, com o amadurecimento que todo jogador precisa ter.
Se isso fosse nos dias atuais, Raí JAMAIS seria o jogador que foi, pois, bastariam 6 meses sem resultados para que a torcida, cartolas e investidores iniciassem a queima do jogador.
Teríamos vedado a construção de um dos melhores jogadores do futebol nacional.
Então, me parece óbvio que sem essa construção, nunca mais será possível termos ídolos com a camisa de nossos times.
Viveremos sempre do passado, ou sob a nostalgia dos craques do passado ou contratando jogadores em final de carreira, que vivem e atuam sob o pálio de seu próprio passado.
Aurelio Mendes - @amon78
 

postado por Aurelio Mendes às 09:08
comente (0 /)

A torcida vê Diego Lugano como um ídolo, jogador representante da raça uruguaia, que honrou a camisa do SPFC, com a qual disputava todas as bolas, inclusive as inimagináveis. Tanto é verdade, que a torcida pede diariamente o retorno do jogador.
Fato que corrobora a vontade da torcida pelo retorno de Lugano é a lastimável defesa do time do Morumbi.
Porém, se emocionalmente a contratação do jogador cairia como uma luva para o SPFC, onde me arrisco a dizer que Lugano teria uma apresentação muito maior do que a de Luis Fabiano, racionalmente a contratação seria um erro.
Primeiro, pelo fato de que Lugano viria para receber MUITO, seu salário seria próximo ao do Ceni e ultrapassaria os três dígitos, essa condição somada à atual situação financeira do clube, já é o suficiente para não proceder a negociação.
Mas, o assunto não se esgota nesse parágrafo.
Como ocorreu com Luis Fabiano, técnica e taticamente a contratação de Lugano seria um erro.
Luis Fabiano veio para o SPFC com muita pompa, mas não representou em campo, quase sempre pipocando e tomando cartões desnecessários. Isso para não mencionar todo o tempo de departamento médico.
Financeiramente, a contratação do Fabuloso foi um fracasso. Infelizmente.
Assim também seria com Lugano. A assertiva não é uma presunção, é uma constatação.
Nos últimos 4 anos, Lugano jogou menos do que 60 partidas pelos clubes que passou, ou seja, quantidade mínima, o que demonstra que o jogador não está em boa forma física, pois com 34 anos de idade e praticamente parado, não há como estar fisicamente preparado para enfrentar a odisseia de uma partida.
Lugano é um dos maiores jogadores que vestiu a camisa do SPFC, mormente se considerarmos apenas os jogadores de defesa, a ponto de poder ser colocado no mesmo rol que Dário Pereyra, Ricardo Rocha, Oscar, Antônio Carlos, Miranda, etc.
Mas, é um ex jogador em atuação. Deve ficar nos anuais do clube e não vir e causar uma frustração.
A memória de seu futebol é eterna, mas colocá-lo em campo seria um verdadeiro crime.
Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 10:09
comente (0 /)

O futebol não é uma caixinha de surpresas, envolve muito mais do que isso, estudos rotineiros e dedicação são necessários para que ocorra uma evolução. A prova maior dessa assertiva, está na defasagem existente em nossos técnicos, pois os melhores técnicos nacionais não estão dando conta de acompanhar a evolução mundial, basta analisarmos a denominada "periodização tática" aplica por Mourinho a mais de uma década, para chegarmos à essa conclusão.
E nesse cenário nada promissor, temos a contratação do técnico Osório pelo Tricolor Paulista, técnico especialmente estudioso e atualizado, o qual se submeteu as mais variadas etapas do conhecimento, desde o que podemos chamar de ignorância até o estado atual, tendendo a evoluir a cada dia.
Tecnicamente o técnico demonstra que realizou alterações táticas no time, com alas um pouco mais abertos, um meio de campo mais compacto e com zagueiros com menor grau de liberdade. Ou seja, parece que o SPFC está no caminho certo.
Equívoco, meus caros.
Se de um lado, ter um técnico aperfeiçoado é uma evolução para o clube, internamente há vários problemas para serem resolvidos, entre eles a teimosia, soberba e arrogância de alguns jogadores, representados na partida de ontem por Luis Fabiano e Paulo Henrique Ganso.
Como todos sabemos, em um campeonato longo e de pontos corridos, como é o caso do Brasileirão, é importante que se mantenha o objetivo de pontuar 3 tentos em casa e o que conseguir fora de casa, ou seja, o empate fora é uma "vitória". De modo que, perder para uma das melhores equipes do torneio, como visitante, não é nada incomum, pois não se pode esperar que o anfitrião nos dê boas vindas.
Assim, a sucumbência para o Sport não seria motivo de alarde, a não ser pelas expulsões, justas, de Luis Fabiano e Paulo Henrique Ganso, justamente os dois jogadores envolvidos durante a semana em duas possíveis transações.
Ficou claro, muito mais para Luis Fabiano, do que para Ganso, que não há mais vontade de atuar pelo clube e, também, uma rebeldia cristalina.
O recado foi dado, os jogadores deixaram expresso que não possuem mais vontade de atuar pelo time do Morumbi e que se ficarem, a diretoria terá problemas.
A conduta de Fabiano foi muito mais incisiva, pois havia acabado de entrar em campo.
Lamentável.
Agora cabe à diretoria tomar providências, se cometeram o erro de manter os jogadores no elenco, que não pratiquem outros, deixando impuníveis os atletas, sob pena de perder total controle do elenco.
Lamento e não me conformo como muitos torcedores conseguem colocar Luis Fabiano no mesmo rol que Raí, Zetti, Canhoteiro, Frienderich, Cafú, Lugano, o rol de ídolos.
Não pode, não deveriam.

Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:46
comente (0 /)

O presidente do SPFC realmente se esquece que fora eleito com o apoio do antigo mandatário Juvenal Juvêncio.

Como todos sabem, após ser eleito, Aidar tornou-se “persona non grata” para JJ, a ponto dos dois entrarem em combate público, trocando acusações de um lado para outro, etc.

JJ já não apoia Aidar, isso não é novidade.

Mas, o atual mandatário, agora se une aos oposicionistas de outrora, inclusive anunciando que alguns deles irão assumir cargo na diretoria atual.

Oras, isso nada mais é do que trair seu próprio eleitorado.

Quem votou em Aidar não queria de forma alguma que os oposicionistas assumissem  o comando, ou parte dele, no SPFC. Agora Aidar apunhala seus eleitores, como fez com JJ, pelas costas e nomeia integrantes da oposição para integrar a diretoria.

Política é assim, um mundo cão. Se PT e Maluf em outrora eram inimigos, passaram a ser aliados. Essa mesma incoerência, parece acontecer no Mais Querido com Aidar e seus nomeados.

Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:53
comente (1 /)

Hoje irei abordar dois assuntos diametralmente opostos, pois o primeiro positivo para o Tricolor, o segundo, negativo.

Paulo Henrique Ganso vem sendo muito questionado por torcedores, pois desde 2.010 não vinha desempenhando o excelente futebol esperado.

Sempre achei as críticas exageradas, pois, para mim, sempre foi patente que os demais jogadores não contribuíam a contento, inclusive não acompanhavam o raciocínio do camisa 10.

Mas, foi Kaká chegar, com sua experiência e esperteza para que Ganso evoluísse, a ponto do camisa 10 se tornar um dos principais jogadores do campeonato.

A comprovação para isso, pode ser verificada na internet, mormente no site lancenet que publicou que o “Google Ganso” tem números a favor do jogador.

Parabéns ao craque.

A notícia ruim, mas que corrobora algo que venho afirmando a tempos, é que o Lancenet publicou notícia na qual o ex-diretor de marketing do SPFC “GANHA” 10% dos repasses mensais da Penalty para o clube, avaliado em torno de R$ 15 milhões por ano.  O acordo foi firmado entre o clube e a empresa de comunicações Bevers – sociedade de Branquinho e a mãe dele, no fim de 2011, sendo assinado pelo ex-presidente JJ e pelo diretor jurídico Kalil Abdalla.

A notícia, da qual só tomei ciência com a reportagem do Lance, se comprovada, demonstra o que venho falando há muito tempo: os torcedores “fanáticos”, “apaixonados” pelo SPFC e que falam nas redes sociais que só querem o bem e o melhor para o clube, na verdade QUEREM TIRAR UMA LASQUINHA FINANCEIRA DO CLUBE.

Pior: a torcida acredita nesses oportunistas e faz coro para que ingressem no clube.

O SPFC está se tornando o Brasil, falido politicamente, repleto de oportunistas e aproveitadores.

Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:20
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, todos sabemos que as possibilidades do Tricolor sagrar-se campeão brasileiro em 2014, mas por sermos o Time da Fé, o Jason, o Mais Querido, não podemos perder as esperanças até que a matemática nos prove que 2 + 2 são realmente 4 e não 3,9999999999999999 (os bons entenderã0).

Todavia, hoje só temos motivos para comemorar, pois o Tricolor venceu o Atlético Paranaense, mesmo com inúmeros desfalques, inclusive seus melhores jogadores e, ainda por cima, Cruzeiro e Internacional perderam. O que fez com que a diferença para o time das Minas Gerais diminuísse para 7 pontos e o Internacional não superasse o Tricolor em pontos.

Além disso, o Internacional tomou uma chapuletada do Chapecoense que é para constar nos anais do futebol. Tenho que confessar que me contorci de tanto rir.

Agora, podemos dizer que “depende de nós”, se quisermos realmente lutar pelo título, é possível, difícil, mas possível. O título é algo tangível, palpável.

Já surpreendemos em outras ocasiões, porque não podemos fazer o mesmo nessa oportunidade?

Agora é ter na mente que ainda há luz no fim do túnel, basta sairmos dele com muita gana, vontade e  dedicação para que, em campo, superemos nossos adversários e coloquemos medo no Cruzeiro, pois – diria o ditado popular – se apertar, eles gemem, essa é a minha certeza.

Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:30
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, essa semana não foi tão boa como esperávamos, pois o Tricolor poderia ter fechado o caixão do Huachipato na última terça, o que não ocorreu.

Um dos fatores que contribui para que isso não ocorresse, fora a expulsão precoce de Luis Fabiano, que tomou o cartão vermelho de forma direta, por agressão ao jogador do clube chileno.

Sem entrar no mérito, se a expulsão foi ou não injusta, sei que o SPFC deu um tiro no próprio pé, pois já puniu o jogador antes mesmo dele ser julgado pelo Comitê Disciplinar da Conmebol. Fato que, sob minha ótica, irá prejudicar a defesa do SPFC no órgão julgador.

Ao ser questionado sobre essa situação, Leonardo Serafim disse que a punição não foi pela falta, mas pelo histórico de indisciplina de Fabiano.

Opa, “pera lá”, punição pelo HISTÓRICO DE INDISCIPLINA???!!!!!

O Tricolor só aumenta a comprovação de que é realmente AMADOR. Senão vejamos:

Leonardo Serafim é diretor jurídico do SPFC e parece ter esquecido das lições de Direito.

Certo é que, desde o término da Segunda Grande Guerra, juristas começaram a questionar sobre a punição de pessoas, não por suas faltas, mas por suas condutas de vida. Fato que já antecipo, é errado.

Desse modo, em todas as áreas do Direito já não mais se admite a punição de alguém por suas opções de vida, hoje só se pune diante a prática de ilícito (civil, penal, administrativo), sendo que a CULPA, em regra, é elemento essencial para a punição. Ou seja, sem CULPA – em regra – não há punição.

Fazendo um paralelo com o Direito Penal (um dos maiores prazeres da vida, não é?!) temos que não se pode mais haver a denominada Culpabilidade por condução de vida.

Sabe-se que, ao estudar as teorias do DOLO, Mezger acabou por construir o conceito de CULPABILIDADE PELA CONDUÇÃO DE VIDA, onde o núcleo da culpabilidade não era o fato, era o AUTOR (vi isso em algum lugar na história das guerras da humanidade).

Segundo essa construção doutrinária, dever-se-ia analisar a conduta social do agente, o que ELE REPRESENTAVA. Conceito esse que levou a uma situação inviável, representada pela Alemanha Nazista, que se caracterizava por um juízo arbitral, onde se punia alguém pelo o que ele era, por apresentar determinadas características de personalidade, e não pelo que fazia, o que vai sentido diametralmente oposto aos Direitos e Garantias Fundamentais.

Na Alemanha Nazista, Itália Fascista e em outros regimes totalitários, as pessoas eram penalizadas, não por seus atos, mas por ser quem eram. Judeus, negros, mulatos, entre outros, TODOS punidos por integrarem as indigitadas raças.

Veja-se que não eram punidos por praticar ilícito algum, mas por serem simplesmente quem eram.

 Podemos aqui mencionar ainda a lição do Mestre Zaffaroni:

“”O sujeito de mais hábitos os terá adquirido por freqüentar tabernas e prostíbulos; esta conduta é claramente atípica, mas quando a ele se reprova sua “condução de vida”, que desemboca num homicídio, estaremos reprovando sua conduta anterior de freqüentar tabernas e prostíbulos, isto é, a reprovação da conduta de vida é a reprovação de condutas anteriores atípicas, que o juiz considera contrárias à ética (quando na realidade podem ser contrárias apenas a seus próprios valores subjetivos). A culpabilidade pela conduta de vida é o mais claro expediente para burlar a vigência absoluta do princípio da reserva e estender a culpabilidade em função de uma “actio inmoral in causa”, por meio da qual se pode chegar a reprovar os atos mais íntimos do indivíduo” (Manual de Direito Penal Brasileiro, pág. 612).

Como se vê, não é mais cabível punir alguém por ser exatamente quem é.
E digo mais, como disse em todos os ramos do Direito tal regra é “mutatis mutantis” aplicada. Vejamos por exemplo, o Direito do Trabalho, ainda que um empregado tenha praticado inúmeros ilícitos trabalhistas e o empregador não o pune em tempo hábil, a omissão desse implicará “perdão tácito” daquele, não podendo mais o punir por isso.
Tal situação não lembra de algo?
Sim, meus caros, o Tricolor puniu o Luis Fabiano por “culpabilidade por conduta de vida”, o que não é permitido no Ordenamento Jurídico, mormente em um Estado Democrático e Constitucional de Direito. O clube poderia ter punido o jogador toda vez que ele tivesse praticado conduta indisciplinar, se não o fez em outrora, não poderia puni-lo pelo histórico.
Assim, ao arrepio da Ordem Constitucional, o SPFC, seu Departamento Jurídico e Diretoria demonstram um amadorismo patente.
Lamentável para quem já foi 3 vezes campeão do mundo.
Aurelio Mendes – @amon78
postado por Aurelio Mendes às 08:17
comente (3 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje a partir das 00:00 horas, dia no qual Rogério Ceni completa 24 anos de clube, o Isto É SPFC em parceria com o "Os Soberanos" lançam a campanha para que o SPFC eternize (Mitifique) a camisa 1 para Rogério Ceni.

Significa dizer que, se isso ocorrer, nenhum outro jogador poderá usar a camisa 1.

O tema é polêmico, mas está na hora de retribuir os sucessos que Ceni plantou no Soberano.

O tempo dele no clube não é uma passagem, mas uma vida.

O Palmeiras já eternizou a 12 para o Marcos. Os clubes devem reconhecer seus ídolos.

Assim, pedimos que todos os torcedores assinem o abaixo-assinado, o qual será encaminhado e entregue para o SPFC em uma tentativa de conseguirmos homenagear em VIDA, nosso goleiro-artilheiro.

Nós do Isto é SPFC e o "Os Soberanos" esperamos contar com todos vocês.

Entrem no abaixo-assinado e leiam com atenção, esperamos ter a sua colaboração.

Link para o Abaixo assinado:

http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR74408

Colocamos um banner nos blogs participantes, por favor divulguem.

Rogério Ceni - M1to, esse é o cara. Merece muito mais.

 

Isto é SPFC

postado por Aurelio Mendes às 08:22
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, parece piada, mas de duas, uma: ou a diretoria do Tricolor é muito amadora, ou altamente esperta.

Posso tranquilamente fazer tal assertiva pelo simples fato de que, a diretoria vem demonstrando publicamente um desentendimento ímpar, e a bola da vez é a negociação do jogador Douglas.

Guerreiro disse que não havia negociação. Aidar disse o contrário. Antes a negociação seria por 12 pilas europeias, depois por 6.

O jogador iria para o Barsa, mas ficaria por empréstimo.

Mas, o Barsa foi punido e não poderá contratar em 2015. Se ficar, Douglas não vai (se entendem).

Se ir, não fica, mas se ir, não tem negócio, ou tem para ele ficar.

Mas, a “amadora” diretoria Tricolor havia se esquecido que se Douglas firmar vínculo com o Barsa agora, não poderá voltar, pois a janela de transferências para o país fechou. Então se Douglas for, ele vai. Não fica.

Então, se ele ficar, não terá vínculo com time europeu, ao menos até 2016. Então ele fica. Mas, Aidar confirmou que vai.

E os “probreminhas” vão aparecendo.

Guerreiro, de guerreiro não mostrou ter nada, pois ficou de “mi, mi, mi”. Mas, se não tem nada de guerreiro, como lutou meses para que Douglas fosse. Será que ele vai?

Ou fica?

Mas se ficar, jogará?

Em qual posição?

Muricy decidirá, pois o jogador pode atuar na lateral, na ponta, como segundo atacante, no meio, de goleiro. Ops, escorreguei.

De goleiro não dá. Temos o Mito.

Se ele não vai jogar no gol, ele vai.

Para onde?

Apoiar? Triangular? Marcar? Fechar a avenida?

Não sei.

Poderá ir para o Barsa e, se não for, ficará.

A diretoria está assim, ou seja, Soberana na confusão.

Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:48
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como postei ontem no Isto é SPFC Notícias o momento atual é de impor pressão na globo.

O motivo?

A emissora quer negociar com os clubes as cotas de TV e pretende manter o percentual já definido nos moldes atuais.

A Globo se justifica dizendo que define o montante na quantidade do retorno financeiro e na audiência das partidas.

Mas, como disse, isso está equivocado, pois a própria emissora divulgou que o Tricolor tem a maior média do campeonato, sendo o small o segundo time e o Flamengo o quinto.

Então, temos que perguntar, qual a lógica disso?

NENHUMA.

Desse modo, espero que diretoria pressione a globo para que aumente a cota Soberana.

E, comprando essa briga, a DIRETORIA precisa do APOIO da torcida. O clube merece, nós merecemos.

Ou a emissora muda o sistema de pagamento de cotas, ou o SPFC não deveria assinar com ela.

Vamos para cima deles Tricolor.

Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 13:06
comente (0 /)

Foi noticiado no site Uol   que o clube pode “perder” Lucas Evangelista. Na verdade o Tricolor detém 30% do atleta, tentou adquirir mais 30% para estender o vínculo, mas não logrou êxito diante uma luta Judicial.

O estafe do jogador tenta cancelar o contrato com a Traffic, sob a argumentação de que o atleta era menor de idade quando assinou os termos.

Se isso ocorrer,, Wagner Ribeiro conseguirá livrar o jogador de qualquer vínculo contratual e livre para negociar com qualquer outro clube.

É inacreditável que o São Paulo Futebol Clube ainda caia nas ladainhas de empresários como Wagner Ribeiro. Não é crível que os contratos, antes de serem levados à cabo, não sejam revisados pelo departamento jurídico do clube de modo que brechas como essa sejam identificadas.

O São Paulo está nas mãos dos empresários.

Ademais, no presente caso, não há em se falar em elemento “surpresa”, pois esse MESMO argumento já fora utilizado para que outros jogadores tivessem seus respectivos contratos rompidos judicialmente.

Apoio o SPFC, a diretoria, oposição, dirigentes, técnicos e jogadores, mas aceitar uma situação dessa é tornar o futebol profissional em amador.

Quem sempre acompanhou o clube e o futebol, deve sentir-se envergonhado com fatos como esse.

Lamentável.

Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:16
comente (1 /)

O Ministério Público Federal protocolizou na tarde desta segunda-feira, 02 de junho de 2014, uma ação civil pública com pedido liminar, n. 15254447-0001/337, objetivando a interdição de obras concluídas e paralisação das obras em andamento, todas financiadas pelo Poder Público.

O representante do "Parquet", Rodrigo do Prado Carnelutti o TCU apresentara relatórios que indicam desvio de verbas públicas por políticos e empreiteiras nas obras indigitadas, além de estouro dos orçamentos e ausência de prestação de contas pela Administração Pública. 

Sabe-se que muitas questões sobre as obras foram realizadas em boates cariocas, regadas à uísques de pontas (estimasse mais de 3 mil por garrafa) e belas prostitutas, onde decidiu-se o direcionamento de licitações, o que fere a lei 8.666.

Deputados também receberam mimos das construtoras, dentre eles:  Jeremias Absalão (PT/MS), Salustiano Pinto (PSDB/AC) e Célio Silva (DEM/CE). Apurações preliminares apontam que cada deputado recebeu de presente um veículo Hyundai Veloster e viagens de 20 dias com direito a 5 acompanhantes  para Dubai.

O Procurador Federal assevera que auditoria realizada pelo TC do munícipio de São Paulo, divulgada ontem pelo Estadão, indicou desvio de R$ 98 milhões na construção do Itaquerão.

O STF irá decidir acerca da liminar, tomara que o espírito Joaquim Barbosa reine nesse momento.

Aurelio Mendes -@amon78

postado por Aurelio Mendes às 13:17
comente (2 /)

Bom dia caros amigos leitores Soberanos, hoje irei fugir um pouco do assunto SPFC, nosso mais amado.

Falarei de ídolo, já que Lugano e Ronaldo estão nas manchetes, o primeiro sobre a possibilidade de retornar ao Tricolor, o segundo, por causa da Copa.

Pois bem, tenho que esclarecer que gosto do Lugano, o tenho como ídolo, não aquele ÍÍÍÍDOOOLOOOOO, mas um ídolo, é o que basta. Mas, isso não quer dizer que não reconheça tudo o que fez pelo SPFC e pelo futebol, nem que pretenda retirar-lhe o brilhantismo, mas pelo simples fato de ter visto Dário Pereyra, Ricardo Rocha, Antônio Carlos, entre outros zagueiros brilhantes, todos em ação.

Sou muito suspeito de falar sobre o time de 1985 a 1987, pois – para mim – foi o melhor que vi em campo.

Mas, Lugano teria um papel fundamental no Tricolor hoje, ainda que não veja a relação custo vs benefício ser tão favorável, entendo que Lugano iria trazer para a equipe e para a torcida a confiança de outrora, a autoestima que parece ter ficado em 2.008.

Todos estamos descontentes, mas é o que tem para hoje, correto?

Não, não e não. O SPFC é gigante e precisa retomar seu lugar ao sol, então, que venha Lugano, ainda que não seja para jogar o futebol campeão de tudo que já exerceu, mas benefícios seriam patentes, afinal, ele é ídolo.

De outro lado, confesso que no século passado passei a admirar o Ronaldo, o cara é um gênio da bola, um craque, provavelmente os pais dele foram buscar no gene humano o DNA ímpar daqueles que tem a alma centralizada na bola.

Admirava Ronaldo, o tinha como, provável, melhor jogador que veria em campo em toda minha vida. Participativo, atuante, rápido, veloz, habilidoso, competitivo, etc.

Porém, como os ídolos nascem, eles morrem. Lição comezinha da vida: questione sobre as vantagens de conhecer seu ídolo, pois ele pode não ser realmente quem você imagine que seja.

Assim, Ronaldo, praticamente aposentado, retornou para o Brasil, para vestir a camisa do Small, o que fez de corpo, alma e coração. Até aí, não havia problema algum, pois é o que todos torcedores querem, que os jogadores honrem a camisa.

Mas, Ronaldo atuou nos bastidores, chegou a prejudicar o SPFC, influenciou a CBF, o UFC, fez com que um apresentador de televisão fosse demitido, única e tão somente para “proteger” mulher de amigo, defendeu o errado, afirmando que era o certo, criticou a população que luta por melhores hospitais e educação, pois segundo ele “Copa não se faz com hospitais”, para agora, mudar de lado e dizer que a Copa será uma vergonha.

Assim o ídolo desaparece, para em seu lugar, surgir pessoa que tem condutas que julgo reprováveis.

Analisem a diferença entre os “ídolos” e escolha bem o seu.

Aurelio Mendes – @amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:20
comente (0 /)

Bom dia caros amigos leitores Soberanos, hoje o título desse post faz referência ao apelido que a amiga, co-fundadora do Isto é SPFC, irmã, Sheila Decker me deu, carro desgovernado. Mas o texto nada tem a ver comigo, mas com nosso amado Tricolor Paulista.

Como todos sabem, comentaram, cornetaram e tudo mais, o Tricolor teve uma péssima atuação contra o Fluminense. Está bom, não podemos dizer que foi, tática e tecnicamente a pior partida, pois o Rebaixado jogou muito, mas o resultado entrou para os anais.

Se me entendem.

Mas, o fato é que restou patente que o Tricolor hoje é um time sem direção, sem cadenciamento, perdido, sofrível, ou seja, um carro desgovernado. Isso porque, o Tricolor joga com 4 jogadores ofensivos: Ganso, Pato, Osvaldo e Fabisono. Qual a consequência disso?

O Tricolor não tem meio de campo, nem para armar, nem para proteger a defesa. E por falar em zaga, o que é aquilo?

Fraca, péssima, lastimável.

Voltando ao cerne da questão, o Tricolor precisa recompor seu meio de campo, pois com jogadores ofensivos, não consegue construir jogadas com qualidade, pois o Ganso fica sobrecarregado e, quando bem marcado, some do jogo, o que tem por corolário, a morte tática do Tricolor.

E sem a devida proteção da defesa, o Tricolor passa a ficar exposto, muito aberto, ainda mais quando seus "laterais" têm caguete de apoiar e não retornam com tanta facilidade.

Ou seja, no centro tático do Soberano há um buraco negro, de modo que não há qualquer possibilidade de jogada luminosa sair desse setor.

É preciso urgentemente de um volante de contenção, um primeiro volante. Assim, o setor poderá dar a devida proteção à defesa. Também é necessário que um dos três jogadores seja sacrificado: Pato, Osvaldo ou Pato. Para que em seu lugar, coloquemos outro jogador no meio, pode ser Pabón se a tática for mais ofensiva ou um volante de marcação, para que Maicon atue com maior liberdade, pois o rapaz já é lento, se tiver que atuar mais amarrado, como vem fazendo, não há Cristo que resolva a questão, o que significa dizer que perdermos um jogador no meio de campo.

Sei que falar é fácil, mas essa é apenas minha opinião.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:50
comente (0 /)

Olá caros amigos (por enquanto) leitores Soberanos, hoje é dia de decisão, é dia de extravasar, fazer aquela fé, gritar, urrar e brandar tudo em nome de uma só paixão, essa é a vida do torcedor, mas não é a realidade do futebol, mormente do SPFC.

Muitos me chamam de corneteiro, de pseudo-torcedor, de corinthiano enrustido. E querem saber?

Nem ligo, não esquento a cachola por isso. Não mesmo, minha consciência é tranquila, sei para quem torço, o que amo e como amo.

Se eu critico Luis Fabiano, Rogério Ceni (quando merece), diretoria ou qualquer outro membro do clube, é porque vejo o momento atual com olhos racionais, e não passionais.

Me lembro de quando o futebol era romântico, o SPFC era amado por seus membros, o jogo era outro.

O futebol era tema de poemas e poesias, de vibração, de explosão, tanto torcedores, quanto jogadores “vestiam” a camisa do clube. Dirigentes eram mais dedicados aos assuntos que tinham que ser.

E hoje? Ainda é assim?

Não, não é.

Entre tantas máculas dos sistemas sociais (financeiros), o término do futebol (sim, você leu o “término”, pois é o fim mesmo) é devido em parte ao capitalismo e às pessoas que se vendem por centavos.

Antigamente, os jogadores entravam em campo visando honrar a camisa que vestia, havia muito menos egoísmo, egocentrismo e os mercenários não entravam em campo.

Hoje TUDO mudou. Podemos citar raras exceções, Luis Fabiano pode ser inserto nesse rol, mas o jogador atual só veste a camisa que melhor lhe cai, melhor lhe cai na conta bancária. Ou seja, o clube que propuser maior vantagem leva. Como ocorre em um leilão de cabeça de boi. É assim, sim.

Poderíamos mencionar um trilhão de exemplo, mas não levaria a lugar algum.

O que antes se fazia por amor, hoje se faz por dinheiro. Papel este que será utilizado para compras de carros, joias, cavalos lentos demais e mulheres rápidas em demasia. Poderíamos dizer: “Penso, logo existo” e eles “Ganho, logo invisto”.

 

Muito se fala de Raí, Zetti, Cerezo, Careca, Silas, Chicão, Guerreiro, Chulapa, mas não podemos comparar. Esses caras jogavam por amor à camisa.

Certo é que a grande maioria do elenco do SPFC não passa de mercenários.

Aí vocês irão dizer: “O que você está fazendo? Em dia de decisão, você escreve isso?”

Sim, sim e sim.

Se eles tiverem vergonha na cara, se lerem o que escrevo, irão tentar jogar com mais raça, quem sabem não calam a minha boca?

A exceção de uns e outros, são mercenários sim. Aí, pode-se incluir parte da diretoria.

Não gosto de falar em nomes, mas Adalberto Baptista e o senhor Leco são extremamente prejudiciais ao clube.

Se duvidam, vou escancarar logo: Quem realmente luta pelo SPFC?

Esse senhor, grande no caráter, pequeno no tamanho é o Marco Aurélio Cunha. Não estou aqui, tomando partido de um ou outro nome, quero conscientizar o leitor de que a coisa está feia.

Marco Aurélio Cunha ama o clube, luta por ele, “veste” a camisa.

Além de tudo isso, há ainda muito ego, muito cacique para pouco índio. Há muito ego inflado no clube.

E o único que realmente merece é o Ceni. Não que isso signifique que entenda que ele esteja acima do bem e do mal e livre de qualquer crítica, mas ele é o cara e ponto final.

E que todos saibam, essa molecada que vocês pedem para entrar em campo, são tão mal direcionados como outros.

Muitos deles são verdadeiras malas. Exibem seus cordões no pescoço, exibem “namoradas” como se fossem troféus e se acham o próximo Messi.

Calma lá, falta muita estrada para seguir em frente. Não dá.

Abaixa essa bola logo moleque.

É preciso dizer.

 

Esse é o futebol atual, jogadores, canais de televisão, patrocinadores, empresários e dirigentes escravos do dinheiro, submissos à arrogância, petulância e redundância de outrora.

E você torcedor ainda acredita, tem fé e torce pelo clube. Realmente cada torcedor merece um local de honra no mundo, porque é ver a própria desgraça e ter fé até o último segundo de que tudo vai mudar.

O SPFC que vi não existe mais. Mas continuo o amando. Com a mesma paixão, com mesmo romantismo e fé, mas a recíproca não é mais verdadeira. Até onde iremos aguentar?

O coração bate, bate, bate, mas na verdade não agride, está é tomando uma surra.

O placar até poderá ser alterado aos 45 do segundo tempo, mas a realidade não.

Para isso é preciso consciência, honestidade e não dar credibilidade para quem não merece.

Se isso não ocorrer, as moedas continuarão ditando as regras do futebol.

 

postado por Aurelio Mendes às 11:54
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, estou retornando à velha casa, ao velho e bom blog. Fiquei afastados por motivos óbvios - para aqueles que me seguem.

Alguns assuntos acabam cansando, ficando batidos, chega a ser desesperador ler, ouvir e ver tantas opiniões sobre um ou outro assunto. E o pior, normalmente sem qualquer lastro. A mídia esportiva não lhes permite isso, pois são direcionadas e sensacionalistas. Daquelas  que poderiam fazer sensacionalismo nos piores momentos sociais.

Pois tá, esse não é o tema do texto.

O que quero abordar são as punições suportadas pelo Soberano e pelo Small Club, ambas me parecem merecidas, talvez não proporcional.

Certo é que era quase que unanimidade na torcida Tricolor que o SPFC não deveria ser punido pelo ocorrida na final da Copa Sul-Americana. Isso é fato e quem tiver hombridade vai assinar embaixo. Porém foi só o clube rival ser penalizado pelo grave incidente que resultou na morte de um torcedor que começaram os discursos hipócritas, controversos e contumazes de que o SPFC deveria ser punido sim, pelo ocorrido.

Bom, particularmente jamais teci uma linha sobre os ocorridos, pelo simples fato de que tenho a opinião de que a punição era devida, tanto em um, quanto no outro caso. Senão vejamos:

Abordando o ocorrido no Morumbi, muitos torcedores afirmam peremptoriamente que o Trigre deveria ser pois ele provocou a situação e não retornou ao campo. 

Entretanto, quase que a totalidade dos torcedores não sabem o que realmente ocorreu nos corredores do estádio, talvez a exceção de Carlos Port, Ricci, o Ritt e o Perrone, poque têm excelentes contatos, os demais NÃO sabem.

Mesmo tomando-se por base o que foi divulgado, certo é que o SPFC mostrou-se amador no assunto, não poderia deixar as coisas chegarem ao ponto que chegaram. Deveria sim controlar a má-fé do time do Tigre, mas jamais entrar no jogo. Deveria ter se preparado para o pior e feito isolamentos internos. Não o fez.

O SPFC como o responsável pelo jogo tem culpa civil e desportivo sim, o Direito é claro, quem atua na área como a Bell Celi irá concordar comigo. 

Assim, a culpa do SPFC é patente, merece ser punido e o foi. 

De outro lado, o Small foi ao campo do adversário munido de instrumentos que TODAS as torcidas utilizam, Torcida Jovem, Mancha, Independente, Dragões, etc... Não afirmo que as respectivas diretorias apoiam o uso, muito menos que orquestram essa insensatez, o que digo é que um grupo com milhares e milhares de pessoas, sempre terá em seu corpo social alguém de má-fé, ou seja, há sempre um bandido, larápio e insensato que deverá ser punido.

A torcida rival soltou o sinalizador, "A torcida sim" pois um membro nessas horas representam a coletividade, daí a responsabilidade civil e desportiva a torcida e do clube.

Assim, o artifício acertou um garoto e o matou. A intensão era matar? 

JAMAIS. Assumiu o risco para tanto? Duvido.

Então as punições cabíveis são: O clube anfitrião deve ser punido por falhar na vistoria do estádio, no ingressos dos torcedores;  A Gaviões deve ser punida pois o meliante integra a torcida e o clube deve ser punido pois é o motivo do torcedor ali estar. Mas essas são punições desportivas, ou seja, os jogos com estádios vazios não se confudem com punições civis ou criminais.

No âmbito cível, a família do meliante, a torcida e os clubes deverão ser condenados a pagarem uma pensão vitalícia, ou ao menos até a estipulação do tempo de vida que ainda faltava para o garoto, claro uma pensão indenizatória.

No criminal o sujeito deve ser identificado CORRETAMENTE e condenado, pela justiça do país latino e/ou subsidiariamente pelo Brasil, nesse caso em raríssima exceção com base no artigo 7º do Código Penal Brasileiro.

A torcida já usa de artifícios para falar que foi um garoto "DE MENOR" (isso dói aos ouvidos) que utilizara o artifício. Há de se apurar, pois para mim é patente a tentativa de cnseguir uma proteção da lei direcionada ao menor infrator.

Agora, discutir se a torcida A ou B está certa é incabível, mudar a própria opiinião para poder comemorar a punição alheia é mais inadmissível ainda.

O Direito não pode se prestar a essas coisas.

Saudações  Tricolores

Aurelio Mendes - @amon78

postado por Aurelio Mendes às 13:06
comente (1 /)

 

 

Por Lenio Luiz Streck

Caricatura Lenio Streck [Spacca]Saramago contava que, há mais de 400 anos, em Florença, numa pequena aldeia, os habitantes ouviram tocar o sino da igreja em uma determinada tarde. O sino só tocava aos domingos e quando alguém morria. Só que o toque era de finados. E não era domingo. Todos correram para saber: afinal, quem morrera? E lá estava um pobre camponês que dizia: “ninguém que tivesse nome e figura de gente; toquei porque a Justiça está morta”. E, então, o campônio fala das agruras que sofrera nas “mãos” da justiça de então...!

Admito que o pequeno conto de Saramago soa um pouco (melo)dramático. Quase piegas. Mas os leitores entenderão, na sequência, as razões para tal. Peço, de novo como tutela antecipatória, que se fixem nos aspectos simbólicos do conto de Saramago. Imaginemos algumas situações. No Rio Grande do Sul, um Prefeito, réu de várias ações, depois de, finalmente, ser preso, recebeu, menos de 24 horas depois, uma ordem de Habeas Corpus oriunda do STJ. Quando seu advogado chegou ao presídio para a sua soltura, teve que passar por um corredor polonês de familiares dos outros milhares de presos, que lhe puxavam o terno Hugo Boss, dizendo-lhe: "Doutor, por que o meu não? Doutor, por que o meu marido, preso sem julgamento há tanto tempo, não recebe HC? Por que o meu filho, que já podia progredir de regime há mais de quatro meses, não recebe HC? Por que, no caso do meu filho, o juiz disse que não cabia HC, somente agravo de execução, que demora meses para ser apreciado? Por que, no caso do seu cliente-Prefeito, Doutor, o HC saiu tão rápido?" Parece que aqueles familiares, quase todos composto por mulheres, mães, irmãs e filhas, tocavam, cada uma, pequenos sinos, como que a dizer: “A justiça morreu...”. É, pois é. Ninguém que tivesse nome e figura de gente... Só o fulano saiu... Os demais ficaram no ergástulo. Na enxovia.

Por isso a historinha contada por Saramago... As histórias de vida de milhares (ou milhões) de pessoas não nos interessam. Essas pessoas são invisíveis, como o porteiro do prédio no romance A elegância do Ouriço. Mas, em um país como o Brasil, em face da herança estamental, indignamo-nos no varejo e nos omitimos no atacado... Ou seja, como perceberão, nem todos têm acesso a um remédio que nos acostumamos a chamar de “heróico”, o Habeas Corpus. Deve haver, hoje, dezenas de milhares de pessoas – invisíveis – que precisam da concessão da ordem de HC. E não conseguirão. Muitos pedidos sequer serão conhecidos.

Então, vamos ampliar as situações. Enquanto há milhares — milhares mesmo — de casos passíveis de Habeas Corpus e que são negados sob várias motivações formais, do tipo “não se conhece da medida, por ser caso de agravo de execução”, “não se conhece do writ porque não esgotada a instância” etc, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) acaba por nos brindar com uma pérola, ao conceder Habeas Corpus ao jogador Oscar, do Esporte Clube Internacional, em face da disputa envolvendo aquela agremiação e o São Paulo Futebol Clube. A notícia está em todos os jornais. No seguimento, os leitores que não leram a notícia entenderão o imbróglio. O que importa aqui não é nem o fato, mas o silêncio eloquente dele decorrente. Parece que a comunidade jurídica acha normal esse tipo de decisão. Em um país de accountability praticamente zero, nada pode nos surpreender...!

Para deferir o Habeas Corpus, o TST invocou Rui Barbosa... E eu invoco Raymundo Faoro, para dizer que o Brasil é ainda pré-moderno. Dizia Faoro, em seu Os Donos do Poder, que o Brasil, em muitos aspectos, não ultrapassou a fase dos estamentos. Refiro-me ao binômio patrimonialismo-estamento que Raymundo Faoro, inspirado em Max Weber, apresenta para construir sua interpretação do Brasil (desde as feitorias até a Era Vargas). Com efeito, em larga síntese, a tese de Faoro era de que – e ressalta-se que ela permanece atual na maioria de seus aspectos – o poder político no Brasil se articula, devido a uma herança lusitana, a partir de um Estado que é patrimonialista em seu conteúdo e estamental em sua forma. O estamento – diz Faoro - é o que dá forma a esse exercício patrimonialista do poder.

Há, assim, brasileiros “diferentes” de outros brasileiros, circunstância reconhecida pelo Presidente Lula, não faz muito, ao sugerir que o Ministério Público, antes de denunciar alguém, examine antes o seu curriculum, como se o direito penal fosse um “direito penal do autor”...! Sua Excelência se referia à possibilidade de o Senador Sarney ser processado... Para ele, Presidente da República, o MP deveria, primeiro, ver com quem estava lidando... Algo do tipo “você sabe quem é o denunciado? Você se informou antes acerca de quem é essa pessoa?” Foi pelo menos assim que eu entendi.

Essa constatação assume contornos dramáticos, quando percebemos que, passados mais vinte anos desde a promulgação da Constituição, não há indicativos de que tenhamos avançado no sentido da superação da crise por que passa a operacionalidade do Direito em terrae brasilis.[1] Qual a razão para que a mais alta Corte (essa designação de “Corte” é um ato falho estamental, sem dúvida) da justiça do trabalho invente a concessão de um Habeas Corpus para um jogador de futebol que estava em sua casa, com piscina, recebendo seu ótimo salário (que deve passar de 200 mil reais por mês, seguramente), tudo “nos conformes”?

Estava ele, o atleta Oscar, passando fome? Seu salário não estava sendo pago? Estava em cárcere privado? Estava sob trabalho escravo? Não. A resposta é, dramaticamente, não. O jogador Oscar simplesmente era protagonista de uma singela (ou complexa) disputa comercial entre dois clubes de futebol. Frisa-se: uma discussão contratual! A proibição de desempenhar sua atividade estava atrelada ao descumprimento do contrato e o não pagamento da multa correspondente. Sim, Oscar não pagara a multa contratual.

Portanto, tratava-se de uma questão que não envolvia sua liberdade de locomoção, liberdade pessoal, ou outra coisa do gênero. Estava impedido de trabalhar? É? E quando um jogador é suspenso por dois meses, por agressão a outro jogador ou ofensa a um árbitro, cabe Habeas Corpus? Poder-se-ia redarguir: “Mas neste caso houve uma ato ilícito, reconhecido pela justiça desportiva”. Sim, entendo. Mas, permaneceria a pergunta: O descumprimento do contrato, também não é um ato contrário ao direito? Tal descumprimento, igualmente, não fora reconhecido pelo judiciário. Por certo que exageros do tipo “não nos interessa a multa, queremos contar com o jogador” (discurso do clube São Paulo), devem ser contidos pelo Judiciário que, nos termos da melhor reconstrução da história institucional do Direito, deverá arbitrar o valor da multa (mais as perdas e danos, se for o caso) a ser paga pelo descumprimento do contrato. De se notar: o pagamento da quantia determinada judicialmente libera o jogador da obrigação. Esse é um detalhe importante. Mas que nada tem haver com a necessidade de se conceder uma ordem de Habeas Corpus.

Qual é a relação do instituto do Habeas Corpus com o futebol? Qual a fundamentação do ministro? Alguma vez na historia algum tribunal do mundo já o fizera? O próprio TST tem precedentes? Se os tem, nem de longe possuem qualquer similitude com o “caso Oscar”. Ora, invocar o precedente do Supremo Tribunal Federal (histórico e corajoso) quando da declaração em sede difusa do artigo 48, do Decreto Lei 314, de 1967 (Lei de Segurança Nacional) parece um disparate. Naquele caso, estava-se diante de um dispositivo da LSN que impedia o exercício profissional em face do simples recebimento da denúncia por crime contra a segurança nacional. Não me parece que haja similitude com o caso de um atleta objeto de uma mera discussão contratual entre dois grandes clubes de futebol. Aliás, que história é essa de precedentes? O que é isto – um precedente judicial? Onde fica a coerência e a integridade do Direito? O que liga uma decisão à outra? Nada? Um grau zero de sentido?

Quais são os efeitos colaterais dessa decisão? Não haveria outro meio processual para solver a pendenga? Oscar não poderia esperar alguns dias até o julgamento final? Onde o periculum in mora? Quem pode responder a esse questionamento? O TRT de São Paulo pode até ter exarado decisão equivocada (abaixo, dialetizo isso). Mas daí a dizer que, em face dessa decisão, havia “coação” ou “violência” impedindo o atleta de exercer a sua profissão vai uma distância enorme.

Vamos dialetizar o “case”:

Hipótese 1: vamos dar de barato e dizer que a decisão do TRT de São Paulo estava errada. Ou seja, ainda que o atleta Oscar não tivesse reconhecido o seu direito à rescisão indireta do contrato de trabalho, que o São Paulo fosse o melhor dos empregadores do mundo ocidental, cumpridor de suas obrigações etc., mesmo nessa hipótese, não poderia o Tribunal simplesmente restabelecer o contrato e determinar o seu cumprimento, digamos assim, “in natura”. Ora, quando isso acontece, cabe ao Tribunal converter a rescisão indireta em rescisão... direta, injustificada! Afinal, é para isso que existe a cláusula penal. Se o jogador não quer mais jogar, que pague a multa e levante acampamento. “Ah, professor Lenio, mas aí qualquer jogador pode sair de qualquer time assim, sem mais nem menos?” Sim! Contanto que pague a multa. “Mas isso não é descumprimento do contrato?” Não. A multa integra o contrato. Pacta sunt servanda. Se há discussão a respeito do valor da multa, ou de seu pagamento prévio ou posterior, que se faculte a caução. Isso tudo para dizer que, no caso, uma decisão incorreta levou à outra. Dois erros não fazem um acerto, eu sei, e é óbvio.

Dizendo de outro modo: o atleta Oscar pediu a rescisão indireta do contrato de trabalho, alegando que o São Paulo não cumpriu com as suas obrigações contratuais (artigo 483 da CLT). O objeto de ações como essa é, justamente, o reconhecimento de que foi demitido, de fato, sem justa causa. Com isso, o empregado ganha as verbas rescisórias daí decorrentes (multa sobre o FGTS etc.). Quando o empregado não prova os fatos alegados (que foi o que entendeu o TRT), a consequência não é o restabelecimento do contrato de trabalho, mas, apenas, o reconhecimento de que a rescisão ocorreu por iniciativa do empregado. Repassa-se ao empregado, automaticamente, os ônus da rescisão (no caso, inclusive, a cláusula penal). Observe-se: não se discute a “validade” do contrato. Válido ele foi desde sempre. O que se discute é se ele foi cumprido ou não.

Hipótese 2: também vamos dar de barato e dizer que a decisão do TRT estava certa... O que mostra apenas a complexidade da querela. Raciocinemos do seguinte modo e o faço isso por amor ao debate. Assim: O TRT-SP não poderia ter convertido a rescisão em pecúnia. Isso seria extra petita. O atleta Oscar tinha contrato com o São Paulo. Alegou um vício qualquer em juízo e pediu a anulação do contrato. Ganhou a liminar e no mérito em 1ª instância. Mas perdeu em segundo grau e a consequência só pode ser a validade do contrato, ao menos até que seja rescindido por vontade das partes. Daí decorrem consequências que não são trabalhistas, mas desportivas. Se o Oscar tem um contrato válido e anterior com um clube, não pode ser inscrito por outro. Se deixarem um time novo inscrever sem haver rescisão do contrato, há sim perigo de que os jogadores mudem de time de graça e sem causa. Também ao que consta, o atleta não procurou o São Paulo, nesse espaço de tempo, para pagar a multa rescisória... Ou seja, para sair do São Paulo e assinar com outro clube, ele (ou o Internacional) tem/tinha de pagar a multa. E esta não foi paga! Então procurou a Justiça e perdeu, pelo menos até que recebeu o Habeas Corpus. Em outras palavras, para rescindir contrato não precisa de HC nem de processo, precisa pagar a multa. O que o TST fez foi liberar o atleta para jogar em outro time sem pagar nada. Coisa que o TRT-SP negara.

Ou seja – seguindo na hipótese de que o TRT tenha decidido corretamente —, se o contrato sempre foi válido e se o ônus da rescisão é do jogador, significa necessariamente que o jogador tem de se desonerar dos ônus, para liberar-se da obrigação. E isso tem de acontecer antes de jogar por outro time. Se não for assim, e se o jogador pode transitar livremente sem haver rescisão (i.e., pagamento) e se a CBF puder incluir no BID contratos de jogadores com vários clubes simultaneamente e ele pode jogar por qual quiser quando quiser, essa decisão do TST, utilizada como precedente, fragilizará as relações desportivo-contratuais.

Na verdade, não me importa quem esteja com a razão. O que quero demonstrar é que a única coisa que não cabia – exatamente em face da extrema complexidade do caso – é a concessão de uma ordem de Habeas Corpus. Isto é, não considero o “caso Oscar” de relevância material a ponto de, digamos assim, “desestabilizar” o direito... Importa-me, aqui, denunciar os ab-usos dos institutos jurídicos, utilizados de forma ad hoc, como se no direito tudo fosse relativo. Habeas Corpus só se concedem no limite do limite. Um writ não é algo que esteja à disposição (Ge-stel) do julgador. Decidir não é o mesmo que escolher.

Fora do processo penal, há pouquíssimas situações, como o caso de um paciente de hospital que é impedido de sair por não ter dinheiro para pagar a conta. Só que, neste caso, seu direito de ir e vir está sendo impedido... Mas, no “caso Oscar”, onde está no enquadramento do direito de ir e vir? Veja-se, de novo, o que diz a Constituição: dar-se-á Habeas Corpus sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder. Onde a violência ou coação na liberdade de locomoção do atleta Oscar? Fosse o Oscar atleta com vínculo com o E.C. Asa, de Arapiraca, envolvido em uma disputa com o River A.C., de Sergipe... Queria ver essa “causa” chegar ao TST nessa velocidade e vir a ser solvida mediante a concessão do remédio heróico. Esse é um dos problemas denunciados na obra de Faoro. Assim como na sociedade, também no futebol existem estamentos.

Hermenêutica jurídica é coisa séria. Não se pode dizer qualquer coisa sobre qualquer coisa. Há limites semânticos que, se não forem ultrapassados pela parametricidade constitucional, devem ser minimamente obedecidos. Não se pode “transformar um homicídio em um estelionato” ou “um furto em um crime de falsidade”. Vou repetir, aqui, um velho exemplo, que vem de um positivista da cepa, Herbert Hart. Ele usa o jogo de críquete para exemplificar os limites da aplicação do direito. E eu faço a adaptação para o futebol, já que estamos a falar de coisas relacionadas ao esporte bretão. Se um jogador é derrubado meio metro fora da área ou meio metro dentro da área, pode-se discutir a penalidade. Agora, se o árbitro decidir dar o pênalti a cinco metros da área ou no meio campo, teremos um sério problema. Primeiro, a decisão valerá. Afinal, ele é o árbitro. O problema é a jogada seguinte. Se outro jogador for derrubado no meio campo, o árbitro marcará a penalidade? Mas, neste caso, qual é a regra que estará valendo? A regra do futebol ou a “regra do árbitro”? E diz Hart: um jogo baseado na discricionariedade do árbitro não é um jogo de futebol; é um “jogo do árbitro”; e, neste caso, já não haverá mais regras do jogo de futebol! Bingo. Nem precisei apelar para autores de matriz pós-positivista ou coisa que o valha.

A inusitada e arbitrária (no sentido de estar para além da discricionariedade) decisão do TST abre caminho para uma pororoca de situações. Um aluno que não passa de ano e recorre da correção e se julga injustiçado... Vai buscar HC para cursar o semestre seguinte, porque está sendo impedido de estudar no semestre que ele considera seu direito... Executivos que trocam de empresas e que tenham cláusula de exclusividade e que, ao trocarem de empresa, não pagam a cláusula penal... Ao serem demandados na Justiça, valer-se-ão do Habeas Corpus. Exatamente como o “caso Oscar”. E um juiz ou membro do Ministério Público que, em face da “quarentena”, está impedido de advogar por três anos? Não é caso de HC? Ora, ele está sendo impedido de trabalhar. Que violência, não? Logo, vai aqui uma sugestão, já que o TST invocou a decisão do STF que declarou a inconstitucionalidade do artigo 48 da Lei de Segurança Nacional: no caso da quarentena, o TST declara, em sede difusa, a inconstitucionalidade da Emenda Constitucional 45, que estabeleceu o prazo de três anos da “quarentena”... Pronto. Ora, onde se viu impedir aposentados de trabalhar no dia seguinte? Onde está o direito ao trabalho e a liberdade de escolha da profissão? Tudo conforme o precedente do “caso Oscar”.

O uso do Habeas Corpus virou uma “questão esquizofrênica”. No processo penal, de há muito já foi transformado em “recursão” (na Bahia, tentaram um HC para um macaco “preso” no Zoo; já vi também pedido de HC para liberar automóvel). Valendo a tese criada pelo TST, temos que pensar na generalização para outros casos. Se qualquer jogador puder obter HC para trabalhar onde quiser, o futebol brasileiro foi para o beleléu, porque vive da exportação de jogadores e os jogadores vão pedir HC ao invés de serem vendidos para a Europa.

Afora que, nesta quadra da história, uma plêiade de livros sobre Direito Constitucional e Direito Processual Penal – desde a dogmática mais pedestre até sofisticados livros sobre a história das garantias constitucionais do Brasil – são uniformes ao afirmar que, com a incorporação do Mandado de Segurança em 1926 passando pela ampliação da “jurisdição constitucional das liberdades” em 1988 (com a consagração do Habeas Data e do Mandado de Injunção), não cabe mais falar no chamado “uso heterodoxo” do Habeas Corpus.

É isso mesmo. Atualmente, está ultrapassado falar em “uso heterodoxo do writ”. Já não cabe esse tipo de discussão pós-Constituição de 1988. Os casos de impetração do writ, por expressa disposição constitucional, ficaram restritos à liberdade ambulatorial, de locomoção, pois. Daí que não parece ser um bom argumento – dadas as singularidades situacionais e históricas – invocar a autoridade de Rui Barbosa que, como se sabe, era partidário do uso heterodoxo do writ, o que deu origem à chamada “doutrina brasileira do habeas corpus” (segundo a qual caberia a impetração do remédio tanto para violações da liberdade de ir, vir e permanecer, quanto para as violações à liberdade religiosa). Mas isso era “naqueles tempos”! Sobral Pinto chegou a usar a Lei de Proteção aos Animais para defender Luís Carlos Prestes. Ou seja, eram outros tempos.

De todo modo, no Brasil, cada vez mais prolifera a infeliz ideia de que interpretar a lei é um ato de vontade (de poder). Nesse sentido, mostram-se muito próximas as diversas posições axiologistas-voluntaristas que conformam o imaginário dos juristas (fruto da jurisprudência dos interesses, da jurisprudência dos valores, da ponderação de valores, do realismo norte-americano ou escandinavo, ou, ainda, produto de um voluntarismo ad hoc mesmo, sem “filiação” teorética). Tudo pode. Tudo é permitido. Algo do tipo “não há verdades”. “Tudo é relativo”[2] (como se a frase também não fosse relativa!). As decisões acabam sendo fruto de meras subjetividades, sem compromisso com a história institucional do Direito e do instituto em questão. É o extremo pragmaticismo em vigor. Como se existisse um “grau zero” e que a decisão pode ser do jeito que o decisor quiser.

Aliás, a tese de que “a interpretação da lei é um ato de vontade” (de poder) está no oitavo capítulo da TPD de Kelsen (desculpem-me, mas tenho que lembrar isso em todos os momentos). Ali, naquelas poucas páginas daquele pequeno capítulo, reside o “ovo da serpente do decisionismo”. Kelsen era um pessimista moral. Ele tinha certeza de que era impossível controlar a vontade de poder judicial. Ele lera Nietzche. Por isso, fez a sua teoria pura. E a colocou — a TPD — no andar de cima, no plano da ciência do direito (uma meta-linguagem sobre a linguagem objeto, que era o direito enquanto conjunto de regras). Kelsen não queria se meter no andar de baixo (no mundo da aplicação). Ali, dizia o velho mestre, faz-se política jurídica. Não é ciência...! Pois é. O velho tinha razão: política jurídica. Era terrível esse Hans.


[1] A propósito: falarei dessa temática “crise da operacionalidade e a desigualdade” em Conferencia no XI Congresso de Direito Constitucional Aplicado, dia 18 de maio, no Centro de Convenções da Bahia. Lá lançarei o livro O que é isto – as garantias processuais-penais, escrito em comandita com Rafael Tomaz de Oliveira. Também lanço a 4ª. Ed. de Verdade e Consenso.

[2] O relativismo é típica manifestação de uma certa fragmentação de cariz pós-moderno (com todos os problemas que essa palavra acarreta). Com isso, é possível “provar” qualquer coisa, inclusive que “Amado Batista é melhor que Chico Buarque” ou “que Michel Teló é tão bom quanto John Lennon”... (uma dose de ironia e/ou sarcasmo é indispensável hoje em dia, nestes tempos de império do Google).

Lenio Luiz Streck é procurador de Justiça no Rio Grande do Sul, doutor e pós-Doutor em Direito.

 

Texto postado no Conjur.com.br

postado por Aurelio Mendes às 00:20
comente (0 /)

Sem comentários para o pseudo apresentador.

 

postado por Aurelio Mendes às 19:58
comente (14 /)

 

Aí Gambá vou te quebrar na palavra,
quero ver você colar na quebrada
Isso faria eu dar muita risada
Por te mostrar a realidade escancarada
 
Vocês  se denominam "todo poderoso"
Mas, esse é um apelido muito escroto
Porque vocês só ganham Paulistão
E Brasileiro, se o juiz for ladrão
 
Quero ver vocês ganharem um Mundial,
Mas lá em Dubai ou no Japão, não aqui seu animal,
E não o mundialito do Rio de Janeiro
Vergonha para o Futebol Brasileiro
 
Roubaram até do Brasiliense,
Esse seu time não me convence
Só vivem de esmola, e assim vão contruir o fielzão
Com dinheiro público, vai ser o esmolão, o privadão
Que vergonha, só praticam violência
É o reflexo de sua demência
Pode ser no futebol ou no carnaval,
É só perderem, para querer quebrar o pau,
Aliás, pau é uma palavra de que gostam muito,
Videm o Ronaldo, Dinei e o travesti imundo
 
só nos chamam de Bambi, mas vejam seus chifres que já estão crescendo
Sua mulher fica em casa, o que você acha que ela fica fazendo?
Toma chifre de Peixe, Porco e Soberano
Mas, basta ver a fiel, que passa o pano
 
Se vai passar a flanela, aproveita para lustrar
Esse seu chifre, que só falta brilhar,
Se diz que é torcedor e que é "da fiel"
Mas na verdade lugar de louco é no "Pinel"
 
postado por Aurelio Mendes às 07:30
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, há um clube no país que está me deixando irritado demais, como se fosse um segundo "small club", o Internacional. Vamos aos fatos:

Em 2.006 o Inter usou de um artifício para impedir que Ricardo Oliveira jogasse a final, afirmou ao Bettis (clube proprietário do Ricardo Oliveira) que não venderiam Rafael Sóbis à eles, se Ricardo Oliveira entrasse em campo na final da Libertadores, ou seja, impediram a renovação do contrato do jogador Soberano por mais uma partida. Venceram nos bastidores

 

Em 2.010 o Inter se aproveitou da briga SPFC x Ricardo Teixeira para antecipar a janela de transferências de atletas com vínculos em outros países para o Brasil. Logrou êxito e mais uma vez sagrou-se campeão do torneio no tapetão.

 

Após essa situação o clube gaúcho impediu a transferência de Guiñazú para o SPFC, agindo e coagindo o jogador, jogando-o contra a própria torcida.

 

E, atualmente, o Internacional contratou Oscar que estava litigando contra o SPFC na justiça e, mesmo após decisão judicial desfavorável, continua permitindo que o atleta treine com seu elenco, ferindo inúmeras disposições legais.

 

Como podem perceber, o Internacional não é mais um rival apenas, é um inimigo. O que não significa dizer que temos que "sair na mão" com os torcedores deles ou com alguém do clube, mas que temos que dificultar a vida deles nos bastidores e dentro de campo. encará-los como fazem os inimigos.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 11:50
comente (0 /)

 

 Olá caros amigos leitores Soberanos, lamentavelmente presenciamos no dia de ontem, uma verdadeira "guerra civil" travada entre duas torcidas organizadas.

Em virtude do ocorrido, a mídia, não só a esportiva, começou uma exploração do fato, cobrando autoridades públicas, apontando soluções paliativas e proferindo "pitacos" que em nada ajuda no deslinde do problema.

Presenciei, lamentavelmente, que o ótimo jornalista PVC afirmar algo do tipo sobre a solução da questão: "Como será feito não é problema meu". Triste ouvir isso de um jornalista exemplar, pois o problema é dele sim, pois é formador de opinião e tem microfone em mãos.  

Aliás, o problema não é dos clubes, dos times, dos torcedores, da mídia ou do Estado, pois é um problema de todos, a guerra de organizadas virou um problema social, que transcende as quatro linhas do campo e o estádio de futebol. Explico, apontando duas atuações necessárias (em meu ponto de vista).

No primeiro momento, há de ter uma atuação repreensiva, ou seja, com a força estatal. Porém, temos uma limitação legislativa, pois o Direito Penal é regrado pelo Princípio da Anterioridade, o qual determina, em escorço, que deve haver lei anterior à conduta dita como criminosa. Isso significa dizer que atualmente as condutas desses marginais se enquadram, em regra, em crimes de menor potencial ofensivo, que tem como pena a ser cumprida as restritivas de direito.

O que deve ser feito? Alteração na lei, para que seja tipificadas condutas que possam manter esses pseudo-torcedores na cadeia. Ex: Ser integrante de torcida uniformizada e se envolver em brigas. Pena: 3 a 5 anos de reclusão; Se unir com outrém para praticar condutas lesivas ao patrimônio alheio ou para lesionar terceiros. Pena: 4 a 7 anos de reclusão, etc.

Tais previsões, irão ser criticadas, porém necessárias para a solução do problema.

Em contrapartida, o que deve ser feito é um tratamento psicológio, psiquiátrico e médico dessas pessoas. Investimento em educação social e familiar, além, é claro, do aumento de valores religiosos.

Isso, pelo motivo de que, esses torcedores, em regra, não se vêem como pessoas integrantes da sociedade. Se enchergam como algo insignificante e sem valor social, sem representatividade. Além de tudo, não possuem uma projeção de vida promissora. Assim, como "um nada" se integram à algo que lhe dá valor pessoal de força, de relevância e que lhe trás um significado pessoal. 

Unidos em grupos (torcidas organizadas) se sentem "poderosos" e "fortes" prontos para combater os males sociais, eles passam a fazer parte de algo maior, como se fosse um organismo dentro do corpo humano. A torcida lhes dá voz e certa importância.

Por essa razão, eles atuam como se a torcida tivesse muito mais valor do que o próprio clube, pois seu time é algo alheio ao seu "eu", é algo que lhe dá prazer mas não atua no seu ego. Ao passo que, a torcida é algo que faz parte, ele deixa de ter uma identidade pessoal, para ter identidade coletiva, a de torcida organizada.

Quando a Torcida agride um torcedor rival e, por exemplo, lhe toma a camisa e manda o "inimigo" ao hospital, eles se sentem acima do bem e do mal, o que pode ser conferido em frases do tipo: "Eu sou f$%$#".

Então, não há alternativas a não ser atuarmos na raíz do problema, dar ao torcedor uma identidade individual a qual nunca será superada ou valorada aquém da identidade coletiva. Para isso é preciso muito investimento em saúde e educação. Caso contrário, a novela se repetirá, como se fosse um "vale a pena ver de novo".

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes 

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 10:42
comente (0 /)

 

Blog de spfcsoberano :'Todo Poder emana do Povo' - Então o Povo é: SOBERANO. Pro São Paulo FC Fiant Eximia, Adriano, o Imperador - Tem chances concretas de vencer o SCCP na Justiça

Olá caros amigos leitores Soberanos, pululam pela internet notícias de que o Adriano Imperador irá ingressar na Justiça do Trabalho para reivindicar seus Direitos, pois o clube no qual ele atuava afirma peremptoriamente que ocorreu justa causa trabalhista.

O clube está alegando que o Imperador não compareceu a mais de 40 (quarenta) seções de fisioterapia e que mandava seu motorista entrar no clube com seu carro para que a imprensa pensasse que Adriano estava treinando, o que justificaria a "Justa Causa" trabalhista.

Entretanto, há dois problemas: 

1) Provas: Não basta alegar, o clube terá que provar por A mais B que essas situações ocorreram. Porém esse não é o maior problema;

2) O problema maior é a ocorrência do Perdão Tácito da falta trabalhista.

O perdão tácito na esfera trabalhista é bem comum na não aplicação da justa causa pelo empregador e do uso da rescisão indireta pelo empregado, o que ocorreu no caso em tela.

A demissão por justa causa é regrada pelo artigo 482 da CLT, que determina que sempre que um funcionário pratica alguma ação desabonadora ou é omisso no serviço contratado, incide em faltas trabalhistas graves justificadoras da "Justa Causa". Ao passo que a Rescisão indireta ocorre quando um funcionário nota impossível a continuação do contrato de trabalho por culpa do empregador. E são nessas duas hipóteses que pode existir o perdão tácito.

Ou seja, quando o empregador, no caso o clube, vê que a conduta do funcionário se enquadra no conceito de falta passível de justa causa e não aplica a penalidade no prazo de 30 dias, ocorre o perdão tácito, ou seja, o empregador não poderá mais punir o empregado por esses motivos.

E foi o que ocorreu no clube, o "Small Club", pois foram adotados procedimentos para mascarar as indigitadas condutas faltosas do Imperador, se elas realmente ocorreram, assim meus amigos, para o clube justificar a demissão pela ocorrência de faltas graves, o prazo de 30 dias não pode estar ultrapassado, o que  também não é um caso.

Com um bom advogado, o Imperador irá conseguir reverter essa situação judicialmente.

A vida segue.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 10:40
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já estão sabendo o jogador Oscar teve contra si decisão judicial que não reconheceu ilegalidades no contrato existente entre o jogador e o Clube do Morumbi.

Ocorre que o jogador e o Internacional de Porto Alegre insistem em lutar para que o jogador permaneça em Porto Alegre, tanto que Oscar continua treinando com o elenco gaúcho.

Porém, conversando com algumas pessoas ligadas ao Internacional, fiquei sabendo que já há dirigentes que estão extremamente pessimistas com a situação, pois o clube do sul do país continua pagando salários ao atleta que não pode entrar em campo. Com o passar do tempo, essa situação se agrava, pois para essa parcela de dirigentes o Inter está "gastando sem retorno".

O São Paulo já afirmou que irá pagar os salários do atleta a partir de março, de modo que, qualquer pagamento que o Internacional fizer será indevido.

Para parte dos representantes do Inter, o problema não é simples pagamento dos salários, mas a possibilidade - por enquanto concreta - do atleta ser obrigado a se desvincular do Time Gaúcho.

Sem falar no desrespeito do clube perante a determinação judicial e sem qualquer ética perante o SPFC.

Então, seria muito melhor ter cautela no caso por parte do clube gaúcho, pois já pensaram se o atleta alegar posteriormente: "Quem paga mal, paga duas vezes"?

Parece que iremos para o II capítulo de uma História Sem Fim.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 10:39
comente (0 /)

 

"Dill consegue rescisão indireta com São Paulo por falta de pagamento de direito de imagem.

 

A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho considerou como motivo para a rescisão indireta do contrato de trabalho o não pagamento, pelo São Paulo Futebol Clube, de parcelas referentes ao direito de imagem do ex-jogador Elpídio Barbosa Conceição (conhecido como Dill).

De acordo com a Turma, embora não tenha natureza salarial, o contrato de cessão de imagem é uma parte acessória do contrato de trabalho.

Por isso, o inadimplemento justifica a rescisão indireta – na qual o empregado é quem toma a iniciativa de romper o contrato, mas preserva o direito a todas as verbas rescisórias.

Quando ingressou no clube, em outubro 2011 (sic), Dill acertou com o São Paulo o salário de R$ 20 mil para um contrato de trabalho de 50 meses. Fez, também, um contrato de uso de imagem no valor de R$ 2,1 milhões, divididos em 50 parcelas iguais de R$ 42,6 mil.

Em julho de 2004, o jogador entrou com ação trabalhista pedindo o pagamento de 11 dessas parcelas, correspondentes ao período de abril de 2003 a junho de 2004, quando foi cedido ao Botafogo do Rio de Janeiro e ficou recebendo apenas o salário.

Pediu ainda que as parcelas fossem consideradas salário, com os devidos reflexos no FGTS, férias e 13º salários, e a recisão indireta do contrato de trabalho pela ausência de pagamento dos direitos de imagens.

A 60ª Vara do Trabalho de São Paulo, ao julgar o processo, aceitou as parcelas como salariais, com direito aos reflexos pedidos, e considerou seu não pagamento como uma forma de demissão indireta, contada a partir da data do ajuizamento da ação.

O São Paulo recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP), que reformou a decisão original por entender que o contrato de imagem, firmado com uma pessoa jurídica constituída pelo jogador, é de natureza civil, sem qualquer ligação com a relação de trabalho, de outra natureza legal.

Assim, não sendo salário, não poderia ter reflexo sobre as verbas trabalhistas, nem a falta de pagamento ser motivo para a rescisão indireta.

Por fim, o jogador recorreu ao TST contra essa decisão. O ministro Maurício Godinho Delgado, relator na Sexta Turma, concordou com Regional ao não considerar as parcelas referentes ao contrato de imagem como de natureza salarial, mas discordou quanto à rescisão indireta.

Para o ministro, o São Paulo incidiu em "grave inadimplemento contratual" quando deixou de pagar as parcelas, parte acessória do contrato de trabalho, "sendo este fato inequívoco e incontroverso", o que resulta na rescisão indireta do contrato de trabalho – artigo 31 da Lei 9.615/98 (Lei Pelé), combinado com o artigo 483, alínea "d", da CLT.

Seguindo o relator, a Sexta Turma deu provimento ao recurso do jogador para restabelecer, em parte, a decisão da Vara do Trabalho, mantendo o pagamento referente às parcelas não pagas, calculados em R$ 469 mil (valor de julho de 2004), das verbas rescisórias (férias e 13º proporcionais e 40% do FGTS) e da indenização dos meses restantes do contrato de trabalho não cumprido (multa do artigo 479 da CLT), tudo a ser apurado na execução da sentença.

O São Paulo foi condenado a pagar ainda o percentual que cabe ao jogador nos direitos de transmissão de televisão (direito de arena). Processo: RR-152000-81.2004.5.02.0060."

Fonte: Tribunal Superior do Trabalho (16/03/2012).


postado por Aurelio Mendes às 12:03
comente (1 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, finalmente estamos livres. 

Fomos um clube que bateu de frente com Ricardo Teixeira e permanecemos em pé, mesmo após boicotes e falcatruas.

Mas agora, vida nova à CBF e o que acontece?

Muitos repórteres que se posicionaram contra a atitude do JJ em ter alterado o Estatuto do São Paulo Futebol Clube para ser reeleito pela terceira vez, estão apoiando um verdadeiro "golpe" na CBF, com base em justificativas sobre as quais manifestaram todo o repúdio do mundo, ou seja, antes criticaram JJ, agora querem que ocorra exatamente o mesmo na CBF.

José Maria MArin assumiu a CBF por ser o próximo na linha sucessória da entidade, porém, muitos jornalistas e cartolas querem que o sucessor de Ricardo Teixeira seja eleito ou que assuma o cargo por outra via, diversa da lina sucessória tradicional. O que significa dizer que isso nada mais é do que alteração no estatuto da CBF de supetão, como ocorria no país em época de ditadura militar.

O que tenho certeza é que se alguém vinculado ao Small Club, Flamengo ou Internacional assumir o cargo, o SPFC continuará sendo alvo de retaliações.

Engraçado essa situação: ilegalidades servem para favorecer A ou B, fora essas condições, elas são realmente ilegais.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:59
comente (0 /)

 

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje em mais um "Fact or faked" irei abordar tema que poucos conhecem e defendem.

Como a CBF reconheceu o torneio Roberto Gomes Pedrosa como título nacional, não há mais sentido utilizarmos o já consagrado 6-3-3 em nossas camisas e desenhos. Por qual razão?

Explico.

Em 1.956 o São Paulo Futebol Clube sagrou-se campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em cima do Peixe, em um memorável 5 a 3, após termos terminado o primeiro tempo com 4 tentos de vantagem.

Pena que muitos desconhecem esse fato, pena que a mídia "Smaliana" não anúncia esse fato, pena que nossa memória é curta.

A partir de hoje, defendo o 7-3-3, por que não? Se SEP e Peixe podem, nós também podemos.

 

FACT.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:52
comente (2 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, as coisas não estão boas nos bastidores do SPFC, pois há um desconforto entre nosso técnico e um de nossos principais jogadores, Lucas.

Tudo começou quando o técnico Leão orientou Lucas a ficar menos com a bola, driblar menos e ser mais objetivo. Lucas não gostou.

Isso fez com que o jogador "desabafasse" nas redes sociais e Leão, por sua vez, tentou amenizar a situação.

Eis que, no jogo de ontem, Leão tira Lucas, que não estava bem na partida, para colocar Osvaldo. Lucas havia dito minutos antes que "estou passando a bola por ter sido orientado".

Me parece que se tivermos uma evolução do descontentamento de Lucas, as coisas irão se agravar de modo que um dos dois irá "cair". Normalmente o técnico cai.

Mas Lucas está certo? Há algo extra-campo influenciando no jogador? Leão ainda disse que fica 2 horas diárias com o jogador, o problemas são as outras 22 horas.

Bom meus caros amigos, entendo a situação do Lucas e também a do Leão. Lucas precisa ouvir, refletir para depois tomar alguma atitude. Ficar falando coisas no microfone não é a melhor opção, a não ser para a imprensa, que terá assunto para a semana inteira.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:44
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje fora publicado no site da Folha mais um capítulo do caso Marcelinho Paraíba, no qual há retratado o entendimento do Ministério Público de que não há indícios suficientes que levam crer na materialidade delitiva. Leiam a reportagem:

 

"08/03/2012 - 22h01

Provas contra Marcelinho Paraíba são insuficientes, diz Promotoria

DANIEL CARVALHO
DE SÃO PAULO

O Ministério Público da Paraíba considerou insuficientes as provas apresentadas pela Polícia Civil no inquérito que acusa o jogador Marcelinho Paraíba de estuprar uma advogada, no ano passado.

O inquérito foi remetido, na terça-feira (6), à Delegacia da Mulher de Campina Grande (130 km de João Pessoa) para que os envolvidos no caso sejam novamente ouvidos.

O promotor Romualdo Tadeu de Araújo afirmou que precisa de mais informações para oferecer denúncia contra o atleta.

Paraíba foi indiciado em janeiro deste ano sob suspeita de forçar uma mulher de 31 anos a beijá-lo em uma festa no sítio dele, em Campina Grande, no dia 30 de novembro de 2011, durante comemoração à ascensão do Sport Club do Recife à série A do Campeonato Brasileiro.

"Pedi que [a delegada] ouvisse novamente vítima, indiciado e pessoas que estavam no local. Há situações que não foram devidamente esclarecidas. Com o que tem não é possível oferecer uma denúncia", disse.

  Nicolau de Castro-30.nov.11/Folhapress  
Marcelinho Paraíba é indiciado sob suspeita de estupro; crime teria ocorrido em novembro no sítio do jogador
Marcelinho Paraíba é indiciado sob suspeita de estupro; crime teria ocorrido em novembro no sítio do jogador

A delegada Herta França, responsável pelo caso, tem um prazo de 30 dias para concluir o inquérito. A Folha não conseguiu falar com ela nesta quinta-feira.

A advogada, na época, disse que Marcelinho tentou beijá-la à força, provocando lesões em sua boca, pescoço e couro cabeludo. Na tentativa de afastar o jogador da vítima, o irmão da moça, que é delegado, teria efetuado disparos com uma arma.

O jogador chegou a passar mais de cinco horas preso após a confusão na festa. Na ocasião, ele negou a tentativa de estupro e se disse vítima de armação.

O advogado do jogador, Afonso Vilar, não atendeu às ligações da reportagem para comentar a decisão do Ministério Público."

 

Comentários: Como se vê e, conforme este blog já publicara (http://blogs.spfc.net/amon78/8571) este é um caso no qual devemos analisar com muita parcimônia, pois há muitos elementos envolvidos dos quais se pode extrair um apanhado de dúvidas.

A suposta vítima é irmã de um Delegado de Polícia, alegou-se a tentativa de um beijo e não há testemunhas a favor da mulher.

Não se pode crucificar alguém, penalmente falando, sem elementos probatórios a contento. O Ministério Público acerta mais uma vez.

 

Saudações Tricolores 

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:17
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já sabem há um ex jogador do "Small Club" sendo acusado de ter estuprado (sim agora isso é estupro) uma menina de 05 anos, pior, na presença dos pais dela.

 

Apenas para constar, não estpu tirando sarro, em respeito à família. Sempre somos "zoados" de bambis, porém a história recente do rival demonstra que coisas estranhas acontecem pelo lado de lá.

 

Alguns jogadores daquele clube sairam assumidamente com outros homens. Enquanto nossos jogadores nada consta.

Agora com esse caso do Fabinho, fora publicado no blog do Paulinho que:

 

"Fabinho Fontes foi um dos garotos, todos no Parque São Jorge sabem disso, que teria sido molestado sexualmente nas categorias de base do Corinthians, por um ex-coordenador, afastado do clube por pedofilia.

Na época dos acontecimentos, muitos dos atuais dirigentes alvinegros trabalhavam no setor e, em vez de coibirem o fato, ironizavam, contavam piadas e até se divertiam com as histórias contadas."

 

Como podem ver, o clube que tem ocorrências de homossexualidade não é o SPFC, mas o rival.

 

Apenas para constar.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

fonte: http://blogdopaulinho.wordpress.com/2012/03/06/sobre-o-caso-fabinho-fontes/

postado por Aurelio Mendes às 09:07
comente (4 /)

 

Olá caros amigos. Olá Diva.

Parabéns, à Diva sempre muito atenta às notícias do nosso Mais Querido.
Vamos à realidade sobre o Fielzão:
 
 
Muitos já devem ter lido muitos textos meus que publiquei no Musp e nos meus blogs de que a concessão de vantagens fiscais como a isenção fiscal e incentivos fiscais na construção do Fielzão era, é e sempre será ilegal. Por qual razão?
Primeiro pelo fato de que toda renúncia de receita significa perante a lei, "gasto público" e como tal deve ser justificada. Há leis que tratam do assunto como a Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101), lei 4.320 de 17 de março de 1.964, entre outras que tratam de todo o sistema financeiro do Brasil.
 
Nessas leis há a definição e exigência de que tenhamos lei orçamentária anual, elaborada de forma compatível com o plano plurianual, com a lei de diretrizes orçamentárias. E mais especificadamente de que a renúncia de receitas deve seguir determinadas regras:
 
A LC 101 determina que:
 
"Da Renúncia de Receita

        Art. 14. A concessão ou ampliação de incentivo ou benefício de natureza tributária da qual decorra renúncia de receita deverá estar acompanhada de estimativa do impacto orçamentário-financeiro no exercício em que deva iniciar sua vigência e nos dois seguintes, atender ao disposto na lei de diretrizes orçamentárias e a pelo menos uma das seguintes condições:

        I - demonstração pelo proponente de que a renúncia foi considerada na estimativa de receita da lei orçamentária, na forma do art. 12, e de que não afetará as metas de resultados fiscais previstas no anexo próprio da lei de diretrizes orçamentárias;

        II - estar acompanhada de medidas de compensação, no período mencionado no caput, por meio do aumento de receita, proveniente da elevação de alíquotas, ampliação da base de cálculo, majoração ou criação de tributo ou contribuição.

        § 1o A renúncia compreende anistia, remissão, subsídio, crédito presumido, concessão de isenção em caráter não geral, alteração de alíquota ou modificação de base de cálculo que implique redução discriminada de tributos ou contribuições, e outros benefícios que correspondam a tratamento diferenciado.

        § 2o Se o ato de concessão ou ampliação do incentivo ou benefício de que trata o caput deste artigo decorrer da condição contida no inciso II, o benefício só entrará em vigor quando implementadas as medidas referidas no mencionado inciso.

        § 3o O disposto neste artigo não se aplica:

        I - às alterações das alíquotas dos impostos previstos nos incisos I, II, IV V do art. 153 da Constituição, na forma do seu § 1o;

        II - ao cancelamento de débito cujo montante seja inferior ao dos respectivos custos de cobrança."

Assim podemos dizer que renúncia de receita equivale a gasto tributário, e com o termo com origem na linguagem orçamentária americana nas últimas década, e que os gastos tributários ou renúncias de receitas são mecanismos financeiros empregados na vertente da receita pública que produzem os mesmos resultados econômicos da despesa pública.
 
E sobre a renúncia de receitas, devemos dizer que a renúncia de receitas não pode levar à redução do nível de receitas do ente. 
 
De todo esse apanhado, "an passant", podemos concluir que renúncia de receita equivale à despesa pública e como tal deve ter previsão na LOA (lei de orçamento anual), LDO (Lei de diretrizes orçamentárias) e decreto regulando a situação.
 
Sendo assim, haverá dinheiro (investimento) público no Fielzão.
 
Ademais, em um Estado Democrático de Direito, a Administração Pública é regrada por Princípios, para exemplificar limitemo-nos aos previstos no artigo 37 da "lex Mater": Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.
 
O caso em tela, sobre o Fielzão e a concorrência aberta contém vicíos, a saber:
 
Diante os princípios mencionados, a Administração Pública deve se relacionar com os particulares de modo Impessoal, com Publicidade e Moralidade. A Publicidade é necessária para que os administrados saibam como está sendo administrada a finança pública, entre outros fins. A Moralidade e a Impessoalidade são princípios de exigem que a Administração seja moral no que faz e não favoreça A ou B. Para que tudo isso seja respeitado, há o processo de licitação nas tratativas com a Administração, e espécie de licitação é a denominada Concorrência.
 
Quanto o Estado publica edital de concorrência de modo a favorecer determinado clube, pois segundo matéria enviado pela Diva e publicada no UOL:
 
"O problema é que não existe a menor chance de alguém, além da Odebrecht e do Corinthians, vencer a concorrência. Isso porque já está definido pela Fifa que o Itaquerão será o estádio de abertura da Copa, e a concorrência estabelece que só podem participar projetos já aprovados pela Fifa como "apto a ser sede do jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014". Somente o estádio corintiano em construção no bairro de Itaquera preenche este requisito."
 
Há patente quebra dos Princípios Constitucionais, pois não há Moralidade nem Impessoalidade pois o procedimento foi direcionado ao clube em questão. Assim, há patente inconstitucionalidade e ilegalidade nos atos da Administração. Passíveis de anulação, por vícios graves.
 
O que posso fazer? Nada, a não ser "gritar, gritar e gritar" até que seja ouvido.
 
Sua Excelência Aurelio Miguel já entrou com Ação Popular, a juíza não acatou o pedido primeiro, pois alegou "motivos clubísticos". Marco Aurelio Cunha deve estar fazendo algo, iria abordar o tema na reunião do Musp com ele, mas não consigo agendar. As autoridades estão se "gladiando" entre si, alguns concordam, outros não.
 
Sabe o que irá ocorrer?
 
Fielzão será construído com nosso dinheiro. as autoridades irão quedar-se silentes até a concretização do planejamento da Fifa para, após - muito após- apontarem inúmeras ilegalidades, das quais os responsáveis sairão ilesos e, provavelmente, candidatos à alguma vaga pública para que o povo continuem a votar neles.
 
Assim, mais uma vez, o povo irá engolir sapo, e que sapo.
 
Abraços a todos.

Aurelio Mendes de Oliveira Neto
Advogado, Engenheiro Químico e de
Segurança do Trabalho e Perito
@amon78

Fonte:    http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2012/03/06/mp-chama-simulacao-de-concorrencia-a-incentivo-do-itaquerao-de-risivel-e-anuncia-investigacao.htm

 

postado por Aurelio Mendes às 08:38
comente (3 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, o "small club" fez camisetas para "zoar" os seus adversários, entre eles o Soberano, que fora "homenageado" com a camiseta com a seguinte escrita:

 

"CPF na nota?"

 

Ocorre que, tal assertiva é a prova inequívoca que ignorância não tem limites. Explico:

A uma que no histórico do Majestoso, nós estamos em vantagem, pois ficamos mais tempo e partidas sem perder para o rival. A duas, pelo fato de que CPF é a abreviatura de Cadastro de Pessoas Físicas. Ocorre que o São Paulo Futebol Clube NÃO É PESSOA FÍSICA, MAS JURÍDICA. Sendo assim não possui CPF, nem poderia.

 

Quer zoar, faça direito "mano"!!!!!!

É assim mesmo quando mobral inconcluso quer zoar alguém.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

 

postado por Aurelio Mendes às 21:40
comente (2 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje irei tratar de um assunto um tanto quanto irritante, a história dos 5% dos ingressos para a torcida visitante.

Como todos sabem Andres disse, e prometeu, que o "Small Club" não jogaria mais no Morumbi enquanto fosse presidente, em virtude do Juvenal Juvêncio ter "inventado" essa história dos 5% dos ingressos. 

Ocorre que isso é uma falácia. Mentira. Bobagem,

Vejamos:

O SPFC afirmou que as torcidas rivais não teriam mais do que 10% dos ingressos no Morumbi em 10 de fevereiro de 2.009. 

Porém o Ministério Público de São Paulo já havia orientado para os clubes fornecerem 5% dos ingressos para o time rival por motivos de segurança.

Ou seja, o SPFC estava seguindo normas do campeonato e orientação do Ministério Público por razões de segurança.

Mas a questão não termina aqui, o SPFC não foi o primeiro a fornecer apenas 10% dos ingressos aos torcedores do time visitante.

Vejam:

 

"O presidente Juvenal Juvêncio defendeu a medida, prevista pelo Estatuto do Torcedor, e ironizou possíveis reclamações.

 

- 10% é um termo legal. Em alguns estádios, não há nem 10%. No Pacaembu, nos deixam o Tobogã. No Parque Antarctica e na Vila Belmiro, precisa contar para ver se tem 10%. Então, generosamente, o São Paulo dará 10% aos visitantes. Não é o Corinthians, são todos - afirmou o presidente, para delírio de conselheiros e diretores. "

Pelo trecho citado pode-se verificar, inclusive na matéria original, que o SPFC nunca recebeu mais do que essa quota para jogar no Pacaembú contra "Small Club" e Palmeiras, nem na Vila contra o Peixe.

Tal situação é comprovada inclusive por declarações feitas por dirigentes do rival, que sempre quer nos provocar.

"- No tobogã (do Pacaembu) cabem cerca de 10 mil torcedores. É muito grande para o São Paulo."

 

Ora no Pacaembú cabe muito mais do que 20 mil pessoas, de modo que, quando disponibilizam o Tobogã para o SPFC, significa dizer que a quota é bem inferior do que 50%, cota essa que os dirigentes rivais afirmavam de forma mentirosa de que sempre "dividiam" a arquibancada.

 

Além do mais no Serra Dourada o "Small Club" já havia recebido a quota de 10% lá em 2.007, e não reclamou da mesma fora.

 

O próprio Mais Querido teve essa cota de 10% em jogo contra o Furacão em 2.008, e também não ocorreu a repercussão que Andres quis dar para o caso entre SPFC e o rival da Marginal Tietê.

 

Poderia citar mais alguns casos para vocês amigos leitores, mas isso tornaria o post cansativo. Assim é fácil verificar que o SPFC JAMAIS iniciou a destinação de 10 ou 5% dos ingressos para a torcida visitante.

 É preciso conhecer a história para criticar, sob pena de se cair no ridículo como Andres.

Faked

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 08:08
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, essa semana Andres teve dupla derrota na CBF:

 

1) Ele bancou que Lucas não seria liberado para o clássico entre Palmeiras e São Paulo em Prudente no último sábado, porém com alguns telefones, Juvenal Juvêncio conseguiu apoio da FPF e de Ricardo Teixeira logrando êxito em liberar o jogador. 

Andres afirmou que o Soberano teria gasto um excelente cartucho. Será mesmo???

 

2) Em virtude do mesmo episódio, Andres retrucou Leão ofendendo-o de mentiroso, porém como não teve coragem de assumir o que disse, publicou hoje no site da CBF um pedido de retratação ao técnico Soberano, dizendo que havia dito que "mentirosa" era a notícia dada. Assim ficou o "dito pelo não dito".

 

Esses dois episódios demonstram que Andres é um fantoche da CBF e que não tem tanto poder quanto imagina e muito menos vontade própria.

 

Pessoa que age como ele, acaba assim.

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 10:19
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, vi hoje um foto do Adriano, quase me espantei. Só não ocorreu isso em virtude do time que Adriano está jogando, pois por lá passaram Edmundo, Ronaldo, Vampeta, Dinei e agora, até tú Adriano????

Quando Adriano jogava no SPFC era assim:

 

 

Quando Adriano jogava no Flamengo era assim:

 

 

E no "Small Club"::

 

http://spfcsoberano.futblog.com.br/200091/Time-da-piada-pronta-O-Imperador-nao-era-assim/

 

 

Inclusive o Animal, por lá virou borboleta:

 

http://www.pbagora.com.br/conteudo.php?id=20120222222842&cat=brasil&keys=edmundo-ja-fez-sexo-homens#.T0Y0bjXSkP8.facebook

 

Saudações Soberanas.

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 12:47
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, estam pululando pela internet duas notícias que podem ser interessantes para nós Soberanos.

 

A primeira é referente ao Alex Silva, que teria sido visto com dirigentes do Tricolor Paulista no jogo contra o Bragantino.

Sabe-se que o jogador e seu atual clube não estão com um relacionamento exemplar e que o Flamengo deve uma grana ao Soberano em razão da contratação do atleta. 

Alex Silva já se ofereceu para o SPFC, será que as coisas começarão a caminhar? Acho que o jogador viria praticamente de graça sem custos e precisamos de um zagueiro.

 

A outra notícia é sobre Deivid que, após perder um gol feito, passou a ser meio que isolado no elenco do time carioca. Outro fator de peso sobre o atleta é sua ligação com Zico que saiu daquele clube com as relações estremecidas. 

 

Como o Flamengo deve um dinheiro para o SPFC, procurei informações sobre uma possível negociação, de modo que fui informado que Deivid é um excelente nome, mas que o Soberano não iria manifestar interesse agora.

 

Para mim fica a pergutna: Será que não seriam dois bons nomes para o SPFC? 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 10:51
comente (7 /)

 

 

 

Vamos para a análise da partida de hoje:

 


Estádio: Morumbi, São Paulo (SP)
Data/hora: 16/2/2012 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Auxiliares: Marco Antonio Gonzaga da Silva (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro 
da Costa (SP)

SÃO PAULO: Denis; Luiz Eduardo, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas e Willian. Técnico: Emerson Leão.

PAULISTA: Vágner; Samuel Xavier, Júnior Alves e Diego Ivo e Reinaldo; Wellington, Bruno Octávio (Chiquinho), Fabrizzyo (Barboza) e Danilo Gomes; Rychely e Renan Marques. Técnico: Sérgio Baresi.


1) Dênis vs Vágner: Dênis, apesar da pouca experiência como titular, tem melhor posicionamento e reflexo.

2) Luis Eduardo vs Samuel Xavier: Luis Eduardo não é da posição, o que lhe deixa em ligeira desvantagem;

3) PAulo Miranda vs Júnior Alves: Paulo Miranda vem falhando muito, o que nos passa insegurança. Preferiria Edson Silva, então Júnior Alves ganha meu voto;

4) Rhodolfo vs Diego Ivo: Rhosolfo é quase absoluto;

5) Cortez vs Reinaldo: Cortez vem ganhando confiança aos poucos e retomando seu bom futebol, ele é o cara. Cortez fica com o voto;

6_ Denilson vs Wellington: Denilson, se não tomar cartão, é o melhor na posição;

7) Casemiro vs Bruno Otávio ou Chiquinho:  Casemiro é um excelente jogador, com tranquilidade reinará na posição;

8) Cícero vs Fabrizzyo ou Barboza: Cícero melhorou com Leão no comando, provavelmente por fazer sua função de origem, Cícero recebe o voto;

9) Jadson vs Danilo Gomes: Jason, desnecessário comentar;

10) Lucsa vc Rychely: Lucas, também dispensa comentário;

11) William vs Renan Marques: Empate, apesar de William ser muito promissor, ainda está amadurecendo.;

Técnico: Leão vs Baresi: Leão, ganha pela experiência, Baresi em inovação. Leão ganha com ligeira vantagem.

postado por Aurelio Mendes às 09:33
comente (0 /)

 

 

 

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tem Paulista pelo campeonato estadual, partida na qual teremos que jogar bem e apenas a vitória nos interessa.

O Paulista segue logo abaixo na tabela, de modo que a partida é a denominada "de seis pontos", pois a perda de pontos pode significar queda na tabela.

 

O restrospecto do Soberano no Morumbi não é dos melhores, mas temos tudo para ganhar esses 3 pontos, já que dos últimos seis pontos caseiros, não logramos êxito em obter bons resultados.

 

Após a derrota do domingo para o "Small Club" nosso técnico fechou o treino, para fazer a famosa "surpresa na escalação". O que não é surpresa, infelizmente, é a escalação de Paulo Miranda, que deveria dar lugar para outro zagueiro, pois temos bons jogadores no elenco.

 

Estaremos desfalcados de nossos principais jogadores, Ceni, Luis Fabuloso, Cañete e Fabrício farão falta na partida, mas ainda assim, somos superiores e a vitória terá que ser conquistada custe o que custar.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:02
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, recebi agora uma informação NÃO OFICIAL E CONFIRMADA de que o advogado do Oscar estaria estudando a possibilidade de tentar negociar Nilmar com o SPFC envolvendo Oscar, que ficaria no Internacional.

Não sei se é verdade essa informação, mas entendo que é plausível que isso ocorra.

 

E na minha opinião, o SPFC deveria negar essa negociação, pois Nilmar fez "doce" até agora e Oscar precisa retornar ao Morumbi para ficar humilhado e constrangido.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 20:37
comente (5 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já devem estar sabendo o Oscar perdeu no TRT para o SPFC e terá que vir para o Morumbi, mesmo que recorra, pois o Recurso de Revista, em regra,  não tem efeito suspensivo.

Porém conversei com uma pessoa do Internacional que me disse que, após o clube do sul ser notificado da decisão e Oscar intimado, mesmo que por Diário Oficial, o Internacional irá estudar o caso, com a grande possibilidade do Inter pagar a multa rescisória para não deixar o jogador retornar ao Tricolor Paulista.

 

Se isso realmente ocorrer, o SPFC não poderá fazer nada, pois com o pagamento da multa, não pode-se obrigar Oscar a jogar no Soberano.

 

Se eu fosse dirigente do SPFC estudaria essa hipótese, requerendo a multa rescisória retroativa com juros e correção monetária além, é claro, de exigir uma indenização por via judicial. Essa hipótese daria um montante de dinheiro muito significante para o Tricolor, que poderia investir em outro jogador, que viria com vontade e dedicação.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 20:32
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como vocês devem ter lido publiquei dias atrás que o  Villareal pressiona Nilmar para aceitar a prosposta do Soberano. Leiam a matéria que saiu hoje no Lance:

 

"Villarreal diz que ainda está negociando Nilmar com o São Paulo
Diretor espanhol espera concretizar transferência para melhorar situação financeira

    
LANCEPRESS!
Publicada em 07/02/2012 às 19:36
São Paulo (SP)

Enquanto o São Paulo garante não negociar mais com Nilmar, o discurso na Espanha é outro. O Villarreal, atual clube do atacante, conta com a negociação para melhorar sua situação financeira, e garante que o jogador pode ser anunciado como reforço tricolor.

– A negociação está aberta. Temos falado com o Nilmar e o comunicamos quais são as intenções do Villarreal – afirmou Fernando Roig Negueroles, diretor-geral do Villarreal, ao jornal Mediterrâneo.

Nesta terça-feira, no CT da Barra Funda, o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes voltou a afirmar que o jogador não será contratado pelo clube do Morumbi:

– Esse assunto está arquivado. E em uma prateleira bem longe daqui. Não chegamos a um acordo em relação ao salário do atleta. Como eu diria para o Luis Fabiano e o Jadson, que aceitaram receber menos do que recebiam na Europa, que agora é uma exceção? Não dá. Causaríamos um grande problema dentro do nosso elenco.

São Paulo e Villarreal já haviam se acertado. Com a ajuda de investidores, o Tricolor pagaria 10 milhões de euros aos espanhóis. No entanto, Orlando da Hora, empresário de Nilmar, não chegou a um acordo quanto ao salário de seu cliente.

A diretoria paulista ofereceu 25 milhões de reais por cinco anos de contrato ao atacante de 27 anos. Da Hora considerou a proposta baixa.
A camisa 11 segue sem dono."


Como publiquei semana passada, o clube espanhol está forçando a barra para que Nilmar aceite a proposta do SPFC, porém eu não gostaria de ver um jogador vestindo o manto Soberano de "livre e espontânea" forçada.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:23
comente (5 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, o Villareal está pressionando o Nilmar para assinar com o São Paulo Futebol Clube, pois o clube precisa de dinheiro e quer se livrar de pagar o alto salário do jogador.

Nilmar resiste, pois não conseguiu chegar ao senso comum com o Soberano em se tratando de salários.

Então a última carta na manga do SPFC é que o Villareal promete que irá fazer, tentar uma retaliação ao jogador, como não escalação para forçá-lo a aceitar a negociação.

O clube do Morumbi já afirmou peremptoriamente que não vai continuar as negociações, mas ao que me parece, se Nilmar voltar atrás, o Soberano também volta.

Eu sinceramente não gostaria mais de ver o jogador por aqui.

Mas esperemos por cenas dos próximos capítulos.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 22:25
comente (5 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, estava fuçando na internet, mormente no site da Bilboard e descobri a música que estava no topo das paradas no dia do nascimento do Soberano.

Espero que gostem:

 

http://www.youtube.com/watch?v=IJRBDTDl9Dw

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 12:59
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, será que preciso dizer mais algo?

Vejam o video:

 

http://procurandovagas.org/diregente-rouba-medalha-durante-premiao-na-copinha/

 

 

Só rindo mesmo, ladrão que rouba ladrão....

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:39
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos,

Estava lendo o jornal Mediterrâneo sobre a possível e concreta vinda do Nilmar para o Brasil, quando leio que o São Paulo é: " el club más potente de Brasil"

Enquanto a CNN denomina o "Small Club", nós somos o club más potente de Brasil.

Desculpem gambás.

Vejam a matéria na íntegra: SPFC é o clube mais poderoso do Brasil

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 08:58
comente (0 /)

Osvaldo é do Tricolor!
Atacante cearense é o sétimo reforço do São Paulo para temporada

 

O São Paulo FC concluiu na manhã desta terça-feira (24) a contratação de seu sétimo reforço para a temporada de 2012. Depois de acertar com os zagueiros Paulo Miranda e Edson Silva, com o lateral-esquerdo Cortez, com o volante Fabrício e com os meias Jadson e Maicon, o Tricolor definiu a chegada do atacante Osvaldo.

Destaque do Ceará na última temporada, o jogador de 24 anos despertou o interesse de muitos clubes brasileiros, mas o São Paulo venceu a concorrência e assinou com o atacante por quatro temporadas.

"O Osvaldo é um jovem talento em quem o São Paulo deposita grande confiança. Seu estilo de jogo tem muito para agregar e qualificar nossa equipe. Esperamos que consiga repetir aqui o mesmo futebol envolvente que demonstrou no Ceará", explicou o diretor de futebol Adalberto Baptista.

Trajetória

Formado nas categorias de base do Fortaleza e emprestado ainda novo para o River, do Piauí, para ganhar experiência, o atacante Osvaldo começou a obter destaque atuando pelo clube de Teresina.

Em 2008, de volta ao Fortaleza, foi decisivo ao marcar gol nas duas finais contra o Icasa para a conquista do estadual. Mais experiente, também fez grandes partidas na campanha da equipe cearense na Série B, quando chamou a atenção do futebol internacional.

Foi negociado com o Ah Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, no início de 2009 e seguiu lá até o mês de agosto, quando foi por empréstimo defender o Braga, de Portugal.

Após a experiência na Europa retornou para o mundo árabe, mas por opção preferiu não seguir atuando fora do país e pediu para voltar ao Brasil. Foi então emprestado ao Ceará em 2011 e obteve grande destaque, sendo o principal nome da equipe cearense na temporada.

Com seu futebol envolvente, que alia velocidade e habilidade, infernizou as defesas adversárias e chamou a atenção de vários clubes brasileiros, como o São Paulo.

Nome completo: Osvaldo Lourenço Filho
Nome esportivo: Osvaldo
Data de nascimento: 11 de abril de 1987
Idade: 24 anos
Local de nascimento: Fortaleza (CE)
Altura: 1,70 m
Peso: 68 kg

Carreira

    * 2006 - Fortaleza E.C.
    * 2007 - River A.C.
    * 2008 - Fortaleza E.C.
    * 2009 - Ah Ahli (EAU)
    * 2009/10 - S.C. Braga (POR)
    * 2010 - Ah Ahli (EAU)
    * 2011 - Ceará S.C.
    * 2012 - São Paulo F.C.

 

Títulos

    * 2007 - Campeonato Cearense
    * 2008 - Campeonato Cearense
    * 2008/09 - Campeonato Nacional - Emirados Árabes
    * 2009 - Classificação para a Liga dos Campeões (pela primeira vez o Braga disputou o torneio)
    * 2011 - Campeonato Cearense

Prêmios

    * 2008 - Revelação do Campeonato Brasileiro da Série B

 

 

Seja bem vindo Osvaldo.

 Osvaldo é do Tricolor!
Atacante cearense é o sétimo reforço do São Paulo para temporada

O São Paulo FC concluiu na manhã desta terça-feira (24) a contratação de seu sétimo reforço para a temporada de 2012. Depois de acertar com os zagueiros Paulo Miranda e Edson Silva, com o lateral-esquerdo Cortez, com o volante Fabrício e com os meias Jadson e Maicon, o Tricolor definiu a chegada do atacante Osvaldo.

Destaque do Ceará na última temporada, o jogador de 24 anos despertou o interesse de muitos clubes brasileiros, mas o São Paulo venceu a concorrência e assinou com o atacante por quatro temporadas.

"O Osvaldo é um jovem talento em quem o São Paulo deposita grande confiança. Seu estilo de jogo tem muito para agregar e qualificar nossa equipe. Esperamos que consiga repetir aqui o mesmo futebol envolvente que demonstrou no Ceará", explicou o diretor de futebol Adalberto Baptista.

Trajetória

Formado nas categorias de base do Fortaleza e emprestado ainda novo para o River, do Piauí, para ganhar experiência, o atacante Osvaldo começou a obter destaque atuando pelo clube de Teresina.

Em 2008, de volta ao Fortaleza, foi decisivo ao marcar gol nas duas finais contra o Icasa para a conquista do estadual. Mais experiente, também fez grandes partidas na campanha da equipe cearense na Série B, quando chamou a atenção do futebol internacional.

Foi negociado com o Ah Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, no início de 2009 e seguiu lá até o mês de agosto, quando foi por empréstimo defender o Braga, de Portugal.

Após a experiência na Europa retornou para o mundo árabe, mas por opção preferiu não seguir atuando fora do país e pediu para voltar ao Brasil. Foi então emprestado ao Ceará em 2011 e obteve grande destaque, sendo o principal nome da equipe cearense na temporada.

Com seu futebol envolvente, que alia velocidade e habilidade, infernizou as defesas adversárias e chamou a atenção de vários clubes brasileiros, como o São Paulo.

Nome completo: Osvaldo Lourenço Filho
Nome esportivo: Osvaldo
Data de nascimento: 11 de abril de 1987
Idade: 24 anos
Local de nascimento: Fortaleza (CE)
Altura: 1,70 m
Peso: 68 kg

Carreira

    * 2006 - Fortaleza E.C.
    * 2007 - River A.C.
    * 2008 - Fortaleza E.C.
    * 2009 - Ah Ahli (EAU)
    * 2009/10 - S.C. Braga (POR)
    * 2010 - Ah Ahli (EAU)
    * 2011 - Ceará S.C.
    * 2012 - São Paulo F.C.

 

Títulos

    * 2007 - Campeonato Cearense
    * 2008 - Campeonato Cearense
    * 2008/09 - Campeonato Nacional - Emirados Árabes
    * 2009 - Classificação para a Liga dos Campeões (pela primeira vez o Braga disputou o torneio)
    * 2011 - Campeonato Cearense

Prêmios

    * 2008 - Revelação do Campeonato Brasileiro da Série B
 

 

postado por Aurelio Mendes às 10:15
comente (0 /)

Saiu no lance:

"Osvaldo chega à capital para acertar com o São Paulo

Reunião na tarde desta segunda deve selar acordo com o atacante. Tempo de contrato deverá ser de três anos

   
Gabriela Chabatura
Publicada em 23/01/2012 às 12:31
São Paulo (SP)

Conforme revelado pelo LANCENET! no domingo, o atacante Osvaldo desembarcou na manhã desta segunda-feira na capital paulista para assinar com o São Paulo. O clube e jogador já acertaram os valores e o negócio deverá ser concretizado nesta tarde.

O empresário do jogador, Gilmar Veloz, em rápido contato por telefone com o LNET!, confirmou a chegada de ambos na cidade.

O São Paulo já acertou os salários e o tempo de contrato - que deve ser de três anos - com o jogador, que tem os direitos econômicos presos ao Al-Ahli (EAU).

Mesmo em Fortaleza, Osvaldo acompanhou a vitória do Sampa por 4 a 0 contra o Botafogo-SP na estreia do Paulistão. Em recente entrevista ao LNET!, o atacante afirmou que será um sonho jogar pelo São Paulo.

Com a saída de Henrique, emprestado ao Queens Park Rangers (ING), Osvaldo deverá assumir a camisa 17, que está vaga. O clube ainda também guarda a camisa 11 para Nilmar."
 

 

postado por Aurelio Mendes às 13:15
comente (0 /)

Saiu publicado no site Uol a seguinte matéria:

"Quando foi a anunciada a volta do UFC a São Paulo depois de sua passagem em 1998, criou-se uma enorme expectativa sobre qual seria o local. Inicialmente, foi noticiado que estava tudo certo para que fosse no estádio do Morumbi, mas nas últimas semanas uma reviravolta aproximou o evento do Pacaembu, o que deve ser confirmado nos próximos dias.

A festa está garantida para a maior cidade do país no próximo dia 16 de junho, mas uma promessa feita inicialmente pelo Ultimate vai ficar para trás com essa ida para o estádio municipal. São Paulo não terá mais o público recorde em um evento do UFC, que atualmente é de 55 mil pessoas da edição 129, em abril do ano passado, na cidade canadense de Toronto.

>> Siga o blog no Twitter: @NaGradedoMMA
>> Leia todas as notícias de lutas no UOL Esporte

O blog chegou a fazer uma projeção de como ficaria o octógono no estádio do Morumbi. Fica para a próxima

O São Paulo Futebol Clube, dono do Morumbi , não entrou de cabeça na negociação e confiou na fama dos grande eventos que o local recebe, mas a cobertura do octógono sempre foi um entrave. Vendo essa indefinição, a prefeitura de São Paulo atravessou a negociação e, com uma série de concessões, deve ficar com a realização do evento.

O UFC no Morumbi foi anunciado inicialmente pelo site Maquina do Esporte. Foi dito que o evento teria um público de até 60 mil pessoas para ver a final do reality show The Ultimate Fighter do Brasil, a revanche entre Vitor Belfort e Wanderlei Silva, além de um possível confronto entre Anderson Silva e Chael Sonnen pelo cinturão dos médios.

Com um card desse e o local certo, recorde confirmado, não? Não…

A aparente falta de interesse do SPFC abriu caminho para o Pacaembu. Na semana do UFC Rio 2, o jornal Folha de S. Paulo noticiou pela primeira vez a aproximação da prefeitura com e já deu o negócio como 85% fechado. Mas e o público? Nenhuma menção.

Nos dias seguintes, o executivo do UFC Marshall Zelaznik confirmou a informação ao portal IG e voltou a prometer público recorde, mas não devia estar completamente ciente da capacidade do Pacaembu. O estádio municipal tem, em suas arquibancadas, lugar para pouco mais de 37 mil pessoas, enquanto o Morumbi tem pouco mais de 60 mil lugares.

Estrutura da última turnê do U2 em São Paulo deve servir de base para o UFC no Pacaembu

Além das arquibancadas, haverá público em cadeiras no gramado, mas ele deve ficar entre 10 e 15 mil lugares. Não mais que isso. Questionada pelo blog sobre a possibilidade de aumentar a capacidade das arquibancadas, a secretaria de esportes de São Paulo foi contundente: impossível, não teria como conseguir o alvará juntos aos órgãos responsáveis.

Ou seja, a conta para o recorde não fechava. Era questão de tempo para que isso fosse confirmado. E foi. Depois de ficar incomunicável por alguns dias, o secretário paulistano de esportes falou – até para minimizar a avalanche de notícias pouco favoráveis sobre o futuro evento – entrou em contato com diversos veículos para acabar com algumas dúvidas.

Então veio a notícia: o UFC em e São Paulo deve ter um público de 40 mil pessoas (15 mil a menos que o recorde). Está certo que será um grande espetáculo, com equipe de produção que montou o último show do U2, mas não será dessa vez que a cidade vai entrar para a história do Ultimate. Quem sabe na próxima?"

 

 

Como vocês podem ver, Andres Sanches está prejudicando mais um vez a cidade de São Paulo com o apoio de nossos governantes. Daí fica a pergunta: Até quando iremos nos calar?

postado por Aurelio Mendes às 09:00
comente (1 /)

Olá amigos leitores Soberanos, o Tricolor desempenhou tudo o que estava ao seu alcance para tentar trazer um reforço bombástico para o Morumbi. Montillo foi o primeiro alvo, sem sucesso.

Então Nilmar passou a ser a bola da vez, e a sonhada contratação está definida, faltando apenas alguns detalhes para o anúncio da contratação.

O clube do atleta parece ter aceitado a proposta do Soberano, restando apenas o acerto de alguns pontos mínimos.

Segundo o jornal "O Lance", Nilmar deve ser anunciado até a próxima terça-feira.

Parece que teremos um excelente time para 2012.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:25
comente (1 /)

São Paulo usa ex-sócio do Corinthians para ter Nilmar


Leandro Quesada

Como este blog antecipou em novembro do ano passado, o tricolor projetava para a atual temporada a formação do ataque com Luis Fabiano e Nilmar.

Com a ajuda do empresário Pini Zahavi, sócio de Kia Joorabchiam, ex-parceiro do Corinthians, o São Paulo investirá uma parte dos 7 milhões de euros que o Villarreal da Espanha quer para fechar o negócio.

Nilmar foi companheiro de Luis Fabiano no elenco da seleção brasileira, na Copa da África do Sul.

Se no time de Dunga, eles não formaram o ataque titular, no São Paulo, certamente, a dupla será possível com Emerson Leão.

Nilmar começou a carreira no Inter de Porto Alegre. O talento lhe rendeu o apelido de ‘Nilmaradona’ e logo despertou o interesse do exterior. A primeira experiência na Europa foi no Lyon, da França. Na volta ao futebol brasileiro, contratado por milhões pela MSI, ele defendeu o Corinthians, mas duas contusões graves no joelho atrapalharam as atuações. Nilmar retornou ao Beira-Rio, antes da segunda passagem pela Europa, para atuar no Villarreal.

 

Nilmar é um excelente nome, com ele, certeza, de que seremos vitoriosos em 2012.

 

Porém se o preço for se envolver com pessoas ligadas ao Kia, prefiro que Nilmar não venha.

postado por Aurelio Mendes às 12:07
comente (1 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, leiam a matéria de Erich Beting, aquele mesmo, que só está na mídia, pelo fato de que entre eles o nepotismo não é errado.

 

"A soberba deve tirar o UFC do Morumbi


Erich Beting

O São Paulo está muito próximo de perder a realização do UFC no estádio do Morumbi, como já havia praticamente sido sacramentado num acordo entre o clube e os gestores do principal evento de lutas. Um dos agravantes para a mudança nos planos e a ida do evento para o Pacaembu foi a intransigência do São Paulo com alguns aspectos exigidos pelo UFC (leia aqui).

A intransigência são-paulina tem gerado muito mais derrotas do que vitórias ao clube nos bastidores. A queda do Morumbi não é apenas fruto da não-compactuação da diretoria tricolor com a CBF, assim como agora uma das gotas d’água para a desistência de o UFC pelo Morumbi foi a recusa de Roberto Natel, vice-presidente social e de esportes amadores do São Paulo, em ir ao Rio de Janeiro acompanhar a montagem do evento ocorrido na semana passada.

“Não cheguei a ir. Fui convidado, mas aí saiu a notícia do UFC dizendo que estava 85% fechado com o Pacaembu. Eu estava indo para conhecer a estrutura e saber como seria. A partir do momento em que está 85% fechado para o Pacaembu, não vou lá só para assistir”, disse Natel ao UOL Esporte.

É a típica birra de criança que, nesse caso, mostra uma total falta de molejo do clube em negociar com o UFC. Obviamente que o São Paulo não seria o único “pretendente” a receber o evento. O show que o UFC promove a cada dia de evento mostra o quão preparados estão seus executivos para os mais diferentes planos.

No Pacaembu, além de reduzir os custos de confecção do evento, os americanos conseguem manter a promessa de fazer o maior UFC da história. Ao virar as costas para os dirigentes do UFC, possivelmente o São Paulo deixa de ser o principal candidato a receber eventos da modalidade.

A birra de Natel deve custar ao São Paulo pelo menos R$ 2 milhões em receita.

Um clube que adora bater no peito o fato de ser “diferenciado” peca, atualmente, por querer sempre mostrar-se superior a qualquer outro."

 

Porém tais críticas não se sustentam em qualquer análise, pois desde semana passada sabemos que Andres Sanches pediu para Anderson Silva conversar com a direção do UFC para tentar tirar o evento do Morumbi.

É duro ler palavras como as que esse "grande" profissional escreveu.

Acessem o blog dele AQUI e critiquem o post, é o mínimo que podemos fazer.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 


 

postado por Aurelio Mendes às 10:31
comente (6 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos sabem somos um time saudável, e por isso somos  Motivo da inveja corinthiana, vejam o que eles têm que o SPFC não tem:

 

kkkkkk

Só rindo mesmo.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 09:48
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje foi publicado na folha de São Paulo notícia sobre o Costa Concórdia, navio que afundou recentemente. Ocorre que o "Small Club" já foi usuário desse navio.

 

http://www1.folha.uol.com.br/esporte/1035266-navio-que-naufragou-na-italia-foi-usado-pelo-corinthians-em-2010.shtml

É meus amigos, parece que a âncora do rival é infalível.

Saudações Soberanas

 

Aurelio Mendes

 

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 10:37
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, em um primeiro momento desejo a todos um Feliz 2012 com muita saúde e paz. Para nosso Tricolor que sejamos campeões de todos os campeonatos que iremos disputar.

Mas o tema desse post é a interferência negativa da Globo no futebol brasileiro, pois a emissora estipulou um teto de R$ 100 milhões por ano em antecipações, cota já atingida.

Leiam o que fora publicado no Blog do Perrone:

 

"O que interessa é o valor da soma dos pedidos. Assim, mesmo que um clube não tenha feito antecipações, sua solicitação será negada, pois a grana disponível já foi usada. Além disso, avanços no contrato de 2013 não estão autorizados.

Um dos atingidos pela nova medida é o Palmeiras, que recentemente consultou a Globo sobre antecipação e ouviu um não.

Antes, os times usavam o Clube dos 13 para conseguir empréstimos bancários. Davam como garantia as cotas de TV. O banco antecipava os valores das parcelas e o C13 repassava diretamente a eles o dinheiro. Com a entidade fora do acordo com a emissora, a Globo colocou no contrato que o pagamento tem que ser feito diretamente aos clubes, a menos que ela autorize por escrito. O problema é que a autorização esbarra no teto de R$ 100 milhões, que não está determinado no contrato. É uma ordem da cúpula da emissora.

O novo procedimento é um dos obstáculos que os cartolas enfrentaram para pagar em dia o décimo terceiro salário dos jogadores. A contratação de reforços também foi prejudicada."

 

Como podemos ver, a rede de televisão estragou o planejamento de inúmeros times, sem um prévio aviso, ao menos é o que dá para concluir da matéria do jornalista Perrone.

O porco que será um dos maiores prejudicados, o que na verdade demonstra que: "quem planta colhe", pois o time rival se aliou ao "small club" e com a globo contra o Soberano.

Pelo jeito nomes como o de Montillo se distanciam do Morumbi efetivamente.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Votem no melhores da web tricolor:
#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"


 

postado por Aurelio Mendes às 20:18
comente (2 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje fora publicada a notícia de que Richarlyson teria acertado com o Palmeiras sua base salarial.

Essa notícia apenas corrobora o que SEMPRE defendi, Richarlyson é um bom jogador e que não poderíamos fazer o que a diretoria do toucinho queria: Queimar o jogador.

Tanto é que a diretoria rival disse na imprensa que Richarlyson era homossexual, o que gerou processo entre as partes.

Agora que o jogador saiu do Soberano, o porco tenta a contratação.

Me parece que o rival conseguiu o que sempre quis, nos prejudicar com nosso aval.

Mas independentemente da opção sexual do jogador, o que a diretoria dirá com ele vestindo a camisa verde e branca????

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 03:39
comente (4 /)

Hoje o mundo perdeu uma excelente pessoa, ótimo atleta:

 

 

 

"Campeão mundial com o São Paulo, ex-atacante Catê morre em acidente de carro no RS

Gustavo Franceschini e Vinicius Segalla
 

O ex-atacante Catê, de 38 anos, campeão do mundo em 1992 com o São Paulo, morreu na manhã desta terça-feira após um acidente de carro na estrada ERS 122, perto do município de Antônio Prado, no Rio Grande do Sul. A informação foi confirmada pelo corpo de Bombeiros Voluntários da cidade, que foi chamado para atender o acidente, e pela Brigada Militar do Rio Grande do Sul. 

Segundo Paulo Agostini, presidente do Corpo de Bombeiros de Ipê, o ex-atleta estava sozinho em seu Fiat Uno Mille no sentido Rio Grande do Sul quando chocou-se contra um caminhão que vinha no sentido oposto, por volta das 10h desta terça-feira. Catê morreu na hora e sequer chegou a ser atendido em um hospital da região, sendo levado direto para o Instituto Médico Legal (IML) de Caxias do Sul.

De acordo com a Brigada Militar, as causas e circunstâncias do acidente ainda precisam ser apuradas, mas, de início, a hipótese mais provável é a de que o ex-jogador teria perdido o controle do veículo durante forte chuva e invadido a pista contrária, colidindo frontalmente com um caminhão. O motorista do caminhão passa bem e não ficou ferido.

Nascido em Cruz Alta-RS, Catê foi reconhecido pelos bombeiros que o atenderam e informaram a morte à família. Segundo o motorista do caminhão, que não sofreu nenhuma escoriação, o Uno invadiu a pista contrária antes do acidente. 

Além da passagem vitoriosa pelo São Paulo, Catê também defendeu ao longo da carreira clubes como Grêmio, Flamengo, Cruzeiro, Universidad Católica, do Chile, e Sampdoria, da Itália, entre outros.

Ex-companheiros de Catê e outros jogadores que atuaram contra o jogador lamentaram a morte prematura do ex-atacante. "Recebi noticia do falecimento do atleta Catê com muita tristeza. Companheiro de clube no SPFC e campeão mundial foi um grande amigo.Triste", disse o ex-goleiro Zetti, em sua conta no Twitter.

"Acabei de ficar sabendo. Muito triste", escreveu o ex-atacante e hoje comentarista Caio Ribeiro. "Meus pêsames a família do Catê. Um menino muito legal", afirmou o ex-goleiro do Corinthians Ronaldo.

O São Paulo Futebol Clube publicou nesta tarde, em seu site oficial, uma nota de pesar pela morte de Catê:

"É com profundo pesar que o São Paulo FC recebeu a notícia do falecimento do ex-jogador Catê, atleta do clube entre 1991 e 1997 e Campeão Mundial com o Tricolor em 1992. O jogador foi vítima de um acidente de automóvel na manhã desta terça-feira (27), na rodovia ERS 122, em Ipê, RS.

Marcos Antônio Lemos Tozzi nasceu em Cruz Alta (RS) no dia 7 de novembro de 1973. Catê disputou 136 jogos pelo São Paulo, contabilizando 56 vitórias, 40 empates, 40 derrotas, além de ter marcado 23 gols."

No Tricolor, Catê conquistou o Paulista, a Libertadores e o Mundial em 1992, além da Libertadores e da Recopa do ano seguinte. Em 1994, venceu a Copa Conmebol na equipe chamada de "Expressinho".

O jogador voltou ao clube em 1995, no qual atuou durante todo o ano. Também jogou pelo Cruzeiro (1994), Universidad Católica (1996-1997), Sampdoria (1998-1999 e 2000), Flamengo (2000), Esportivo (2006) e Brusque (2008)."

 

 

Catê foi um reserva de luxo, jogava bem, estava acima da média.

Infelizmente sua vida fora cessada em um acidente automobilístico, com certeza o jogador foi para uma melhor.

Me lembro quando conheci Catê pessoalmente, sempre atencioso e prestativo, o jogador fez questão de autografar minha camiseta da independente, torcida da qual era membro no início dos anos 90.

Uma pena mesmo. Sem palavras para expressar o momento.

Que a família encontre muita força na agonia que a morte nos trás.

 

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 03:08
comente (0 /)

Com diretor no exterior, São Paulo pode trazer meia na bagagem
Adalberto Baptista está fora do Brasil por reforços e diz ao LANCENET! que pode trazer o sonho da torcida

    
Marcio Porto e Renato Rodrigues
Publicada em 26/12/2011 às 20:04
São Paulo (SP)

O diretor de futebol Adalberto Baptista segue no exterior e poderá trazer novidades após o réveillon. Com retorno ao Brasil previsto para a próxima segunda-feira, o dirigente confirmou em rápido contato com o LANCENET! que está tentando viabilizar reforços fora do país.

O alvo principal é a contratação de um meia armador. Depois de esfriar as negociações por Montillo, do Cruzeiro, as atenções foram voltadas para Jadson, do Shakhtar Donetsk (UCR). Questionado se trará o meia que a torcida tanto espera, Adalberto foi direto:

– Talvez!

O dirigente se mostrou otimista quanto as tratativas. No caso de Jadson, o Shakhtar só aceita liberá-lo em definitivo. O que pesa a favor é a vontade do jogador, que já externou sua pretensão de voltar ao país. O meia está de férias com a família no Brasil e disse que ainda não recebeu nenhuma proposta oficial.

Os representantes do jogador também dizem que houve apenas sondagens. No entanto, veem uma brecha para atender ao desejo de seu cliente. O fato de Jadson ter uma relação estreita com o treinador e está há seis anos no clube pode facilitar em um pedido de liberação.

Outro fator positivo para os são-paulinos é a não participação do Shaktar nas competições europeias no próximo semestre. Disputando apenas o campeonato nacional, o time ucraniano cogita enxugar seu elenco. A suposta chegada de Willian, também do clube europeu, ao Corinthians, não mudaria o cenário da negociação com Jadson.

O Tricolor tem outra alternativa na Europa, mas guarda a sete chaves. No Brasil, mas com direitos ligados ao Al Hilal (SAU), Thiago Neves é o preferido, mas o salário (recebia R$ 600 mil no Flamengo) assustou.


Como já disse em outra oportunidade, Jadson seria um bom nome.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

 

postado por Aurelio Mendes às 22:40
comente (1 /)

Saiu no UOL:

"São Paulo acerta salário com Breno, mas depende de aval da Justiça alemã, diz jornal

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O São Paulo espera contar com o zagueiro Breno para a próxima temporada. O clube já definiu as bases salariais e até a aceitação do Bayern de Munique por empréstimo de um ano. No entanto, o entrave para a vinda, de acordo com o jornal de Diário de S. Paulo é a Justiça da Alemanha, que proíbe o atleta de deixar o país.

Breno ficou 13 dias preso em outubro sob a acusação de ter provocado o incêndio na casa alugada em que morava. Ele deixou o presídio após o Bayern pagar fiança. Mesmo solto, o zagueiro continua sendo investigado.

Breno foi impedido pela Justiça de seguir com o elenco do Bayer para a pré-temporada no Qatar, que acontecerá no início de janeiro. Posteriormente, o clube alemão obteve autorização para incluir o zagueiro na lista dos relacionados para a viagem ao Qatar.

Essa restrição é encarada pelo São Paulo como único obstáculo para a vinda ao São Paulo, sustenta o auxiliar técnico Milton Cruz.

“Estamos na expectativa da Justiça. Se ele for liberado, vai jogar no São Paulo em 2012”, informou Milton Cruz ao jornal.

Revelado pelo São Paulo, Breno se transferiu para o Bayern em 2008. Apesar do longo período no clube alemão, o atleta jamais se firmou na zaga do time de Munique. Breno enfrentou problemas familiares e lesões. No ano passado o São Paulo tentou, sem sucesso, repatriar o defensor.""

 

Seria uma baita contratação e o início de um time forte.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 22:09
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, em entrevista ao repórter JP Marcello Lima, Adalberto Baptista, diretor de futebol do São Paulo, revelou que o SPFC tem um acerto com o meia argentino Montillo há mais de quatro meses.

Ocorre que na época o SPFC tinha chances concretas de se classificar para a Libertadores, campeonato que Montillo vê como uma excelente vitrine para a Europa.

Como o Soberano não se classificou e o jogador tem idade avançada, Montillo mudou de ideia e quer vestir a camisa de clube rival, pois assim jogaria a Libertadores 2012.

Para mim o jogador tem que ter outro raciocínio: Vale a pena se submeter a outro vexame do rival na Libertadores?

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 18:01
comente (13 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, o lance publicou:

 

'"Santos e São Paulo sondam atacante do Boca
Mouche ganhou espaço no time argentino durante a campanha que levou o Boca Juniors ao título do Torneio Apertura

    
LANCEPRESS!
Publicada em 24/12/2011 às 12:14
Buenos Aires (ARG)

Segundo o diário argentino "Olé" o Boca Juniors recebeu sondagens de São Paulo e Santos pelo atacante Mouche. O interesse teria sido bem recebido pelos dirigentes do clube argentino, que pretendem fazer caixa para equilibrar as contas.

O jogador, formado nas categorias de base do Boca, sairia por um valor entre US$ 4 milhões e US$ 5 milhões (R$ 7,4 milhões a R$ 9,2 milhões).

Mouche começou o Torneio Apertura, que foi conquistado pelo Boca Juniors, na reserva mas ganhou a titularidade ao longo da competição. Mesmo assim ele deve ser negociado porque o clube já negocia a chegada de um novo atacante.

O Boca Juniors anunciou interesse na contratação do chileno Suazo, do Monterrey, do México, ou do uruguaio Santiago Silva, da Fiorentina."

 

 

Essa seria uma baita contratação, Mouche é um excelente jogador.
 

postado por Aurelio Mendes às 13:19
comente (2 /)

Olá amigos leitores Soberanos, vejam a matéria publicada no Lance:

 

"São Paulo lançará álbum de figurinhas em 2012

DE PRIMA
Publicada em 24/12/2011 às 10:00
São Paulo (SP)

O São Paulo deve lançar no início do ano que vem um álbum de figurinhas contando a história do clube. O álbum é uma das prioridades do Departamento de Marketing, que prevê um grande sucesso entre as crianças. Mas do ponto de vista de receita, a prioridade continua sendo a procura de um novo patrocinador master."

 

Essa é uma boa notícia do SPFC, pois essas figurinhas agradam tanto a garotada como os adultos.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos


 

postado por Aurelio Mendes às 13:18
comente (0 /)

BMG não deve renovar patrocínio de camisa com o São Paulo

    
DE PRIMA
Publicada em 23/12/2011 às 07:00
São Paulo (SP)

O BMG não deve renovar o patrocínio de camisa com o São Paulo. As conversas de renovação não tem evoluído e o clube já admite terminar o mês de janeiro sem um patrocinador principal. Na avaliação da cúpula do clube, o banco está se reatraindo da área de patrocínio – já teria até saído de outros clubes. Mas no Corinthians se diz que as conversas estão animadas
 

Esta aí a explicação para o BMG ajudar o Small Club na contratação de Montillo, depois reclamavam da LG.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 11:30
comente (4 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, vejam o que saiu no blog do Birner:

 

"Direção do São Paulo vê saída de Dagoberto como o fim do maior problema do elenco

De primeira

De Vitor Birner

A direção do São Paulo acredita que a saída de Dagoberto vai acabar com o clima ‘de resort’ no CT da Barra Funda.

Crê em uma equipe muito mais aguerrida sem o atacante e com os novos reforços.

Na avaliação dela, Dagol era um problema.

Os cartolas acham que Marlos, Jean e Fernandinho, os mais próximos do atacante no dia-a-dia, sofreram a influência negativa do novo atleta do Internacional.

E se acomodoram.

A forma como Dagoberto se relacionava no ambiente de trabalho também incomodava a cartolagem.

Recentemente, quando trocavam idéias sobre o time, um importante dirigente explicou a situação usando uma ironia.

Ele falou que o partida de despedida do Dagoberto será de tênis, não de futebol, porque não haverá jogadores dispostos a participar da festa.

O amigo que participaria do jogo, segundo o cartola, seria o Marlos."

 

Se isso realmente ocorrer, ficará provado que o SPFC não ganhou nada por causa de atitudes dos jogadores, alguns deles é claro.

Porém, ressalto que Dago sempre demonstrou dar o máximo de si dentro de campo. Agora, o tempo nos mostrará o que de fato ocorreu no Tricolor.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 18:38
comente (3 /)

Saiu no "Blog do boleiro:

 

Caso Nilmar: Roma está fora, time brasileiro perto e Villarreal quer segurar atleta

borges_luciano às 11:12
 
 

Por Luciano Borges

“Os caras do Villarreal são danados. Estão irredutíveis”. Com esta mensagem enviada pelo celular, o empresário Orlando da Hora definiu como anda a situação do atacante Nilmar, que já tinha acertado com o clube espanhol sua saída na próxima janela, agora no final do ano. “Ele é jogador que não dá trabalho”, afirmou o representante do atleta.

Nesta semana, a Roma voltou à carga. Já tinha proposto algo em torno de 20 milhões de euros no mês de agosto. O Villarreal recusou a oferta. Há oito dias, o clube italiano apareceu com outra proposta, desta vez, pagando menos. O time espanhol disse não.A Roma está fora”, escreveu Da Hora.

O empresário está no Rio de Janeiro. Insiste em não dizer com qual equipe negocia. O Flamengo está no páreo. Orlando informou apenas:Estamos lutando. Tem time brasileiro que está perto”.

O problema do Villarreal é justificar a venda de um atleta que é querido pela torcida, num momento em que a equipe luta para sair da ameaça de rebaixamento. O Submarino Amarelo ainda é o primeiro time antes do G3 do Mal, frequentado por Sporting Gijón, Racing Santander e Zaragoza.

No dia 8 de janeiro, o Villarreal volta a jogar pelo Campeonato Espanhol, enfrentando – em casa – a equipe do Valencia, terceira colocada no torneio. Até lá, Nilmar pretende já ter acertado sua transferência."

 

Ouvi de Benjamim Back que Nilmar tem sonho em jogar no Soberano e que, segundo o repórter, Nilmar tem grandes chances de vestir o Manto Soberano quando retornar ao país.

Sendo assim, com a Roma fora da jogada, Nilmar pode estar mais próximo, ainda mais levando-se em consideração a proposta oficializada tempos atrás pelo SPFC.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

 

postado por Aurelio Mendes às 13:54
comente (8 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, segundo Menon, Guerron poderá vir para o Morumbi:

"Guerrón pode ser o sexto elemento do São Paulo

22 de Dez. de 2011 às 00:08, por [ Menon ] [ @blogdomenon ] |

O equatoriano Guerrón, atacante que teve passagem de pouco brilho por Cuzeiro e Atlético-PR, pode ser a sexta contratação da temporada. Quem dá a informação é o próprio jogador a um site de seu país. Ele diz que houve uma conversa com Juvenal Juvêncio e que as chances de acordo são de 85%. 

Aqui está o link da entrevista. http://marcador.ec/notas/2011/12/21/sao-paulo-de-brasil-esta-interesado-en-el-tricolor-joffre-dinamita-guerron  A informação me foi dada pelo amigo Luis Gustavo Camargo. Guerrón diz aquelas coisas que diz todo jogador que chega em um clube novo: que está cumprindo um sonho, que o São Paulo tem grande estrutura etc.

Guerrón, para os poucos que não lembram, fez o único gol da vitória do Furacão sobre o São Paulo. Jogou aberto na ponta direita e se se aproveitou dos erros de Cícero, escalado por Leão para o lugar de Juan. É um jogador rápido, forte pouco técnico. Bem melhor do que William e Henrique e, se for constante e esforçado, não deve nada a Dagoberto.

Por enquanto o São Paulo trouxe:

Cortês - começou muito bem o ano, mas começou a cair antes do Botafogo. Tem potencial e, com ele, o time poderá ter jogadas de ultrapassagem pela esquerda.

Fabrício - volante de bom passe poder de marcação. Tem personalidade, o que falta em alguns jogadores.

Maicon - Habilidoso meia, pode disputar uma vaga no time titular.

Edson Silva - fez um bom campeonato pelo Figueirense e tem boa impulsão.

Paulo Miranda - começou bem no Bahia, mas depois caiu de produção.

Enfim, um pacote de boas opções mas que não mascara a necessidade de alguém com mais brilho."

 

Seria mais uma boa contratação.

O que vocês acham?

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

 

 

postado por Aurelio Mendes às 11:48
comente (1 /)

Ouvi de três fontes diferentes, duas não posso revelar, a terceira é Jesse Nascimento da Rádio Globo/CBN.

Entretanto, segundo Jesse Nascimento o Soberano teria negociado a contratação do jogador, tanto que o presidente do Ceará teria enviado a documentação para o SPFC.

Mas outra fonte me disse que, o Ceará iria exercer seu direito de preferência, para "emprestar o jogador ao SPFC" em troca do empréstimos de alguns atletas do Soberano.

Se Osvaldo vier, o que acredito, será uma excelente contratação.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 02:40
comente (5 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, segundo repórteres do jornal o lance Paulo Miranda acertou com o Soberano, resolvendo uma pendência "bur(r)ocrática".

Leiam a matéria:

 

"São Paulo acerta última pendência para anunciar Paulo Miranda
Reunião nesta terça-feira definiu contratação do zagueiro, ex-Bahia

    
Alexandre Lozetti e Marcio Porto
Publicada em 20/12/2011 às 17:32
São Paulo (SP)

O São Paulo deve anunciar oficialmente seu pacotão de reforços para 2012 nesta quarta-feira. E, entre eles, estará o nome do zagueiro Paulo Miranda. A contratação está bem encaminhada desde a parte final do Campeonato Brasileiro, mas só foi resolvida nesta terça-feira.

- Teve um jogador que havia um problema em uma cláusula de liberação para definirmos a situação. Isso já foi equacionado e agora poderemos anunciar - explicou João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente de futebol do Tricolor, logo após o anúncio da cobertura do Morumbi.

O defensor, que estava no Bahia, chegará com um contrato de três anos. Ele tem 23 anos e já teve uma passagem sem brilho pelo rival Palmeiras.

Além dele, o volante Fabrício, o zagueiro Edson Silva, o meia Maicon e o lateral-esquerdo Cortês também devem ser oficializados. Os três primeiros já realizaram exames médicos e assinaram contrato. O último fará esses procedimentos na manhã desta quarta-feira."

 

É um bom jogador, mas gostaria de ver Bruno Uvini atuando mais no Tricolor.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos

postado por Aurelio Mendes às 08:13
comente (1 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, esse post tem um objetivo diverso do que normalmente posto, pois sábado foi o casamento do nosso Goleiro Dênis, festa que tive a honra de presenciar.

Vida nova ao amigo Dênis, que nessa nova etapa da vida, tenha o caminho iluminado e que tenha grandes alegrias em seu casamento.

Que continue sendo a pessoa que é, humilde, trabalhador, dedicado e alegre,

É certeza de que ao lado de sua esposa, Carol, irão construir uma família sólida, repleta de paz e saúde.

Abraços ao casal.

 

Amigo Dênis na tarde de seu casamento

 

Dênis na festa de seu casamento

 

Bruno Uvini, "brother" antes de tudo. Simpatia em pessoa

 

Lucas, simpatia personificada.

 

 

Lucas, Richarlyson and me. E a fotógrafa que tremeu na base quando viu três craques.
Opa. Tá bom. Dois craques, eu e o Lucas. kkkkkk (bricandeira Richarlyson)
Tá bom, só o Lucas. rsrsrsrssrs

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 03:19
comente (2 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, segundo Roberto Tiburcio o SPFC já teria fechado tudo com o Montillo, que teria dito que se o Cruzeiro quiser mantê-lo terá que pagar muito.

Estando correta essa informação, provavelmente Montillo jogará pelo clube do Morumbi, pois a proposta Tricolor foi excelente e, dificilmente. a Rapoza irá recusar, a menos que tenham propostas obscuras melhores. 

 

Agora passo a acreditar na negociação.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

#MWT: Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"
 

postado por Aurelio Mendes às 01:12
comente (1 /)

Sem tantas chances como queria, Rivaldo agradece torcida são-paulina
São Paulo (SP)

O São Paulo lançou através de seu site oficial e suas redes sociais a mensagem "Obrigado Rival10!" e a última entrevista do meia ainda como atleta do clube. Embora lamente a falta de títulos e até de tantas oportunidades como gostaria para mostrar seu futebol, o melhor jogador do mundo de 1999 sai com o carinho da torcida como trunfo neste ano no Tricolor.

"Um abraço para todos da torcida tricolor que me apoiou em todo o ano, me incentivando para eu jogar. Não tive muitas e muitas oportunidades como a torcida e eu queríamos", falou o atleta que, mesmo poucas vezes escalado como titular, exalta que ficou em quinto na artilharia da equipe no Brasileiro - marcou cinco gols, atrás de Lucas, com nove, Dagoberto, com oito, e Cícero e Luis Fabiano, com seis.

"A tristeza é não ter conseguido título, que era o meu objetivo no São Paulo. Em todos os clubes por que passei, tive a felicidade de conseguir um. Mas sou uma pessoa feliz por ter passado por um clube vitorioso. Foi um ano muito importante", celebrou o veterano, que procura uma equipe para encerrar sua carreira no final de 2012.
Embora admita a frustração por não ter mostrado tudo o que queria com a camisa 10 do Tricolor, Rivaldo até ganhou um quadro personalizado da diretoria e chega a agradecer Rogério Ceni por tê-lo chamado para o clube em janeiro. "Sou uma pessoa feliz. Uma coisa muito boa que aconteceu na minha vida foi ser contratado pelo São Paulo, ter aceitado o convite do Rogério", comentou.

"O São Paulo agora faz parte da minha história, da minha vida. Com 38 anos, ir para um clube vitorioso como é o São Paulo, campeão mundial, com uma torcida enorme... Sou muito feliz, muito grato a Deus por ter aparecido essa oportunidade. O importante é que o São Paulo ficou agora memorizado no meu coração", encerrou o atleta que fará 40 anos em abril.

 

Obrigado Rival10

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:17
comente (1 /)

Andrés aguarda resposta por Montillo e insinua que São Paulo quis "tumultuar"
Helder Júnior São Paulo (SP)

Andrés Sanchez não conseguiu concretizar a contratação do meia Montillo antes de deixar a presidência do Corinthians (está de licença a partir desta quinta-feira). À espera de uma resposta do Cruzeiro para a oferta que formalizou, o clube paulistano precisa superar a concorrência pelo meia argentino - o rival São Paulo era um dos interessados.

"Tudo depende do Cruzeiro", afirmou Andrés, antes de ficar emburrado ao ouvir sobre a procura do São Paulo por Montillo. "Existem propostas que são para aumentar o preço ou tumultuar. O Cruzeiro deve ter recebido algumas e vai escolher a melhor", concluiu.

Segundo a diretoria do Cruzeiro, o São Paulo realmente apresentou uma oferta por Montilo - seria de cerca de € 6 milhões (R$ 14,5 milhões), além da escolha de três atletas do seu elenco. O Corinthians estaria disposto a gastar até € 8 milhões (R$ 19,4 milhões), sem envolver jogadores na transação. O clube mineiro, por sua vez, quer receber pelo menos € 15 milhões (R$ 36,4 milhões) e prioriza as negociações com estrangeiros.

 Não foi sem motivo que Sanchez citou uma suposta vontade do São Paulo de "tumultuar". O presidente corintiano alimentou uma birra pessoal com o rival durante todo o seu mandato. Ele próprio já atrapalhou a diretoria adversária ao insinuar que o Tricolor gostaria de contar com o técnico Dorival Júnior, então santista, e com o meia Romarinho, do Bragantino, além de apontar Santos e Internacional como interessados no atacante Dagoberto.

Sobre Montillo, Andrés Sanchez prefere não criar tantas expectativas nos corintianos. "Estamos em stand by. Vamos aguardar mais uns dias. Já conversamos e vamos ver o que acontece. Não dá para ter convicção de nada", desconversou, compreendendo a resistência do Cruzeiro em negociar o argentino. "Se eu fosse o presidente deles, também dificultaria o máximo possível. Isso faz parte do processo. O Montillo é um grande jogador."



    A reportagem não mencionou o fato de que Andres mentiu em todas suas informações, ele sim, quis tumultuar o Soberano.

 

    E o presidente rival precisa de um calendário, já que o Soberano mostrou interesse no jogador muito antes do "small club"
 

postado por Aurelio Mendes às 09:12
comente (0 /)

Blog do Perrone:

"Palmeiras atravessa caminho do São Paulo e sonha com Nilmar

De acordo com dois interlocutores do agente de Nilmar, Orlando da Hora, o Palmeiras está na briga pelo atacante. Mesmo sabendo das dificuldades, o clube alviverde já conversou com o empresário sobre valores e manifestou o desejo de envolver um atleta na negociação.

O nome do palmeirense a ser oferecido ao Villareal é mantido em sigilo. O São Paulo tem tentado convencer o clube espanhol a aceitar jogadores e dinheiro em troca da liberação, mas não conseguiu. Uma das propostas envolveu Casemiro e mais cerca de 10 milhões de euros.

Recentemente, a equipe espanhola recusou 20 milhões de euros da Roma pelo brasileiro.

Seja para São Paulo ou Palmeiras, o que pode mudar a situação é Nilmar ter uma conversa direta com sua equipe e deixar clara a vontade de retornar ao Brasil".

 

Pitacos: Só falta perdermos uma contratação para o porco. Estamos perdendo clássicos dentro de campo, vamos perder fora também????

Espero que não. Vamos JJ acordar?

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos

postado por Aurelio Mendes às 15:31
comente (0 /)

Aurélio Miguel: Juíza julga Itaquerão e distorce a realidade

 Questão da cessão irregular do terreno do estádio, causa da ação, sequer foi apreciada

A ação popular proposta pelo vereador Aurélio Miguel não foi aceita pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, conforme decisão da juíza Maria Fernanda de Toledo Rodovalho da 12ª Vara da Fazenda Pública. Entre outras considerações, ela reduz o assunto a mera questão clubística e confunde patrimônio público com patrimônio privado. “Vou estudar a decisão da Juíza, avaliar o texto publicado juntamente com meus advogados e escolher um caminho. A princípio considero uma sentença parcial e que não leva em consideração uma série de objeções apresentadas no meu pedido de Ação Popular”, disse o vereador Aurélio Miguel.

Aurélio Miguel faz questão de manifestar o seu absoluto respeito pelo Poder Judiciário mas considera que, em certos aspectos, as decisões relativas à sua Ação Popular não são revestidas de Justiça. O argumento base da sentença não acolheu os processos como também não apreciou o mérito. “Constitui-se no não cabimento de ação popular contra lei, posto esta, segundo a Juíza, não ser um “ato” administrativo. O que seria então?”, ressalva o advogado Antonio Salim Curiati Junior, da equipe do vereador Aurélio Miguel.

Para Curiati, este entendimento é frontalmente contrário a recente decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, nos autos do Agravo de Instrumento 0214757-35.2011.8.26.0000, que manteve decisão de concessão liminar para sustar a Lei que autorizaria a alienação do chamado quarteirão do Itaim. “Ademais a sentença é extremamente omissa porquanto sequer faz menção, em fundamento e decisão, sobre a cessão da área da concessão do estádio, reiteradamente objeto de constatação de ilegalidades pelo Ministério Público e pela Câmara Municipal de São Paulo, exposto em diversas páginas da petição inicial”, avaliou o advogado.

A confusão entre patrimônio público e privado e outras infelizes colocações como, por exemplo, se as ilegalidades patentes e constatadas pelo Ministério Público e Câmara Municipal, devidamente documentadas, fossem meras divergências futebolísticas, também norteiam pela infelicidade da decisão, conforme afirmou Aurélio Miguel. Nesta esteia a argumentação de que o Brasil, como país, seria eventualmente multado por descumprimento de determinadas condições, além de estranho ao processo, “é inverídica e parcial, porquanto o Brasil não tem contrato com a FIFA, e sim a CBF, Ricardo Teixeira e companhia”, segundo avaliação de Curiati Júnior que prossegue em sua análise: “Elaborar uma ilicitude sob esta falsidade, mesmo se fosse verdadeira, onde um ato ilícito fosse respaldado pela Justiça para evitar as consequências da mentira, seria o mesmo que admitir a morte de um banqueiro para não saldar eventual dívida, tudo em nome da soberania nacional”.

É bastante interessante o fato de o nome da Construtora Odebrecht, principal beneficiária das ilegalidades perpetradas, sequer ser citado na decisão. Ao contrário, a Sra. Juíza coloca a construção do estádio como obrigação do Poder Público, uma prioridade, segundo ela, ao lado de estradas e aeroportos, considerando como uma questão de soberania nacional.

Outro dado peculiar e que é importante lembrar é que o Réu na ação, Gilberto Kassab, não foi citado no processo ou instado a falar sobre os argumentos e documentos apresentados. Mera armadilha que só engana aos mais desatentos. “Em eventual recurso de apelação, a ser julgado em 3 ou 4 anos, admitindo-se que o Tribunal de Justiça de SP dê provimento ao mesmo e reforme a sentença condenando o Réu, este, com tranqüilidade, anularia tal decisão por cerceamento de defesa, já que não teve a oportunidade fornecida pela Douta Juíza de primeiro grau. Ou seja, depois de 8 ou 10 anos, este processo retornaria a primeira instância para contestação”, detalhou Curiati.

“Vamos analisar a situação após essa decisão judicial e tomar as decisões que sejam necessárias. Sou legalista. Não posso aceitar que o fim justifique os meios”, finalizou Aurélio Miguel.

 

Gabinete do Vereador Aurélio Miguel
Assessoria de Imprensa
 
 
Pitacos:
 
Não há como negar que no Itaquerão há uma série de irregularidades. Se o que Aurélio Miguel cita no texto de que a magistrada afirmou ser dever do Estado construir o estádio, arrisco afirmar, com a devida vênia, que a juíza equivocou-se, vez em que o estádio será particular, ou seja, investimento de dinheiro público em bem privado não pode jamais ser dever do Estado, a menos que tenha um fim social muito relevante por detrás, o que não é o caso.
Vai saber, às vezes outras pessoas agiramcom cunho clubístico.
 
Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos

 

postado por Aurelio Mendes às 10:49
comente (0 /)

Zagueiro Roger é procurado pelo São Paulo
Jogador fica sem contrato com o Figueirense, mas tem proposta da Europa. Se não for para o exterior, Tricolor pode contratá-lo

  


Gabriel Saraceni
Publicada em 14/12/2011 às 07:43
São Paulo (SP)

O São Paulo tem interesse e procurou o zagueiro Roger Carvalho, de 25 anos, que ganhou destaque após boa participação do Figueirense no Brasileirão. O coordenador Milton Cruz foi quem sondou a situação do defensor e ouviu que, por enquanto, o Tricolor vai ter de esperar. Isso porque, Roger tem proposta da Europa. Se não for vendido, o Sampa tem prioridade, apesar de sondagem do Inter.

Roger foi observado durante o Nacional e agradou comissão técnica e diretoria. Como seu contrato está por vencer com o Figueirense no fim do ano, ele fica livre para negociar seu destino. Ao Tricolor, restaria acertar salário e luvas. A reportagem do LANCENET! falou com o jogador, que está de férias em Caldas Novas, interior de Goiás:

– Meu empresário ainda não me passou nada. Só disse que está trabalhando algumas coisas e depois vai me passar. Vou esperar me ligar e então vamos definir qual clube.

Questionado sobre defender o Tricolor, Roger foi ponderado e preferiu esperar algo mais concreto.

A defesa é um dos setores que a diretoria busca reforçar. Isso porque, pode perder Rhodolfo para Juventus (ITA). Além dele, Xandão e João Filipe não são de todo agrado de Leão. Luiz Eduardo e Bruno Uvini são jovens e ficam como opção.

Quando contratou Rhodolfo, no início deste ano, o São Paulo viveu situação semelhante. O defensor, que estava no Atlético-PR, tinha propostas da Europa. Como não fechou, acertou por quatro anos com o Tricolor após um grupo de investidores adquirir 50% dos direitos econômicos e repassá-lo. O Furação segue com a outra metade.

Outro zagueiro na mira é Paulo Miranda. Com o ex-jogador do Bahia a situação está avançada. Nesta quinta-feira seu agente vai se reunir com a diretoria do Sampa para definir a situação – contrato será de três anos. Breno, do Bayern de Munique, é outra opção, mas precisa se acertar com a Justiça alemã.

Roger seria um baita reforço, é um jogador promissor.

 

Talvez teremos em breve,o retorno da Muralha Soberana.

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos

 

postado por Aurelio Mendes às 08:07
comente (0 /)

Olá caros amigos, essa semana alguns rivais questionaram a história do Soberano, sendo assim, nada melhor do que dar o troco (payback), não é???

 

 

 

 

No (Libertadores) American History - A outra história corinthiana

 

Bom como bom estudioso do futebol que sou, irei tecer algumas linhas sobre a (sem) hstória do small club chicken poor.

Instituição fundada em 1910 e que até hoje não conseguiu ganhar uma disputa internacional, a exceção do campeonato de futebol de praia, denominado por Roberto Carlos de “Mundialito”.

O small club tem seu estádio o Parkinson Jorge, nome dado em homenagem à tremedeira do time na Copa Libertadores da América e a São Jorge.

Porém em 1.984 o corinthians inaugurou seu estádio principal, tanto que quem passar pelo local ainda hoje pode-se ver a “pedra fundamental”, ainda está lá intocável. Posso jurar-lhes (com os dedos cruzados óbvio)

Em 2.002 o small club demonstrou cristalinamente sua maior vocação, a vitória roubada. Foi assim na final da Copa do Brasil daquele ano, que fora disputada contra o Todo Poderoso Brasiliense. Ali, o small club demonstrou que roubar de time grande não é nada, é fácil. O importante é provar que pode-se roubar de time pequeno, quem mais teria coragem de fazer isso?

Com essa coragem extrema do small club, surgiu a sua torcida mais importante a Camisa 12, que na verdade retrata o 12° homem corinthiano em campo, o juiz. Ressalta-se que esse time é o único em todo planeta terra com autorização “Fifal” para entrar em campo com 12 jogadores, 1 goleiro, 10 homens de linha e 1 juiz.

Tal “qualidade” dessa equipe tornou-se marca registrada, tanto que hoje encontra-se registrado em cartório o uso exclusivo do small club do termo “Apito Amigo”, ou seja, time nenhum pode usar esse termo sob pena de responsabilidade por perdas e danos (i)morais.

No quase distante ano de 2.004 a escola de samba da principal torcida organizada do small club, prestou uma homenagem irretorquível aos seus membros e a todos os corinthianos, fazendo o carro alegórico mais real já visto no Anhembi, tanto que o boneco que enfeitava o carro, praticou furto do relógio da avenida, concretizando o ditado: “A arte imita a vida” ou é o contrário sei lá, mas no caso foi uma bela demonstração de que com empenho qualquer coisa beira à realidade.

Nesse mesmo ano nasce a parceria SmallClub e MSI, que se findou pelo fato de que os representantes da MSI terem entendido que a “boa imagem” da MSI corria perigo de sofrer danos irreversíveis se continuassem aliados ao small club.

Parceria essa que gerou um grande grau de amizade entre Andrés e Kia. Sendo que depois, Andrés falou mal da MSI, depois falou bem, falou mal, bem, no fim sempre quando possível janta com Kia.

Em 2.005 vários árbitros tentaram vestir a almejada camisa 12 do small club, o que culminou com o episódio denominado “máfia do apito” que tirou o título do Internacional, para levá-lo para o Parkinson Jorge.

O small club caiu para a segunda divisão em 2.008, lugar onde time grande jamais entrou em campo. Esse foi mais um capítulo na (sem) história desse clube.

No dia 06 de maio de 2.010 o small club ganhou um programa próprio na TV Bandeirantes, o Polícia 24 horas, onde é possível ver a polícia apostando corrida com os torcedores atléticos do small clube, que sempre saem na frente dos policiais na aposta de corrida. Como fazíamos quando pequenos com os “café com leite”.

A fama de “ladrão” ficou tão ligada ao small club que seus jogadores começaram a tentar praticar essa conduta, fora das quatro linhas, inclusive um dos seus jogadores e “cambalhotista” nato tentou furtar para si o “mérito” da alcunha “bambi”  destinado aos São Paulinos (http://blogs.spfc.net/amon78/5163)

Porém, o que ficou mais patente nessa história é que os corinthianos não entenderam o desenho, pois ligam o termo Bambi à opção sexual da homossexualidade, mas ressalto que o Bambi fica com a Bambi no final, e o gambá denominado Flor é o sujeito afeminado da história (Bem lembrado pela amiga @Lidi__ ). Mas esse é tema para outro texto.

Ademais, sabe-se concretamente que quem tem uma queda por essa opção sexual são os membros e torcedores do small club, como exemplos podemos citar os casos do Ronaldo e do Homem-Picanha, ambos exaustivamente televisionados.

Recentemente os membros do small club foram alcunhados de “mobral inconcluso”, o que pode ser facilmente constatado pela incapacidade deles de entender o regulamento da FPF do campeonato de 1.990, já que insistem em dizer que o Soberano foi para a segunda divisão do ano seguinte.

Outra prova inequívoca é a incapacidade deles mencionar o outro nome pelo qual são conhecidos: curintianos, curintia, curintias, etc....

Sabe-se que esse clube, tem a extrema capacidade de jogar videogame, tanto que fazem o impossível na frente de um console, inclusive ganham a Libertadores.

Recentemente um canal de televisão deu ao clube a alcunha de small club,valorizando ainda mais a condição real do time no país.

E o pior, na mais recente Libertadores da América, esse time conseguiu ser tolimado na Pré- Libertadores, perdendo para o todo poderoso Tolima.

Mas nem tudo é uma beleza, pois seus torcedores são tão legais, que chegam a comemorar e cantarolar ofensas contra si mesmos, tais como: “Somos um bando de loucos”, “Curintiano maloqueiro e sofredor” e ainda agradecem à Deus por terem a possibilidade de se auto-ofenderem: “Curintiano, maloqueiro e sofredor, Graças a Deus”.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 22:28
comente (1 /)

Notícia do Blog do Paulinho:

"Justiça manda retirar Juvenal Juvêncio da presidência do São Paulo

Agravo de Instrumento impetrado pela oposição do Tricolor, solicitando que seja cumprida imediatamente a decisão do STF, que julgou ilegal a eleição de Juvenal Juvêncio, foi deferido pelo TJSP.

“Aviso: Cumpra-se a Decisão do STF. Ciência das principais peças do agravo juntadas aos autos” é um dos trechos do despacho.

Na prática, se nenhuma outra manobra dos advogados do clube for aceita, assim que a notificação chegar ao Morumbi, Juvenal terá que desocupar sua cadeira.

Resta saber que rumos serão tomados pelo Tricolor após o fato consumado.

Novas eleições ?

Posse do segundo colocado no pleito anterior ?

Eis a questão.

E, principalmente, se o fato será realmente concretizado, levando-se em consideração que os advogados do clube têm conseguido tirar vários coelhos da cartola para manter o atual mandatário, irregularmente, na presidência.

Não causaria nenhum espanto, fora a imoralidade evidente do ato, que conseguissem burlar a legalidade novamente."

 

A situação jurídica do caso pode ser mais complexa do que parece, pois pode ainda caber instrumentos processuais no STF, a menos que o prazo tenha se esgotado.

Entretanto, como a oposição interpôs Agravo de Instrumento no TJSP, não tenho dúvidas de que a situação irá recorrer dessa decisão, depois terá recurso do recurso....

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

MWT: Para votarem nesse colunista, acessem o link http://www.spfcdigital.com.br/mwt/ e escrevam "Aurelio Mendes" para colunista homem.

 

#SaoPauloFC76anos

postado por Aurelio Mendes às 10:32
comente (1 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos estão acompanhando o SPFC quer tentar atravessar a negociação entre representantes do Montillo e o "Small Club".

O Tricolor ofereceu a quantia de 6 milhões de euros, mais Carlinhos Paraíba, Jean e Henrique, proposta essa que agradou o clube mineiro, que ficaria com o valor monetário, e os investidores (entre eles o banco BMG), que ficariam com os jogadores.

Para ser sincero, entendo que Montillo não vale tanto, Henrique foi eleito o melhor jogador da seleção sub-20 no mundial de seleções, e tem mercado na europa.

Mas vamos esperar para ver.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos
 

postado por Aurelio Mendes às 02:34
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já sabem, Cicinho quer retornar ao Brasil e sua primeira opção é o Soberano.

Tanto que o atleta postou hoje no seu Facebook:

"Sem querer criticar os corinthianos ,Mais Desculpa! Não me vejo com A Camisa do Corinthians!!
Meu desejo todos sabem que é o são paulo! na capital só jogaria no São Paulo e é Isso que eu quero@!"

E

"Estou Pensando a Cogitar em Voltar!
Aguarde Proximos Capitulos! rsrrsrsrss"

 

Ambas declarações podem ser vistas no facebook do atleta:

(https://www.facebook.com/groups/Soberanos/#!/C2ROMA?sk=wall)

 

Eu sinceramente, entendo que Cicinho não é mais o mesmo, mas um excelente jogador, para TENTAR a titularidade, ainda mais com a falta de laterais que existe no país há anos.

E o melhor de tudo, desprezou o rival da Marginal sem número.

Como o atleta quer jogar no Morumbi, creio que facilitaria a transação.

Se pudesse aconselhar JJ diria: "Demorô"...

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Acessem: http://www.spfcdigital.com.br/mwt

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos

postado por Aurelio Mendes às 02:20
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como disse em outrora já publiquei a parte desse post que trata do Seedorf, porém como sumiu a postagem, não sei por qual razão, irei repostá-la com o acréscimo do caso Kaká.

Seedorf:

 

Muito estão se falando sobre Seedorf, a situação é a seguinte:

 

O SPFC quase contratou o jogador na temporada 2011, ainda que muitos tenham dito que o jogador iria para o Corinthians, o SPFC atravessou a negociação e só não o trouxe para o Morumbi em virtude da renovação do contrato com o Milan.

Entretanto, Seedorf  não vem sendo titular absoluto com o técnico Massimiliano Allegri, o que lhe dá um certo desconforto.

Somado à isso, está a vontade do jogador em vir para o Brasil jogar futebol em terra tupiniquins, pois foi-lhe muito bem recomendado, contando também que sua esposa é Brazuca.

O "small club" já declarou que Seedorf não veste mais a camisa deles.

Assim, há chances do jogador vir para o SPFC, porém por não ser prioridade, o caso não está sendo tratado como tal. Montillo era uma das prioridades.

Se Seedorf vier, será somente após Abril de 2012.

Vamos ver o desfecho do caso em breve.

 

Kaká:

 

O SPFC está tendo sérias dificuldades de trazer um meia, Montillo que era uma das prioridades, já aceitou - segundo o Lance- as condições do "small club" faltando apenas o aval do Cruzeiro.

Assim, o SPFC procura outros nomes de peso, eis que surge o nome de Kaká. Que, apesar de estar recuperando a sua forma, está jogando bem.

A negociação envolviria altos valores, e o SPFC parece estar disposto a pagar. Pois essa contratação ofuscaria a contratação rival, além de que Kaká tem grande identificação com o Soberano.

Sabe-se que Kaká sempre manifestou o desejo de voltar, inclusive citando Raí, seu ídolo. Essa pode ser a hora, não sei se a melhor, mas pode ser.

Por qual razão entendo que poderia não ser a melhor hora?

Pela fase instável do SPFC, que poderá refletir no jogador.

Vamos esperar para ver o que ocorre, por enquanto Milton Neves aposta nessa contratação.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

MWT, para votarem nesse colunista, basta digitar "Aurelio Mendes"

#SaoPauloFC76anos

postado por Aurelio Mendes às 08:52
comente (18 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, peço desculpas para vocês, porém irei republicar dois textos, pois sumiram alguns posts do blog. Eu não sei o motivo nem o que ocorreu, mas como tenho tudo salvo, irei republicar dois deles com alguns acréscimos. Boa leitura.

 

Como todos devem saber, muitos rivais falam que o Soberano fora rebaixado no campeonato Paulista de 1990. Com o título do "small club" esse tema voltou a tona, e assim quero esclarecer que o Soberano jamais fora rebaixado. Abaixo seguem alguns textos que me dão apoio nessa afirmação.

 

Michael Serra no blog: http://spfcpedia.blogspot.com/2007/12/rebaixamento-no-viaja.html (estudo mais completo sobre o assunto):

 

"

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Rebaixamento? Não viaja.

Preâmbulo

Desde o campeonato paulista de 1987, no qual Bandeirante e Ponte Preta foram rebaixados, esta competição vinha se inchando. Sempre tendo dois times promovidos ao escalão principal, e nenhum caindo à Segunda Divisão, então chamada Divisão Especial. Assim, em 1987 subiram União São João e São José, no lugar dos dois citados anteriormente.

Em 1988, Bragantino e Catanduvense conquistaram o acesso para a Primeira Divisão de 1989. Ninguém caiu. Em 1989 ocorre o mesmo, Ituano e Ponte Preta venceram a Divisão Especial e em 1990 participaram da elite. Como dito, ninguém caiu.



Regulamento de 1990

Eis então 1990. Antes de qualquer coisa, vejam uma cópia do regulamento do campeonato:


O parágrafo citado diz exatamente o que vinha ocorrendo já alguns anos. O campeonato havia se inflado de 20 para 24 clubes, e assim foi disputado sempre em grupos. NÃO HAVIA REBAIXAMENTO.



Revista Placar

Atenção a este trecho da Revista Placar, de 26 de janeiro de 1990, edição 1024 - anterior ao campeonato:


A formula de disputa já era idêntica a do ano seguinte, 1991, em um ponto - separada em grupo dos mais fortes, e grupo dos mais fracos, mas ambos com chances de disputar o título. Na competição de 1991 é a qual pseudo-jornalistas vomitam lixo ao falar que houve virada de mesa ou favorecimento ao São Paulo.

A idéia do regulamento é de fato esdrúxula, mas foi cumprida com afinco. Pensavam em atender a gregos e troianos: a gregos fazendo a elite jogar menos e só entre os grandes, e a troianos dando participação a pequenos, que poderiam se matar entre si e ainda abocanhar algo na fase final.

Acontece que em 1990 o Tricolor foi, de fato, muito mal das pernas, não se classificando para fase decisiva. E, em suma, na classificação final seria enquadrado no ano seguinte no grupo dos times mais fracos. O que se pode dizer é que, os grupos não eram definidos por sorteio, mas por critérios técnicos.

MAS NEM POR ISSO SE PODE DIZER QUE HOUVE REBAIXAMENTO, pois não houve - os times da Segunda Divisão (Divisão Especial) continuaram longe da Primeira e os da Primeira, longe dos da Segunda, exceto os promovidos supracitados.

Por isso que, exatamente ao fim da participação do São Paulo no certame, não se viu linha ou palavra alguma sobre "rebaixamento" da Revista Placar, sobre esse campeonato de 1990. Afinal, como sabemos, ela leu o regulamento:



Imagem de Abdul.

Tampouco houve virada de mesa.



"A Lei da Inércia Futebolística"

Assim foi nomeada pela revista PLACAR, já citada, a decisão de não haver rebaixamento para o campeonato paulista de 1990, como vemos abaixo:




Imagens por Renato Oliveira (Originais sem marca texto: 1 e 2)

Eduardo Farah, ainda desta vez pariu uma competição sem descenso.
Assim, aproveitando a extinção do descenso, nove clubes, entre eles o próprio Juventus, adotaram a lei da inércia futebolística e resolveram "deixar tudo como está para ver como é que fica". Ou seja, nada de loucuras nas contratações.

O técnico Nelsinho Baptista, então do Novorizontino, diz na mesma reportagem:

"Como não tem rebaixamento, os times pequenos podem se dar a esse luxo".

Referindo-se ao fato de um time pequeno jogar ofensivamente.

Mais abaixo, em uma imagem do site da Federação Paulista, se mostra que Campeonato de 1991 já havia sido moldado em certos aspectos - A composição dos grupos. Todavia, em 1991 haveria, depois de um bom tempo, sim rebaixamento (E o rebaixado foi o São Bento, substituído pelo Araçatuba). E como já mostramos também, o confronto entre os grupos já ocorria mesmo em 1990. Na verdade, o confronto entre os grupos vem mesmo de antes:
 

Anos Anteriores

Em 1988 o campeonato foi disputado em dois grupos, de 10 clubes cada, classificando-se 4 à fase final. Nenhum time foi rebaixado.

Em 1989 o campeonato foi disputado em dois grupos, de 11 clubes cada, sendo que os grandes ficaram concentrados em um só grupo, o 2, e nem por isso os clubes do grupo 1 foram considerados rebaixados. Classificaram-se para a segunda fase 8 clubes do grupo 2, dos grandes, e 4 do grupo 1, dos menores - porque a classificação foi por pontos, não importando a posição. Nenhum time foi rebaixado.

Em 1990 o campeonato foi disputado em dois grupos, de 12 clubes cada, sendo que os grandes também ficaram concentrados em um só grupo, o 1, e nem por isso os clubes do grupo 2 foram considerados rebaixados. Classificaram-se para a segunda fase 7 clubes do grupo 1, dos grandes, e 4 do grupo 2, dos menores - porque a classificação foi por pontos, não importando a posição. Nenhum time foi rebaixado.

Como vêem, de 1988 à 1991, aliás, 1993, os regulamentos, ainda que absurdos, são MUITO semelhantes.

Clubes e Divisões em 1990 e 1991

Lista de Participantes do Campeonato Paulista da Divisão Especial (como era chamada a segunda divisão) em 1990 - portanto, a divisão imediatamente inferior a que o SPFC disputava nesse ano, e para onde, porventura, teria que ir caso realmente fosse rebaixado:

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA CENTRAL BRASILEIRA DE COTIA
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA FRANCANA DE FRANCA
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA VOTUPORANGUENSE DE VOTUPORANGA
ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA ARAÇATUBA DE ARAÇATUBA
BANDEIRANTE ESPORTE CLUBE DE BIRIGUI
CAPIVARIANO FUTEBOL CLUBE DE CAPIVARI
CLUBE ATLÉTICO LENÇOENSE DE LENÇÓIS PAULISTA
CLUBE ATLÉTICO LINENSE DE LINS
CLUBE ATLÉTICO TAQUARITINGA DE TAQUARITINGA
COMERCIAL FUTEBOL CLUBE DE RIBEIRÃO PRETO
ESPORTE CLUBE LEMENSE DE LEME
ESPORTE CLUBE TAUBATÉ DE TAUBATÉ
FERNANDÓPOLIS FUTEBOL CLUBE DE FERNANDÓPOLIS
GREMIO ESPORTIVO SÃOCARLENSE DE SÃO CARLOS
INDEPENDENTE FUTEBOL CLUBE DE LIMEIRA
MARÍLIA ATLÉTICO CLUBE DE MARÍLIA
MIRASSOL FUTEBOL CLUBE DE MIRASSOL
NACIONAL ATLÉTICO CLUBE DE SÃO PAULO
OLÍMPIA FUTEBOL CLUBE DE OLÍMPIA
PAULISTA FUTEBOL CLUBE DE JUNDIAÍ
RIO BRANCO ESPORTE CLUBE DE AMERICANA
RIO PRETO ESPORTE CLUBE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
SAAD ESPORTE CLUBE DE ÁGUAS DE LINDÓIA
SERTÃOZINHO FUTEBOL CLUBE DE SERTÃOZINHO
TANABI ESPORTE CLUBE DE TANABI
UNIÃO FUTEBOL CLUBE DE MOGI DAS CRUZES

fonte: Almanaque do Futebol Paulista e RSSSF.

Foram promovidos para a 1ª em 1991 os que estão em negrito.

Caso o São Paulo fosse rebaixado, teria que jogar contra todos os outros 20 clubes da segundona de 90. Mas não, só jogou em 1991 com os 4 promovidos a primeira divisao.

Ou, teriam caido para terceira divisao 20 times? Tal o absurdo de terem caído também 10 times da primeira para a segunda?

Vejam a lista de participantes da segundona de 1991:


ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA CENTRAL BRASILEIRA DE COTIA
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA FRANCANA DE FRANCA
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PORTUGUESA DE SANTOS
ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA VOTUPORANGUENSE DE VOTUPORANGA
ASSOCIAÇÃO ESPORTIVA ARAÇATUBA DE ARAÇATUBA
BANDEIRANTE ESPORTE CLUBE DE BIRIGUI
BARRETOS ESPORTE CLUBE DE BARRETOS
CAPIVARIANO FUTEBOL CLUBE DE CAPIVARI
CLUBE ATLÉTICO JALESENSE DE JALES
CLUBE ATLÉTICO LENÇOENSE DE LENÇÓIS PAULISTA
CLUBE ATLÉTICO TAQUARITINGA DE TAQUARITINGA
COMERCIAL FUTEBOL CLUBE DE RIBEIRÃO PRETO
ESPORTE CLUBE LEMENSE DE LEME
ESPORTE CLUBE TAUBATÉ DE TAUBATÉ
FERNANDÓPOLIS FUTEBOL CLUBE DE FERNANDÓPOLIS
INDEPENDENTE FUTEBOL CLUBE DE LIMEIRA
JABOTICABAL ATLÉTICO DE JABOTICABAL
MIRASSOL FUTEBOL CLUBE DE MIRASSOL
NACIONAL ATLÉTICO CLUBE DE SÃO PAULO
PALMEIRAS FUTEBOL CLUBE DE SÃO JOÃO DA BOA VISTA
PAULISTA FUTEBOL CLUBE DE JUNDIAÍ
RADIUM FUTEBOL CLUBE DE MOCOCA
RIO PRETO ESPORTE CLUBE DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
SERTÃOZINHO FUTEBOL CLUBE DE SERTÃOZINHO
SOCIEDADE ESPORTIVA MATONENSE DE MATÃO
TANABI ESPORTE CLUBE DE TANABI
UNIÃO AGRÍCOLA BARBARENSE FUTEBOL CLUBE DE SANTA BÁRBARA D'OESTE
UNIÃO FUTEBOL CLUBE DE MOGI DAS CRUZES

fontes: as mesmas.

Por fim, deixo os links e os vídeos de jornalistas que dizem o mesmo (e que não fazem meramente sensacionalismo de massa para acalentar o choro de certos torcedores rivais acostumados a segunda divisão):



Paulo Vinícius Coelho (palmeirense)
no programa da ESPN Brasil, Loucos por Futebol

 


E também em sua coluna na ESPN, 26/01/2009:

Por mais que o assunto esteja encerrado, com o pedido de desculpas da Federação Paulista, a polêmica em torno do suposto rebaixamento do São Paulo obriga a publicação desta nota. O São Paulo não caiu no Campeonato Paulista de 1990, porque o regulamento daquele Paulistão deixava claro que não havia rebaixamento.

O texto fala em Divisão Especial, porque o regulamento explica que o campeonato da Primeira Divisão de 1991 será dividido em dois grupos. Um formado pelos 14 melhores do Campeonato de 1990 e outro pelos 10 piores e pelos quatro promovidos para 1991. Ser rebaixado significa cair de divisão.

O regulamento não fala, mas a memória de quem morava em São Paulo, como é o caso deste jornalista, se lembra. Quando o torneio de 1990 começou, as entrevistas dos dirigentes da Federação já davam conta de que haveria o cruzamento. É por isso que nenhum dos 10 clubes não classificados para o grupo dos grandes de 1991 reclamou.

Você já imaginou um campeonato que comece com a perspectiva de rebaixar dez clubes? Ninguém vai reclamar?

Ninguém reclamou porque o regulamento era explícito: não haverá descenso.
 

José Renato
no blog do jornalista Victor Ernesto Birner
Blog do Birner, 06/11/2007.

Atendendo aos inúmeros pedidos, encaminho abaixo detalhes sobre os fatos ocorridos durante o Campeonato Paulista de 1990.

Ele foi dividido em 2 grupos:

Grupo 1: Corinthians, Internacional, Bragantino, Novorizontino, Palmeiras, São Paulo, Mogi-Mirim, Santos, Portuguesa, União São João, São José e Guarani.

Grupo 2: Catanduvense, Juventus, Botafogo, XV de Piracicaba, XV de Jaú, América, Noroeste, São Bento, Santo André, Ferroviária, Ituano e Ponte Preta

1) Segundo o regulamento do Campeonato Paulista, durante as duas primeiras fases as equipes se enfrentariam dentro e fora de seus grupos. Sendo que os 12 times com melhor campanha, independentemente do grupo do qual fazia parte, se classificariam, automaticamente, para a Quarta Fase:

O que aconteceu: As equipes classificadas foram o Corinthians, Palmeiras, Bragantino, Santos, Mogi-Mirim, Portuguesa e Novorizontino, pelo Grupo 1 e XV de Piracicaba, XV de Jaú, Ferroviária, Ituano e América, pelo Grupo 2.(Regulamento Cumprido)

2) Conforme o regulamento os campeões de cada grupo se classificariam automaticamente para a Copa do Brasil de 1991.

O que aconteceu: Corinthians e XV de Piracicaba foram os vencedores de seus grupos e se classificaram para a Copa do Brasil de 1991. (Regulamento Cumprido)

3) O regulamento informava que as equipes que não tivessem se posicionado entre as 12 melhores aos longos das duas primeiras fases, deveriam disputar a Terceira fase, uma espécie de repescagem. As equipes seriam divididas em dois grupos de 6.

O que aconteceu: As equipes foram divididas em 2 grupos, o primeiro formado por Botafogo, Internacional, Santo André, São Paulo, Ponte Preta e Noroeste e o outro por Guarani, Catanduvense, São José, Juventus, União São João e São Bento. (Regulamento Cumprido)

4) O regulamente definia que apenas os campeões de cada grupo desta terceira fase, se classificariam para a quarta fase, quando se juntariam aos demais 12 classificados anteriormente, e seriam divididos em 2 grupos de 7.

O que aconteceu: Botafogo e Guarani foram os campeões de seus grupos e se classificaram para a Quarta fase. Nesta fase, as equipes foram divididas em 2 grupos de 7. O primeiro grupo foi formado por Bragantino, Corinthians, Botafogo, Santos, Ituano, Mogi-Mirim e XV de Jaú, o segundo grupo foi constituído por Novorizontino, Palmeiras, Guarani, Portuguesa, América, XV de Piracicaba e Ferroviária. (Regulamento Cumprido)

5) Quanto ao rebaixamento, vamos ao texto original do regulamento oficial do Campeonato Paulista de 1990. Parágrafo 1º do artigo 5º: “Para o Campeonato da Primeira Divisão de Futebol Profissional de 1991, o Grupo I será constituído pelas 14 associações classificadas para disputar a quarta fase do Campeonato de 1990 e o Grupo II será constituído pelas dez associações restantes que não se classificaram para a quarta fase e mais quatro advindas da Divisão Especial de 1990.” Parágrafo 2º - “No campeonato da primeira divisão de futebol profissional de 1990, não haverá descenso à divisão especial de futebol profissional. Mas a partir de 1991, ou a cada ano haverá o descenso de uma associação da Primeira Divisão de Futebol Profissional e o acesso de uma associação da Divisão Especail de Futebol Profissional

O que aconteceu: O Campeonato Paulista de 1991 foi constituídos por 2 grupos de 14 equipes: Grupo I formado pelos 14 classificados para a Quarta Fase do Campeonato de 1990 - Corinthians, Palmeiras, Botafogo, Portuguesa, Guarani, Bragantino, Santos, Ituano, América, Novorizontino, XV de Piracicaba, XV de Jaú, Ferroviária e Mogi-Mirim; Grupo II formando pelas 10 equipes que não se classificaram para a Quarta Fase do Campeonato de 1990: São Paulo, Internacional, Santo André, Noroeste, Catanduvense, Juventus, Ponte Preta, União São João, São José e São Bento, mais 4 equipes originária da Divisão Especial de 1990 que foram: Olímpia, Marília, Sãocarlense e Rio Branco (Regulamento Cumprido)

6) Por fim, voltando a Quarta Fase do Campeonato de 1990, o regulamento previa que os campeões de cada grupo disputariam o título

O que aconteceu: Bragantino e Novorizontino foram campões de seus grupos e decidiram o título em 2 jogos, nos dias 22 e 26 de agosto. O título foi conquistado pelo Bragantino (Regulamento Cumprido)

Também sugiro o link abaixo que mostra o jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, explicando o regulamento do Campeonato Paulista: http://youtube.com/watch?v=g2n8vzxKRPs

E foi assim que a história aconteceu.

O próprio Jornalista Victor Birner:
Blog do Birner, 03/02/2008.

Eu não tocava no assunto por uma razão. Sou são-paulino e os ataques quando elogio o time são constantes. Eu fui aos jogos de 90. Não houve festa, comoção, e outras reações normais quando um gigante cai.

Até uma reportagem da Folha apareceu!

Como discutir sem uma prova?

O José Renato Sátiro Santiago JR, do grupo de estudos literários do futebol, blogou o regulamento num post, mas ele também é são-paulino e no meio dos fanáticos (sabe como é… O ser humano radical acha que todos raciocinam como ele) seu time de coração destrói a credibilidade da informação.

O Paulo Vinícius Coelho, meu preferido do mercado, jornalista de esportes desde 1987 e dono de memória e sabedoria invejáveis, também disse que não tinha caído. Ele é palmeirense, mas também não foi levado em consideração. Talvez porque os fanáticos não admitam que exista uma equipe do trio-de-ferro que nunca foi rebaixada.

Agora, até Juca Kfouri, um dos maiores defensores da queda, deu o braço a torcer.

Leia, abaixo, o que o chefe blogou no uol.

E com a prova.

“Este blogueiro mesmo andou anos convencido de que o São Paulo havia sido rebaixado no Campeonato Paulista de 1990.Baseava-me numa entrevista do então, e de triste memória, presidente da FPF, Eduardo Farah, na qual ele garantia que o tricolor disputaria a segundona em 1991. Mas o insistente ombudsman deste blog, Conrado Giacomini, achou a prova incontestável de que o regulamento de 1990 não previa mesmo nenhum rebaixamento. Contra fatos não há argumentos”.


O credenciado Jornalista Juca Kfouri (corinthiano)
Blog do Juca, 03/02/2008.

E não se fala mais nisso, OK?


Este blogueiro mesmo andou anos convencido de que o São Paulo havia sido rebaixado no Campeonato Paulista de 1990.

Baseava-me numa entrevista do então, e de triste memória, presidente da FPF, Eduardo Farah, na qual ele garantia que o tricolor disputaria a segundona em 1991.

Mas o insistente ombudsman deste blog, Conrado Giacomini, achou a prova incontestável de que o regulamento de 1990 não previa mesmo nenhum rebaixamento.

Contra fatos não há argumentos.

O ilustre Mauro Betting (palmeirense) concorda:
Blog do Mauro, 01/12/2007.

O São Paulo não foi rebaixado no SP-91 depois de ser eliminado da quarta fase do SP-90, e não ter assegurado vaga nem na repescagem - ficou um ponto atrás do Botafogo de Ribeirão Preto.
Ele apenas não disputou o módulo da elite do Paulistão de 1991.

É diferente. Ele não foi nem rebaixado em 1990, e nem disputou a segundona, em 1991.

No regulamento do SP-90 estava definido que seriam 28 participantes no estadual de 1991.
O grupo 1 (grupo verde), o da elite, seria formado pelos 14 classificados para a quarta fase do SP-90 - o São Paulo pré-Telê (que estava no Palmeiras, na fase decisiva de 1990) foi eliminado prematuramente.
Dessa forma, foi obrigado a participar do Grupo 2 (o amarelo) do SP-91, composto pelos 10 piores times até a terceira fase do SP-90, mais os quatro que subiram da Divisão Especial de 1990.

Mesmo confuso, o regulamento do SP-90 era claro num ponto: não haveria rebaixamento naquele ano.
Logo, o São Paulo (e mais São José - os finalistas do SP-89 -, Ponte Preta, Inter de Limeira, Santo André, Noroeste, União de Araras, Juventus, São Bento e Catanduvense) tiveram se se juntar a Olímpia, Sãocarlense, Marília e Rio Branco para a disputa do tal grupo amarelo, no SP-91.

O que acabou sendo um baita negócio para o Tricolor que havia acabado de conquistar o BR-91, com um senhor time já dirigido por Telê.

Além da fragilidade dos rivais, o São Paulo chegou à fase semifinal do campeonato paulista com absurda vantagem pela melhor campanha no grupo mais frágil.

A FPF comparou bananas com batatas. Os cinco times do grupo 1 e os 3 do grupo 2 foram divididos em dois grupos de 4. A vantagem da melhor campanha - de campeonato distintos! - foi dada ao campeão do grupo 2 - o São Paulo.

No desempate com o Palmeiras nas semifinais, as duas equipes com 9 pontos, o São Paulo (que era mais time que o rival) se classificou por ter feito mais pontos - no grupo mais fraco.

Na final, contra o Corinthians, tinha a mesma absurda vantagem concedida por regulamento burro.
Mas o time de Telê e Raí nada tinha com isso. Tratou de vencer bonito o Timão por 3 a 0 no primeiro jogo, e segurar o empate sem gols para ser campeão do mal bolado SP-91.

No frigir das bolas: o São Paulo não foi rebaixado em 1990. Nem disputou a segunda divisão em 1991.
Apenas ganhou rivais mais fracos e um regulamento mal feito para facilitar o serviço. Que seria confirmado em 1992, com bi paulista. Sem falar do bi da Libertadores e Mundial, em 1992-93.

O são-paulino pode dizer que nunca foi rebaixado de divisão.

Jornal O Estado de São Paulo


Reportagens do O Estado de São Paulo, de dia antes e dia depois da última rodada do São Paulo no campeonato de 1990. Em momento algum vemos o sensacionalismo comum quando um clube grande é rebaixado. Exatamente por não haver rebaixamento algum. E mais:

Com a desclassificação, o São Paulo terá de disputar o grupo "B" do campeonato do ano que vem, com os times que não se classificaram para a quarta fase este ano [...]

O Campeonato de 91 terá 28 times divididos em dois grupos de 14, e o São Paulo terá de ficar entre os primeiros nas duas primeiras fases para, na quarta, voltar a enfrentar Coríntians, Palmeiras, Portuguesa e Santos.


Ou seja, tanto não houve rebaixamento algum, como o cruzamento dos tais grupos já estava previsto.

A versão da Federação Paulista de Futebol I
 

Site Wayback Machine (que recupera páginas perdidas, retiradas do ar por mudanças de servidor, etc):

Rebaixamento que não houve.

A divulgação precipitada feita pela imprensa denominando um dos grupos do Campeonato Paulista de 1991 como sendo "2ª divisão" deixou a falsa imagem de que o São Paulo F.C. fôra rebaixado e obrigado a disputar o “Paulistinha”.

Não ocorreu rebaixamento nenhum do Tricolor.

O que aconteceu foi que o São Paulo não conseguiu se classificar entre as equipes que disputariam a Quarta Fase do campeonato de 1990.

O regulamento do certame de 1990 trazia inusitado artigo:

“Art. 50 § 1º - Para o Campeonato da Primeira Divisão de Futebol Profissional de 1991, o Grupo I será constituído pelas 14 associações classificadas para disputar a quarta fase do Campeonato de 1990 e o Grupo II será constituído pelas dez associações restantes que não se classificaram para a quarta fase e mais quatro advindas da Divisão Especial de 1990.”

Explica-se, então:

O São Paulo não conseguiu se classificar entre aquelas 14 equipes do Grupo I. Figurando entre as dez restantes, foi incluído no Grupo II, composto pelas equipes teoricamente mais fracas. Foi campeão do seu grupo e dispensou o título de 91 contra o Corinthians, que fôra campeão do Grupo I.

A decisão se deu em dois jogos; no primeiro, disputado no dia 8 de dezembro de 1991, o São Paulo ganhou de 3 x 0. No segundo, com o São Paulo jogando pelo empate, disputado no dia 15 de dezembro, não houve abertura de contagem e o São Paulo foi declarado campeão.

Ainda em nosso dias algumas pessoas insistem em se referir a esse falso rebaixamento do São Paulo.

Uma coisa é classificação, e outra é rebaixamento.

Em ambas as competições, em 1990 e 1991, o São Paulo estivera participando do Paulistão e não do Paulistinha, como insistem lembrar essas pessoas.

A versão da Federação Paulista de Futebol II


Este é um livro oficial da FPF de autoria de Rubens Ribeiro. Conta com um profundo trabalho dentro dos documentos e registros da própria federação, e claro, outras fontes. Nele é possível encontrar todas as fichas de jogos do Campeonato Paulista - o que releva a profunda pesquisa realizada. Logo, fonte fiável, pois mostra senso de comprometimento com o trabalho técnico-científico. Nas palavras desse livro: "Não houve rebaixamento no Paulista de 1990 - o regulamento não previa descenso, e sim a divisão da elite em dois grupos".
 

A Versão da Federação Paulista III


Colaboração: Tales Ebner.
Esta imagem é uma retratação oficial da FPF publicada nos principais jornais do estado de São Paulo no dia 22 de janeiro de 2008, a fim de sanar "equívoco" causado por uma publicação de terceiro, que, contudo, trabalhava para a mesma federação.

Acompanhe o "imbróglio" nas palavras de Ricardo Perrone e Rodrigo Bueno:
FPF renega guia que rebaixou o São Paulo no Campeonato Paulista

A FPF (Federação Paulista de Futebol) emitiu comunicado para corrigir informações do Guia Oficial do Paulista, que dá o São Paulo como rebaixado no Estadual de 1990 e que coloca em xeque o Paulista de 1991, ganho pelo clube.

"A FPF informa que o texto publicado no Guia do Paulista-2009 no que se refere 'O São Paulo não se classificou nem na repescagem e foi rebaixado para a segunda divisão' não procede", diz a nota, que saiu um dia após a reportagem mostrar trechos polêmicos da publicação.

A FPF diz "lamentar as informações'', e o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, desafeto são-paulino, disse que o time foi o "legítimo campeão de 1991'' --o guia diz que esse Paulista foi "no mínimo esquisito'', "beneficiou o São Paulo, que havia sido rebaixado, mas pôde disputar as finais''.

A entidade culpou o historiador Rodolfo Kussarev pelas informações. "Como pesquisador há mais de 20 anos, assumo total responsabilidade pelas informações'', diz Kussarev. Ele alega ter usado como base o livro "A História do Campeonato Paulista'', de André Fontenelle e Valmir Storti.

"O livro foi escrito com base nas informações dos jornais da época, entre eles a própria Folha de S.Paulo, onde os dois autores trabalhavam como repórteres em 1997, ano do lançamento do livro'', disseram os jornalistas.

Livro posterior do Estadual, de Rubens Ribeiro e com chancela da FPF, conta que não houve rebaixamento no Paulista de 1990 --o regulamento não previa descenso naquele ano.

O guia revoltou a diretoria são-paulina, que não poupou a cúpula da FPF. Carlos Augusto de Barros e Silva, vice de futebol do clube, culpa Del Nero pelo guia. "Ele tem culpa pelo que saiu. É responsável pela FPF, responde pela entidade.''

Marco Aurélio Cunha, superintendente do São Paulo, relacionou o guia à rusga recente entre o clube e a FPF pelo caso Wagner Tardelli na reta final do Brasileiro. "A diretoria interpretou como retaliação por causa da briga do fim de ano. A insatisfação aumentou. Para o São Paulo, a intenção do guia era desmerecer o título [de 1991] do clube'', falou Cunha.
Esse texto, do jornal Folha de São Paulo, praticamente refuta um outro artigo, também de sua publicação, citado também no texto acima - pois como vimos e veremos a seguir, foi escrito sem base alguma de conhecimento de causa, mostrando total descomprometimento com a verdade e com o regulamento do certame. Veja com mais detalhes abaixo:


Esta imagem apregoa que o SPFC teria sido rebaixado. Antes de mais nada, uma reportagem de imprensa nunca teria o mesmo peso que um documento legitimado. Todavia, vamos tratar de desmistificá-la:

Essa imagem NÃO PROVA nada...

Primeiro, pois, não mostra o que seria esse tal novo regulamento aprovado.

Segundo, pois, somente fala do conselho arbitral que definiu o regulamento de 1991, NÃO O DE 1990.

Terceiro, o definido contradiz o regulamento de 1990, literalmente. O que serviu de bases para o que se desencadeou posteriormente.

Quarto, a segunda divisão não tinha o nome "segunda divisão" desde 1987, sendo chamada divisão especial, não somente tendo essa configuração por causa do campeonato do SPFC em 1990.

Quinto, antes que esqueça, o mesmo artigo se contradiz, pois cita a Divisão Especial, com os times que subiram dela, formando esse novo 'grupo'. Pois bem, essa divisão especial de 90 era justamente a divisão exatamente inferior a primeira divisão, e contava com 24 times. Somente 4 foram promovidos, teriam caído então 20 para a terceira?

Sexto, O Casal de Rey baseava-se em algo legítimo, o regulamento prévio de 1990, por isso é tendenciosa a frase que diz que ele apelaria ao tapetão.

Sétimo, fatalmente o regulamento aprovado por este conselho arbitral deve ter sido sim rebatido pelo departamento jurídico do SPFC, COM BASES NO REGULAMENTO DE 1990, alterando as bases do de 1991, qualifidando-o então a disputa do título mesmo no grupo "dos menores". Nada menos que a justiça, e não "tapetão".

Simples.

Qualquer outra interpretação destes fatos, é errônea, e o pior de tudo, muito costumeira. O que só leva a lastimar o nível da imprensa e também da politicagem...

Enfim, ou seja,

NÃO VIAJA."

 

Vitor Birner em seu blog postou o seguinte texto:

 

"

São Paulo nunca foi rebaixado.

Birnadas

De Vitor Birner

Eu não tocava no assunto por uma razão. Sou são-paulino e os ataques quando elogio o time são constantes. Eu fui aos jogos de 90. Não houve festa, comoção, e outras reações normais quando um gigante cai.

Até uma reportagem da Folha apareceu!

Como discutir sem uma prova?

O José Renato Sátiro Santiago JR, do grupo de estudos literários do futebol, blogou o regulamento num post, mas ele também é são-paulino e no meio dos fanáticos (sabe como é… O ser humano radical acha que todos raciocinam como ele) seu time de coração destrói a credibilidade da informação.

O Paulo Vinícius Coelho, meu preferido do mercado, jornalista de esportes desde 1987 e dono de memória e sabedoria invejáveis, também disse que não tinha caído. Ele é palmeirense, mas também não foi levado em consideração. Talvez porque os fanáticos não admitam que exista uma equipe do trio-de-ferro que nunca foi rebaixada.

Agora, até Juca Kfouri, um dos maiores defensores da queda, deu o braço a torcer.

Leia, abaixo, o que o chefe blogou no uol.

E com a prova.

“Este blogueiro mesmo andou anos convencido de que o São Paulo havia sido rebaixado no Campeonato Paulista de 1990.Baseava-me numa entrevista do então, e de triste memória, presidente da FPF, Eduardo Farah, na qual ele garantia que o tricolor disputaria a segundona em 1991. Mas o insistente ombudsman deste blog, Conrado Giacomini, achou a prova incontestável de que o regulamento de 1990 não previa mesmo nenhum rebaixamento. Contra fatos não há argumentos”.

 

http://blogdojuca.blog.uol.com.br/ "

 

Reparem no detalhe da figura acima onde pode-se ler: "Como nos dois anos anteriores, não haverá rebaixamento" (grifo nosso)

Como se pode deduzir, o não rebaixamento não foi exclusivo de 1990, mas de campeonatos por 3 anos seguidos.

 

Ainda Birner (http://blogdobirner.virgula.uol.com.br/2007/11/06/1990-o-ano-em-que-o-sao-paulo-nao-caiu/):

 

"O São Paulo foi rebaixado em 1990?

De José Renato Sátiro Santiago Jr

Atendendo aos inúmeros pedidos, encaminho abaixo detalhes sobre os fatos ocorridos durante o Campeonato Paulista de 1990.

Ele foi dividido em 2 grupos:

Grupo 1: Corinthians, Internacional, Bragantino, Novorizontino, Palmeiras, São Paulo, Mogi-Mirim, Santos, Portuguesa, União São João, São José e Guarani.

Grupo 2: Catanduvense, Juventus, Botafogo, XV de Piracicaba, XV de Jaú, América, Noroeste, São Bento, Santo André, Ferroviária, Ituano e Ponte Preta

1) Segundo o regulamento do Campeonato Paulista, durante as duas primeiras fases as equipes se enfrentariam dentro e fora de seus grupos. Sendo que os 12 times com melhor campanha, independentemente do grupo do qual fazia parte, se classificariam, automaticamente, para a Quarta Fase:

O que aconteceu: As equipes classificadas foram o Corinthians, Palmeiras, Bragantino, Santos, Mogi-Mirim, Portuguesa e Novorizontino, pelo Grupo 1 e XV de Piracicaba, XV de Jaú, Ferroviária, Ituano e América, pelo Grupo 2.(Regulamento Cumprido)

2) Conforme o regulamento os campeões de cada grupo se classificariam automaticamente para a Copa do Brasil de 1991.

O que aconteceu: Corinthians e XV de Piracicaba foram os vencedores de seus grupos e se classificaram para a Copa do Brasil de 1991. (Regulamento Cumprido)

3) O regulamento informava que as equipes que não tivessem se posicionado entre as 12 melhores aos longos das duas primeiras fases, deveriam disputar a Terceira fase, uma espécie de repescagem. As equipes seriam divididas em dois grupos de 6.

O que aconteceu: As equipes foram divididas em 2 grupos, o primeiro formado por Botafogo, Internacional, Santo André, São Paulo, Ponte Preta e Noroeste e o outro por Guarani, Catanduvense, São José, Juventus, União São João e São Bento. (Regulamento Cumprido)

4) O regulamente definia que apenas os campeões de cada grupo desta terceira fase, se classificariam para a quarta fase, quando se juntariam aos demais 12 classificados anteriormente, e seriam divididos em 2 grupos de 7.

O que aconteceu: Botafogo e Guarani foram os campeões de seus grupos e se classificaram para a Quarta fase. Nesta fase, as equipes foram divididas em 2 grupos de 7. O primeiro grupo foi formado por Bragantino, Corinthians, Botafogo, Santos, Ituano, Mogi-Mirim e XV de Jaú, o segundo grupo foi constituído por Novorizontino, Palmeiras, Guarani, Portuguesa, América, XV de Piracicaba e Ferroviária. (Regulamento Cumprido)

5) Quanto ao rebaixamento, vamos ao texto original do regulamento oficial do Campeonato Paulista de 1990. Parágrafo 1º do artigo 5º: “Para o Campeonato da Primeira Divisão de Futebol Profissional de 1991, o Grupo I será constituído pelas 14 associações classificadas para disputar a quarta fase do Campeonato de 1990 e o Grupo II será constituído pelas dez associações restantes que não se classificaram para a quarta fase e mais quatro advindas da Divisão Especial de 1990.” Parágrafo 2º – “No campeonato da primeira divisão de futebol profissional de 1990, não haverá descenso à divisão especial de futebol profissional. Mas a partir de 1991, ou a cada ano haverá o descenso de uma associação da Primeira Divisão de Futebol Profissional e o acesso de uma associação da Divisão Especail de Futebol Profissional

O que aconteceu: O Campeonato Paulista de 1991 foi constituídos por 2 grupos de 14 equipes: Grupo I formado pelos 14 classificados para a Quarta Fase do Campeonato de 1990 – Corinthians, Palmeiras, Botafogo, Portuguesa, Guarani, Bragantino, Santos, Ituano, América, Novorizontino, XV de Piracicaba, XV de Jaú, Ferroviária e Mogi-Mirim; Grupo II formando pelas 10 equipes que não se classificaram para a Quarta Fase do Campeonato de 1990: São Paulo, Internacional, Santo André, Noroeste, Catanduvense, Juventus, Ponte Preta, União São João, São José e São Bento, mais 4 equipes originária da Divisão Especial de 1990 que foram: Olímpia, Marília, Sãocarlense e Rio Branco (Regulamento Cumprido)

6) Por fim, voltando a Quarta Fase do Campeonato de 1990, o regulamento previa que os campeões de cada grupo disputariam o título

O que aconteceu: Bragantino e Novorizontino foram campões de seus grupos e decidiram o título em 2 jogos, nos dias 22 e 26 de agosto. O título foi conquistado pelo Bragantino (Regulamento Cumprido)

Também sugiro o vídeo abaixo que mostra o jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC, explicando o regulamento do Campeonato Paulista:

[youtube:http://youtube.com/watch?v=g2n8vzxKRPs]

E foi assim que a história aconteceu."

 

Por fim a manifestação da FPF que fora publicada em vários sites, incluindo o Blog do Paulinho (http://blogdopaulinho.wordpress.com/2009/01/21/comunicado-da-federacao-paulista-de-futebol/):

 

"Comunicado da Federação Paulista de Futebol

 

 

O Departamento de Comunicação da FPF informa que o texto publicado no Guia Oficial do Campeonato Paulista de 2009 no que se refere à seguinte informação: “O São Paulo não se classificou nem na repescagem e foi rebaixado para a Segunda Divisão” não procede.

O Departamento de Comunicação da Federação Paulista de Futebol lamenta as informações publicadas e informa que o texto é de autoria do historiador Rodolfo Kussarev, autor dos Almanaques dos Campeonatos Paulistas de 1999 a 2005.

O presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, pede que a informação seja corrigida imediatamente, reiterando que o São Paulo Futebol Clube foi o legítimo campeão paulista de 1991. E foi merecedor deste feito apenas e unicamente por sua performance técnica dentro da competição.

Abaixo, segue a declaração pública, de Rodolfo Kussarev, autor das informações contidas no Guia Oficial do Campeonato Paulista de 2009:

Eu, Rodolfo Kussarev, venho a público esclarecer as informações publicadas no Guia Oficial do Campeonato Paulista de 2009, em relação ao conteúdo relacionado ao São Paulo Futebol Clube. 

Aproveito a oportunidade para isentar integralmente o presidente Marco Polo Del Nero, seu vice executivo, Reinaldo Carneiro Bastos, o Departamento de Comunicação da entidade, coordenado pela jornalista Isabel Tanese e a qualquer outro dirigente da FPF, de qualquer interferência no conteúdo desta obra.

Como pesquisador de futebol há mais de 20 anos, consultor das mais renomadas editoras deste País, e tendo publicado inúmeras obras relacionadas ao tema, assumo total responsabilidade sob as informações contidas neste comunicado, e o faço com  mais alto índice de transparência, como tem sido a minha conduta em todos esses anos.

As informações a seguir se basearam principalmente em minhas referências bibliográficas e pesquisas, e no caso em questão relativo ao São Paulo Futebol Clube, no ano de 1990, minha referência foi o Publifolha, conforme veremos a seguir.

No livro “A História do Futebol Paulista”, publicado pela Publifolha em 1996, e que foi uma das fontes de pesquisa deste Guia, na página referente à competição de 1990 cita: “SURPREENDENTEMENTE, O SÃO PAULO NÃO SE CLASSIFICOU NEM NA RESPESCAGEM, O QUE SIGNIFICOU SEU REBAIXAMENTO À SEGUNDA DIVISÃO PARA 1991. O QUE, COMO VEREMOS, SIGNIFICOU UMA VANTAGEM PARA O CLUBE DO MORUMBI”.

No livro “A História do Futebol Paulista” da Publifolha, a página referente ao campeonato de 1991 diz em seu título: “REGULAMENTO AJUDA SÃO PAULO A VENCER”.

E no texto: “EMBORA FOSSE, PROVAVELMENTE, A MELHOR EQUIPE DO CAMPEONATO, O SÃO PAULO DE 1991 FOI O CAMPEÃO MAIS INUSITADO DA HISTÓRIA DO FUTEBOL PAULISTA. PELA PRIMEIRA VEZ, UM TIME REBAIXADO À SEGUNDA DIVISÃO NO ANO ANTERIOR ERA CAMPEÃO DA PRIMEIRA”. (Segue anexo cópia de ambas páginas para dar embasamento legal às informações que prestei ).


Fico à disposição para qualquer esclarecimento adicional que se faça necessário.

Rodolfo Kussarev.  "

 

Assim meus caros amigos, não há mais o que discutir, e a conclusão é inevitável: O Soberano jamais foi rebaixado.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 22:17
comente (7 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, o São Paulo está com quase tudo acertado com o  meia Maicon do Figueirense, ou seja, provavelmente nos próximos dias o meia de ligação será anunciado no Morumbi.

O Soberano tem boas relações com Uram, representante do jogador que já tem no SPFC: Juan, Cícero e João Filipe.

Será um belo reforço, porém pode significar uma maior distância de Montillo.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 21:00
comente (3 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, apesar da boa proposta e do estreitamento de laços entre São Paulo e Cruzeiro, Montillo tornou-se uma incógnita, pois o small club, após o jogo de ontem, parece irá investir pesado na tentativa de contratação do atleta, já que muitas pessoas daquele clube, não querem mais o Teves.

O Soberano deverá anunciar nos próximos dias, no mínimo 5 nomes contratados. Pelo que me falaram, a ideia é anunciar ainda essa semana, pois agora com os olhos voltados para as contratações, muita coisa irá vazar, o que poderá dificultar as contratações. Como está ocorrendo com Taison e com o meia Jadson.

Se o anúncio não for viável essa semana, na próxima teremos novidades.

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:45
comente (0 /)

São Paulo já tem dois reforços para 2012

Ademilson e Rafinha, ambos revelados pela base, trabalharam com o grupo nesta sexta-feira e vão para pré-temporada

 

   

 

 

LANCEPRESS!

Publicada em 02/12/2011 às 18:19

São Paulo (SP)

 

O atacante Ademilson (17 anos) e o meia Rafinha (21) foram chamados pela comissão técnica do São Paulo e trabalharam no CT da Barra Funda na manhã desta sexta-feira. O mesmo vai acontecer neste sábado, na última atividade do ano.

 

A dupla é outra aposta do clube nos garotos foramados pela base. Ademilson foi artilheiro do Paulistão sub-17, enquanto Rafinha estava em Cotia com os jogadores que já não têm mais idade para atuar nas categorias de baixo.

 

O técnico Emerson Leão confirmou que os dois vão participar da pré-temporada do ano que vem e estão nos planos do Tricolor. Além deles, o treinador segue observando os jovens, como pede o presidente Juvenal Juvêncio, sempre em busca de valorizar a formação.

 

- Esses dois meninos provavelmente vão começar a temporada comigo. E esse (outro jogador) terceiro, que teve um compromisso da sub-17, também deve estar - explicou o treinador.

 

- Quando fui conversar no segundo tempo do coletivo com o time de branco, tinha sete da base. Perguntei para eles: "Vocês repararam a responsabilidade minha e de vocês?" Minha, por aprovar sem errar, e de vocês por mostrar o quanto o clube investiu em cima. Então, a cobrança tem que ser forte e recíproca - completou.

 

Desde o ano passado, quando venceu a Copinha, o Sampa voltou a apostar nas categorias de base. Este ano, Luiz Eduardo, Rodrigo Caio, Dener e Henrique Miranda foram apostas. Outros ficaram alguns dias e retornaram para Cotia.

 

Sem Sérgio Baresi, que pediu demissão nesta semana, a equipe que vai disputar a competição em janeiro ainda está sem comando definido.

 

São dois jogadores muito bons, excepcionais diria. Mas espero que a subida dos garotos seja feita de forma cautelosa, pois não poderemos cobrá-los como fazemos com Lucas.

 

Quando adquirirem confiança, serão alguns dos principais nomes no elenco.

postado por Aurelio Mendes às 08:30
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos,

Acabou o concurso gata do Brasileirão do site Uol. Parabéns à São Paulina Gisele Ribelato que nos representou bem, muito bem.

Agora um detalhe curioso, nós ficamos em segundo lugar. Vejam a colocação da representante do small club e tirem suas conclusões: Quem não gosta  de mulher?

http://esporte.uol.com.br/gatas-do-brasileiro/classificacao-geral/

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 03:11
comente (0 /)

Vejam a foto abaixo, ela vale mais do que mil palavras:

 

Foto: Perfil de Carlos Bernardini

 

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

É gambás! A queima-rosca é fod$W$W4

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:16
comente (4 /)

São Paulo mira meia Jadson, que deseja voltar ao Brasil
Clube sondou o jogador, que está na Ucrânia desde 2004 e quer retornar. Para contratá-lo, será preciso comprá-lo em definitivo

   


Gabriel Saraceni
Publicada em 02/12/2011 às 07:07
São Paulo (SP)

Sem Rivaldo para o ano que vem e com Cañete lesionado ao menos até julho, Jadson, do Shakhtar Donetsk, é nome que agrada ao São Paulo para posição, carente no elenco. O meia, que no Brasil ganhou destaque com o Atlético-PR e desde 2004 está na Ucrânia, foi sondado pelo clube.

Em outra oportunidade, houve interesse, mas as negociações não avançaram. O coordenador Milton Cruz gosta do atleta. Recentemente, Santos e Corinthians também fizeram propostas oficiais pelo jogador, mas não conseguiram contratá-lo. Por enquanto, o Tricolor só procurou saber a situação do meia. A resposta foi boa, já que Jadson quer voltar ao Brasil. Com 28 anos, depois de participar da Copa América, ele acredita que no país pode ter mais destaque. Além disso, o Shakhtar está fora da Copa dos Campeões da Europa, competição que ganharia mais visibilidade.

Na última quinta-feira, por meio do seu Twitter (@jadson_8), Jadson repercutiu uma mensagem que recebeu. Nela, um torcedor o questionou: “Já pensou em usar a camisa 10 do São Paulo? Sua vinda para o Brasil seria incrível, ainda mais em um time como o São Paulo”. Em outra oportunidade, também pelo microblog, revelou que gostaria de voltar ao Brasil, mas não deu certo. Sem Rivaldo, a camisa 10 agora está sem dono.

O meia também foi procurado pelo Liverpool (ING). Seus empresários vão esperar a temporada acabar para estudar as ofertas e definir o destino do jogador. A única certeza é de que é praticamente nula a chance de ele continuar na Ucrânia. Para ter Jadson, o interessado precisará desembolsar quantia financeira, já que o Shakhtar avisou que não quer emprestá-lo.

Não é de hoje que o Tricolor procura um jogador com as caraterísticas de armação, que prende a bola, tem velocidade e faz a ligação. Jadson agrada e é opção, mas será preciso gastar para contratá-lo.
 

Aí sim, Jadson é um nome que me agrada, bom jogador e com lenha para queimar.

 
postado por Aurelio Mendes às 08:39
comente (0 /)

Vejam a notícia publicada no site Terra:

 

"Site de infidelidade diz que fez proposta para nomear Itaquerão

 

 

 

Com suas cores, site divulgou como ficaria o novo estádio do Corinthians. Foto: Divulgação

Com suas cores, site divulgou como ficaria o novo estádio do Corinthians
Foto: Divulgação


O novo estádio do Corinthians poderia ter uma fachada cor de rosa e ser batizado de Ashleymadison.com. O maior site de infidelidade conjugal do mundo anunciou nesta quinta-feira ter feito uma proposta de R$ 200 milhões para batizar durante um período de 25 anos a arena de Itaquera, que receberá a abertura da Copa do Mundo de 2014.

Presidente da empresa, Noel Biderman ainda se disse disposto a "cobrir possíveis ofertas superiores" à realizada, "desde que oficialmente comprovadas". Representante do site no Brasil, Eduardo Borges completou apontando que a oportunidade é "excelente" para a companhia entrar no mundo dos esportes do País e que "a exposição certamente compensará o investimento".

Durante a semana, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o presidente corintiano Andrés Sanchez informou ter recusado uma proposta de exatamente R$ 200 milhões pelos naming rights do estádio popularmente conhecido como Itaquerão. Ele afirmou também que negocia com sete empresas pela nomenclatura do local, porém não chegou quais seriam elas, e previu que um acordo será anunciado até março de 2012.

Segundo Borges, a oferta do Ashleymadison.com estará vigente até 5 de dezembro de 2011 e tem apenas uma exigência: que o estádio receba a cor institucional do site, o rosa.

O Terra tentou contato com a diretoria do Corinthians para confirmar a informação, mas não obteve sucesso."

 

 

 

Comentários: Seria o fim da picada um site de INFIDELIDADE patrocinar estádio para a "FIEL", como no time rival, tudo lá é um antagonismo puro.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 08:37
comente (0 /)

Leiam a matéria do Globo.com antes de ler meus comentários:

 

"Marcelinho Paraíba é detido em Campina Grande
Jogador é acusado de tentativa de estupro durante uma festa em sua cidade natal

O meio-campo do Sport, Marcelinho Paraíba e mais três amigos dele, que participavam de uma festa foram detidos na madrugada desta quarta-feira (30) em Campina Grande, na Paraíba.

De acordo com a Central de Operações da PM (Copom), eles foram detidos após denúncia de que uma mulher teria sofrido uma tentativa de estupro na festa que acontecia no sítio do jogador, localizada no bairro Nova Brasília, em Campina Grande, onde o jogador passa férias.

A mulher que acusa Marcelinho tem 31 anos e é irmã do Rodrigo do Rego Pinheiro, titular da delegacia do distrito de São José da Mata, e que estava na festa.

Segundo a policia, no instante em que o delegado teria deixado o local para comprar cerveja, Marcelinho teria tentado beijar a mulher, que se negou a beijá-lo e depois disso o jogador teria a agredido com puxões de cabelos e mordidas. Ao voltar para o local, o delegado Rodrigo do Reho Pinheiro foi comunicado pela irmã e consequentemente acionou três viaturas, mas os policiais foram impedidos de entrar no local. Com o apoio de outras cinco viaturas, os policiais conseguiram entrar e detiveram Marcelinho e mais três amigos: João Crivaldo da Silva, Leandro Silva e Wellington Porto da Silva.

Advogado nega a agressão

O advogado do meio-campo, Afonso Vilar, disse ao G1 que o jogador nega ter agredido qualquer convidada. O atleta contou que estava bebendo no imóvel com um grupo de cerca de 30 pessoas e que surpreendeu com a chegada da Polícia Militar no local. Marcelinho Paraíba disse ainda que só foi saber o motivo de sua detenção quando chegou à Central de Polícia.

De acordo com o GLOBOESPORTE.COM/PB, o delegado Fernando Zóccola, da Polícia Civil de Campina Grande e que está responsável pelo Caso Marcelinho Paraíba, concedeu uma entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira e confirmou que o jogador do Sport foi preso em flagrante durante a madrugada sob a acusação de estupro. Ele diz que o crime é inafiançável e que até o final do dia Marcelinho será transferido para o Penitenciária de Segurança Padrão do Serrotão, onde ficará a disposição da justiça

O clube pernambucano se comprometeu a prestar todo o apoio jurídico ao jogador e deve disponibilizar um profissional especialista na esfera criminal para assessorar o atleta, caso necessário, é o que garante um dos advogados do Sport, Arnaldo Barros.

Confusões marcam a carreira do jogador

Esta não é a primeira vez que Marcelinho Paraíba se envolve em polêmicas. Em janeiro de 2010, inclusive, ele foi condenado a seis meses de prisão em regime aberto acusado de agredir um homem em uma casa de show de Campina Grande, em junho de 2004. Tal como agora, o atleta estava em sua cidade natal comemorando o final da temporada (na época ele jogava no futebol europeu, cujo calendário termina no meio do ano) e se envolveu na briga.

Dois anos antes, em 2002, a primeira confusão grave. Marcelinho foi detidio aparentemente bêbado dirigindo em alta velocidade na Alemanha. Depois, já como atacante do Wolfsburg, também no país europeu, ele foi acusado de se envolver em uma briga numa boate de Berlim, em que teria quebrado uma garrafa de cerveja no rosto de um outro cliente.

Marcelinho marcou 12 gols pelo Sport na Série B deste ano e foi determinante para o acesso do clube pernambucano à Elite do futebol nacional. A festa que começou na tarde desta terça era justamente para comemorar o acesso. O jogador pretendia voltar nesta quarta ao Recife para acompanhar um jogo de seu filho, que joga no futsal do Sport e enfrenta hoje o Náutico. Ele só voltaria a Campina na sexta para passar férias de 30 dias na Paraíba.."

 

Comentários: Olá amigos leitores Soberanos, não estou aqui para defender o jogador acusado, porém o caso em tela deve ser analisado com muita cautela. Digo isso, pois vi nas redes sociais muitas pessoas crucificando o jogador.

Em uma análise jurídica, podemos ter ou não um caso de tentativa de estupro, segundo o nosso Código Penal temos a definição do crime:

 

"Art. 213.  Constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso: (Redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009)

Pena - reclusão, de 6 (seis) a 10 (dez) anos. (Redação dada pela Lei nº 12.015, de 2009"

 

Ora, segundo uma das versões, o que ocorrera é que o jogador tentara beijar a suposta vítima que se negou, então ato contínuo Marcelinho teria agredido a moça. Essa narrativa pode levar a entender que não houve um constrangimento mediante violência ou grava ameaça para que a suposta vítima praticasse com o jogador conjunção carnal ("introductio penis in vaginam")  ou outro ato libidinoso diverso da primeira conduta.

Dessa forma, não haveria de se falar em estupro, mas em agressão (que se enquadraria em lesão corporal) ou no artigo 61 da lei das contravenções penais:

"Art. 61. Importunar alguem, em lugar público ou acessivel ao público, de modo ofensivo ao pudor:

        Pena – multa, de duzentos mil réis a dois contos de réis. "

 

Assim, como pode-se perceber, a conduta praticada, em tese, pelo jogador pode ou não ser enquadrada como sendo estupro.

Aliás, o crime de estupro, para casos como esse, parece ter vício de inconstitucionalidade, por ser patentemente desproporcional.

Vamos esperar o desfecho do caso, pois será ruim acusar alguém de estuprador, sendo que não há condenação definitiva contra o acusado.

Lembrando-se também que o Delegado titular da Delegacia, é irmão da suposta vítima, o que demonstra um interesse no caso.

Se a tentativa foi de estupro, que o jogador responda nos termos da lei. Mas a cautela, no momento. é a melhor solução.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

 

postado por Aurelio Mendes às 15:14
comente (3 /)

Saiu no Globoesporte.com:

 

"Justiça nega pedido do Fla, e título de 1987 segue exclusivo do Sport

Depois de conseguir o acesso à Série A no último fim de semana, a torcida do Sport comemora mais uma vitória. Desta vez na esfera jurídica. O Desembargador Federal Francisco Cavalcanti negou o recurso do Flamengo que pedia que a resolução da CBF, publicada em fevereiro deste ano, proclamando os dois clubes campeões brasileiros de 1987, fosse reestabelecida. O documento, chamado de Agravo de Instrumento, foi protocolado no Tribunal Regional Federal da 5ª Região (com sede no Recife), mas teve seu pedido negado pela Justiça.

- O Desembargador Federal Francisco Cavalcanti entendeu que os recursos perderam o objeto, pois a obrigação a que foi condenada a CBF foi satisfeita - disse o diretor jurídico do Sport, Arnaldo Barros.

Em junho, a CBF já havia acatado a decisão da 10ª Vara da Justiça Federal, que cassava a decisão da entidade, e voltou a reconhecer o Sport como o único Campeão Brasileiro de 1987.

Confira abaixo o despacho do Desembargador Francisco Cavalcanti

Publicado em 28/11/2011 - DECISÃO - Agravo de instrumento, recebido apenas no efeito devolutivo, foi interposto contra decisão que, examinando requerimento de cumprimento de sentença do Sport Club do Recife, ora agravado, deferiu pleito para que a CBF revogasse a Resolução da Presidência RDP nº 02/2011, a qual havia proclamado também campeão brasileiro de futebol profissional de 1987 o Clube de Regatas do Flamengo, ora agravante, e editasse outra resolução, na qual constasse, em estrita observância à sentença proferida nos autos originários, o reconhecimento do Sport Club do Recife como único campeão daquele ano.Ocorre que, em informação colhida no sistema de acompanhamento processual (fls. 877/878), foi proferida sentença declarando "satisfeita a pretensão" do Sport Club do Recife e "extinguindo o processo com resolução do mérito, nos termos do art. 794, I, do CPC", tendo em vista que a CBF juntou ''cópia da Resolução da Presidência (RDP) nº 06/2011, que anulou a RDP 02/2011", e o ora agravado, intimado "acerca da satisfação do julgado", "manteve-se silente".Assim, ante a sentença de extinção da execução, resta sem objeto o presente agravo, que, por isso, julgo prejudicado.Oportunamente, remetam-se os autos ao Juízo de origem. P.I. Recife, 17 de novembro de 2011. Juiz FRANCISCO CAVALCANTI - Relator

Em nota oficial, o diretor jurídico do Flamengo, Rafael de Piro, disse que já esperava pela decisão. Confira a íntegra:

Referente ao despacho de 28 de novembro de 2011, do Desembargador Francisco Cavalcanti, negando o recurso do Clube de Regatas do Flamengo que restabeleceria a resolução da CBF, publicada em fevereiro deste ano, proclamando o clube da Gávea e o Sport como campeões brasileiros de 1987, o departamento jurídico do Flamengo esclarece que já esperava por tal decisão vinda de um Tribunal de Recife.

O pronunciamento definitivo sobre o caso ocorrerá no Superior Tribunal de Justiça (STJ), corte independente e isenta."

 

O que vai ter de Flamenguista reclamando, não está escrito.

Participem do Musp: httpwww.muspmovimento.wordpress.com

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 19:24
comente (0 /)

 

“Olá caros amigos,

Todos devem saber que o Minstério Público está tentando impedir que o São Paulo realize shows no Morumbi, em virtude dos incômodos provocados na vizinhança.

Se o Morumbi for proibido de sediar shows, o SPFC será prejudicado, pois parte de sua renda vem desses eventos. 
 
Como se sabe, o clube envidou grandes esforços para construir seu estádio, numa época em que não haviam quaisquer residências na região. Portanto, não faz sentido sacrificar a manutenção do estádio em função de moradores que chegaram depois de sua construção - e que, sabiam, obviamente, da existência do estádio e dos incômodos que o mesmo poderia causar. É o mesmo que alguém se mudar pra perto de um aeroporto e reclamar do barulho dos aviões.
 
Além do clube, a população também tem interesse na realização desses grandes eventos, que garantem não apenas acesso ao lazer e à cultura, ambos Direitos Constitucionalmente garantidos ao cidadão, mas também geram receitas importantes, provenientes do turismo.
 
Shows como os do U2, que levaram ao Morumbi 270 mil pessoas, sendo 90 mil de fora, deixaram R$ 150 milhões na cidade, e lotaram 43 mil quartos de hotéis - que empregam 44 mil pessoas. Ou seja, os ganhos se multiplicam para todos. Sem estes eventos, o Estado e a Cidade de São Paulo perdem. Não se nega o incômodo provocado, mas deve-se analisar todo esse contexto, e não apenas um dado específico.
 
Ademais, os shows ocorrem, em média, 1 vez a cada 40 dias, ou seja, o incômodo é eventual. Não faz sentido sacrificar ganhos gigantescos proporcionados por estes eventos em função de um incômodo ocasional. Suportar transtornos provocados pelos shows é menos prejudicial do que vedar Direitos Individuais e Sociais de toda uma nação, que tem interesse nos ganhos econômicos gerados pelo mercado de entretenimento, bem como Direitos do próprio São Paulo, que faz jus a exploração econômica seu estádio.
 
É lição comezinha do Direito que direitos coletivos devem prevalecer sobre individuais, e os "coletivos de maior proporção" devem superar os de "menor proporção", não extinguindo esse, mas convivendo entre eles com uma certa prevalência.
 
Assim, só queremos de você uma assinatura com o número de documento, comprovando que você apoia a manutenção do estádio como sede de shows. Vamos mostrar que, apesar de não ser a maior torcida, somos a mais unida e atuante, vamos provar que o São Paulo tem um grande time e uma torcida Soberana.
 
Dessa forma, todos aqueles que são favoráveis a manutenção de shows musicais no Morumbi, por favor, assinem esse abaixo-assinado.
 
Vocês poderão assiná-lo acessando o link abaixo (acessem, assinem e divulguem):
 
Para quem não tem facebook ou preferir assinar de outro modo, isso pode ser feito através do link: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=Musp
 
Acessem também nosso site: www.muspmovimento.wordpress.com
 
Curtam nossa página no facebook:
 
Sigam nosso twitter (@musp_) que toda e qualquer novidade publicaremos para você amigo Soberano.
 
Vocês podem também entrar em contato conosco pelo e-mail:
 
Como vocês percebem esse Movimento é pioneiro e irá nos fortalecer a cada dia.
Estamos todos juntos nessa nova "batalha".
E que no final a Justiça seja feita.
 
Abraços amigos,
 
Movimento União Pró São Paulo"

 

postado por Aurelio Mendes às 10:46
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, hoje é um dia especial, pois estamos dando publicidade à um Movimento que fora criado para fazer tudo o que for possível para ajudar nosso time do coração em assuntos extra-campo.
Esse Movimento – “Musp (Movimento  União Pró São Paulo) fora idealizado por  Aurelio Mendes (@amon78), o que o levou a procurar o Daniel Navarro  (@blogdonavarro) para que discutissem alguns pontos e fundassem o  movimento.
Então Carlos Port (@carlosport) fora procurado para dar alguns conselhos, o que fora muito útil para o desenvolvimento do projeto.
Após muitas trocas de ideias, as coisas começaram a evoluir e outros   amigos  se juntaram à dupla para que um trabalho com seriedade fosse levado à  efeito. Entre eles: Ritt (@Rittblog), Guedex (www.byguedex.com.br), Celso  Santos (@Cel_Ss), Diva (@isasan53), o grupo Soberanos do facebook, Ismael  de  Freitas e Sheila Decker.
Com certeza teremos mais colaboradores e divulgadores, de modo que a cada  dia o Movimento ficará mais forte.
Como consta no logo nós torcedores somos representados por sombras, pois   aqui não será relevante o site, o blog, a pessoa em si, mas única e  tão-somente nosso São Paulo Futebol Clube.
O Primeiro ato que estamos realizando é um abaixo-assinado contra a  vedação do Morumbi ser sede de shows, tanto defendida pelo Ministério Público, por associação com interesses particulares e, agora, com o aval da Justiça.
Diga-se de passagem que o Ministério Público e a Justiça estão  desempenhando  seus respectivos papéis, cabendo a nós, demonstrar que há interesse  público na continuidade dos shows no Morumbi.
Então vamos assinar e divulgar o abaixo-assinado. Vamos provar que somos a torcida mais unida e forte desse país. Vamos mostrar que o SPFC é Soberano também por sua torcida, que apesar de não ser a maior, é a mais qualificada e aguerrida. E é nisso que tentaremos ajudar.

Vocês poderão assinar o abaixo-assinado acessando o link abaixo (acessem, assinem e divulguem):
https://www.facebook.com/groups/Soberanos/doc/271892969514859/

Como assinar: Nos comentários deixar: Nome, cidade e estado (opcional: Se alguém quiser e puder adicione número de documento também)

Acessem nosso site: www.muspmovimento.wordpress.com

Curtam nossa página no facebook( https://www.facebook.com/pages/Musp-Movimento-Uni%C3%A3o-Pr%C3%B3-S%C3%A3o-Paulo/312071868802937). Sigam nosso twitter (@musp_ ) que toda e qualquer novidade publicaremos para você amigo Soberano.

Vocês podem também entrar em contato conosco pelo e-mail: muspmovimento@yahoo.com.br

Como vocês percebem esse Movimento é pioneiro e irá nos fortalecer a cada dia.
Estamos todos juntos nessa nova “batalha”.
E que no final a Justiça seja feita.
Abraços amigos

Movimento União Pró São Paulo”

postado por Aurelio Mendes às 10:45
comente (0 /)

O blog do Menon trouxe a informação de que Breno chegará ao Soberano em abril, quando encerra o contrato do jogador com o Bayern de Munique.

Entretanto, o Soberano tenta a liberação do jogador, já para janeiro, pois o quanto antes o jogador chegar, melhor.

Breno é um baita reforço, mas estou com desconfianças, em virtude dos episódios recentes nos quais o jogador se envolveu.

Vamos esperar para ver.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 03:43
comente (1 /)

O Soberano está investindo forte na tentativa de contratar jogadores de peso, tanto que por Montillo, São Paulo teria feito oferecido R$ 5 milhões, Marlos, Jean e Bruno Uvini, segundo informações de Paulo Pontes.
Para mim Montillo é um baita jogador, mas não vale tudo isso.

Na verdade essa proposta do Tricolor é um suicídio financeiro. Muitos irão me criticar, mas temos que ter razoabilidade nas propostas feitas.

Com essa proposta, dificilmente o Small Club irá cobrir.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 03:38
comente (0 /)

"Revista tem documentos que comprovam superfaturamento de R$ 160 milhões no “Fielzão”.

Saiu no SPFC Agora:
 
 
ESTAVA DEMORANDO APARECER ALGO NESTE SENTIDO, VINDO DE QUEM VEM, DEMOROU A ACONTECER!
 
Uma conhecida revista brasileira teve acesso a documentos que comprovam a existência de superfaturamento no orçamento do “Fielzão”. 
 
Tudo indica que, nas próximas semanas, a matéria deverá ser publicada. 
 
Somente nos valores constantes no contrato entre Corinthians e Odebrecht, “oficialmente” R$ 840 milhões, existe uma diferença de R$ 160 milhões do que se cobra no mercado. 
 
Tanto o contrato do estádio, quanto a avaliação dos números que indicam superfaturamento já estão em poder da publicação. 
 
E, sabemos bem, o custo total do empreendimento, de fato, ultrapassará R$ 1 bilhão, elevando o lucro dessa gente a patamares ainda mais substanciais. 
 
Boa parte desse dinheiro, quase 100%, oriundos de nossos impostos.

 

Realmente demorou para sair notícia nesse sentido.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

 

postado por Aurelio Mendes às 21:03
comente (0 /)

Foi publicado no Calcio Mercato:

"Lucas, l'Inter ci pensa
Dedè, Milan o Roma
MILANO, 19 novembre 2011
I nerazzurri in pole per la stellina del San Paolo, in prospettiva un investimento migliore di Tevez. Rossoneri e giallorossi sul difensore gigante del Vasco


La clausola rescissoria ora fa meno paura. Gli 80 milioni con i quali il San Paolo ha blindato il cartellino di Lucas Rodrigo Moura sono solo una base di trattativa. Le tensioni tra il giocatore e la società e tra il giocatore e i tifosi hanno fatto precipitare il prezzo. Lucas oggi può essere portato in Europa per 40-45 milioni. L’Inter è in prima fila. Il talento sudamericano (ricordiamolo classe ’92) è un giocatore non facile da catalogare. Ha una velocità esplosiva, vede la porta, ha una tecnica straordinaria ma non ha ancora un ruolo definito. È una seconda punta che, però, parte molto lontano dall’area di rigore avversaria. Sulla carta può essere etichettato come un piccolo Messi. Il presidente Moratti lo segue da tempo e, attraverso i suoi collaboratori ha già presentato una prima offerta intorno ai dieci-quindici milioni. Pochi per fare breccia nel San Paolo.

concorrenza — In più l’Inter deve guardarsi dalla concorrenza del Liverpool e del Paris Saint Germain. Leonardo ha sempre avuto un debole per Lucas, anzi, è stato lui il primo a suggerire questo nome agli uomini mercato nerazzurri. E ha continuato a corteggiarlo dopo essersi trasferito in Francia. Gli sceicchi del PSG potrebbero "trovare" abbastanza facilmente i 45 milioni richiesti. Moratti deve cercare di non perdere la pole-position. Lucas per età e talento potrebbe risultare un investimento migliore rispetto al tanto reclamizzato Tevez.

Gazzetta TV"

 

Tradução livre de @amon78. Desculpe por qualquer falha possível.

 

Inter pensa em Lucas,

Milan e Roma querem Dedé.
LONDRES, 19 de novembro de 2011


O Inter saiu na frente na disputa pela estrela São Paulina, imaginando um investimento melhor do que com Tevez. Milan e Roma querem o zagueiro do Vasco. 

A cláusula rescisória não dá medo. Os 80 milhões com que São Paulo blindou Lucas Rodrigo Moura é apenas uma base para discussão. O preço fora estipulado em virtude de pressões sociais em relação ao jogador, ou seja, pelo seu sucesso.. Lucas agora pode ser levado para a Europa por 40-45 milhões. A Internazionale saiu na frente. O talento sul-americano é um jogador que não é fácil de classificar. Ele tem velocidade explosiva, se aproxima da área, tem uma técnica extraordinária, mas não tem um papel definido. É um segundo ponta, no entanto, joga muito longe da área do adversário . No papel pode ser rotulado como um pequeno Messi. Presidente Moratti o observou por algum tempo e, através de sua equipe já apresentou uma oferta inicial de cerca de 10-15000000. Pouco para tentar o São Paulo.

Concorrência - OInter deve se proteger da concorrência de Liverpool e Paris St German. Leonardo sempre teve uma queda por Lucas, de fato, ele foi o primeiro a recomendar esse nome para os homens de negócio da Inter. Ele continuou a cortejá-lo depois que foi para a França. O PSG poderia "chegar" facilmente aos 45 milhões solicitados. Moratti deve tentar não perder a "preferência". Lucas, com pouca idade e talento, poderia ser um investimento melhor do que o Tevez.

Canal oficial

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 11:08
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já devem saber a musa Gisele Ribelato está disputando o concurso "Gatas do Brasileiro" no site uol.

Chegamos com sucesso em uma "final" antecipada.

Vamo ajudá-la a vencer, pois ela me representa muito bem.

Acessem o link e votem:

 

http://esporte.uol.com.br/gatas-do-brasileiro/confrontos/2011/?time1=palmeiras&time2=sao-paulo

 

Vejam algumas fotos da musa:

 

 

 

 

 

 

 

 

Vamos votar várias vezes.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:51
comente (0 /)

Olá amigos leitores Soberanos, vocês sabem qual é o menor circo do mundo?

A camisa do corinthians, pois só cabe um palhaço.

kkkk

Foto por Raffinnha Bllue Armstrong

 
Saudações Soberanos
Aurelio Mendes
@amon78
postado por Aurelio Mendes às 01:16
comente (0 /)

Olá amigos leitores Soberanos, o jogador Taison deu entrevista falando sobre a possibilidade de retornar ao Brasil, principalmente ao São Paulo.

Nas entrelinhas percebe-se que o jogador tem vontade de jogar no Soberano, dependendo apenas do seu clube liberá-lo. O jogador aceitaria até um ano a mais de contrato com seu clube, para ficar um pouco em terras Tupiniquins.

Ouça ou áudio:

http://soundcloud.com/jesseanf/taison-que-interessa-ao-spfc#

Vocês gostariam desse jogador?

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 21:37
comente (0 /)

Segundo o repórter Luiz Ademar Jr., do canal Sportv, o São Paulo está muito próximo de fechar a contratação em definitivo do atacante Nilmar, faltando poucos detalhes para o anúncio oficial.

Jesus Lopes estaria tratando do assunto diretamente e Nilmar já teria aceito a proposta do Soberano, faltando apenas algumas pendências para o acerto final.

Nilmar e Fabuloso provavelmente formarão a melhor dupla de atacantes do país. 2012 promete. Se Nilmar for contratado, Dagoberto será liberado com antecedência para o Internacional.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 19:25
comente (6 /)

Blog do Perrone:

 

"Andrés admite erro com Adriano e promete barrar SPFC no Itaquerão

Andrés Sanchez, sábado à tarde, no bar O Catarina, no bairro de Perdizes, em São Paulo: “O Adriano foi uma aposta, e errei.”

O privilégio de ouvir o presidente corintiano sem filtros foi dos conselheiros palmeirenses Alberto Strufaldi, presidente do Conselho de Orientação e Fiscalização do clube, Gilto Avallone e Antonio Carlos Bruno.

Na descontraída conversa com o cartola do rival, eles descobriram que Andrés não morre de amores por Tite. “Não existe técnico bom no mercado. E o Tite é o melhorzinho”, disse o dirigente para os colegas palmeirenses. Ele também afirmou que seu treinador consegue manter o time na ponta do Brasileirão porque tem o elenco na mão.

Numa prova de que é difícil bater papo com Andrés sem ouvir uma provocação ao São Paulo, os palmeirenses acharam graça quando o corintiano disse qual será seu último ato como presidente. Ele prometeu assinar um documento proibindo o São Paulo de jogar como mandante no Itaquerão, se precisar.

Andrés pode até tomar tal decisão, mas ele não tem como impedir que o próximo presidente do Corinthians reate com os são-paulinos.

Para fechar sua exibição diante dos palestrinos, Andrés teve uma conversa amistosa com membros da Mancha Verde, maior torcida organizada do principal rival alvinegro. As testemunhas apostam que nem Arnaldo Tirone, presidente alviverde, não se relaciona tão bem com os torcedores da facção.

Andrés não atende ao blog."

 

Andres tem amores em verde e branco, mas está completamente insano.

Nunca precisamos de casa alheia para jogar, porque iríamos precisar agora? Ainda mais o Itaquerão?

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78
 

postado por Aurelio Mendes às 03:45
comente (7 /)

Saiu no site do STF:

"decisão que permitiu reeleição de dirigente do São Paulo Futebol Clube

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux cassou decisão judicial que permitiu a alteração do Estatuto do São Paulo Futebol Clube (SPFC) com o objetivo de assegurar ao atual presidente, Juvenal Juvêncio, um “terceiro mandato de três anos”. A 8ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) havia firmado a legalidade da reforma do estatuto pelo Conselho Deliberativo do clube, e não pelo voto da Assembleia Geral dos Associados, como previsto no Código Civil, ante a autonomia das associações desportivas, prevista no inciso I do artigo 217 da Constituição Federal.

Para o ministro Fux, essa decisão judicial fere a Súmula Vinculante 10, do STF, que trata do princípio constitucional da reserva de plenário (artigo 97 da Constituição Federal). A regra determina que, somente pelo voto da maioria absoluta de seus integrantes, os tribunais podem declarar a inconstitucionalidade de lei ou ato normativo do poder público. Segundo o ministro Luiz Fux, ao validar a mudança estatutária, a 8ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP negou aplicabilidade ao artigo 59 do Código Civil por entender que essa norma seria incompatível com a regra da autonomia das associações desportivas.

O artigo 59 do Código Civil determina que compete privativamente à assembleia geral destituir os administradores ou alterar o estatuto de uma entidade. O parágrafo único do dispositivo ressalta que somente assembleia especialmente convocada e que respeite o quorum estabelecido no estatuto pode deliberar sobre o disposto nos incisos I e II do dispositivo.

Na decisão, o ministro Luiz Fux julgou procedente Reclamação (RCL 11760) ajuizada por conselheiros deliberativos do São Paulo Futebol Clube que não concordaram com a forma como foi feita a mudança no estatuto. Eles afirmam que a eleição pelo conselho foi “arquitetada tão-só para a segunda reeleição do atual presidente da Diretoria”, Juvenal Juvêncio. Os reclamantes obtiveram decisão judicial favorável na ação principal sobre o caso, mas o ministro Luiz Fux afirmou a necessidade de deliberar sobre o pedido encaminhado ao Supremo para que a decisão tomada na ação principal tenha eficácia imediata.

Ao cassar a decisão da 8ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP, o ministro determinou que outra fosse proferida “como se entender de direito”."

 

 

O caso JJ está longe de terminar, mas começa a tomar contornos, a Justiça deverá derrubar a alteração no estatuto.

Essa decisão foi monocrática, sendo assim, cabe recurso.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 03:34
comente (0 /)

Vejam matéria do "Pagine romaniste".

 

"Bruno Uvini scalpita. Vuole l’Italia. Vuole la Roma. Il difensore del San Paolo, classe 1991, ha dichiarato al Corriere dello Sport che “quella giallorossa è una grande squadra, molto conosciuta in Brasile e abituata a valorizzare i brasiliani“. Entro quattro mesi Uvini prenderà la cittadinanza italiana e a quel punto il suo sogno potrebbe trasformarsi in realtà: “Mi piace pensare di avere il sangue italiano nelle vene“, ha dichiarato il ragazzo. Che evidentemente ha già acquisito una serie di informazioni sulla Roma: “Ultimamente con Luis Enrique i giovani hanno molto spazio e questa mi sembra una buona cosa“. Sulle sue tracce si è mosso anche il Genoa, Uvini usa la diplomazia: “Sia la Roma sia il Genoa rispondono al profilo della società in cui vorrei giocare. Mi ha fatto molto piacere sapere che si sono interessate a me“."

Tradução livre de Aurelio Mendes:

 

Bruno Uvini. Itália quer. Roma quer. O zagueiro do São Paulo, nascido 1991, disse ao Corriere dello Sport que "o vermelho e amarelo é uma grande equipe, muito conhecida no Brasil e conhecida por valorizar os brasileiros." No prazo de quatro meses Uvini deverá adquirir a cidadania italiana e nesse ponto o seu sonho pode se tornar realidade: "Eu gosto de pensar que tenho sangue italiano nas veias", disse o menino. Que, obviamente, já adquiriu uma grande gama de informações sobre a Roma: "Ultimamente, os jovens têm bastante espaço com Luis Enrique e isto parece ser uma coisa boa." O Genoa também tem interesse, Uvini usa a diplomacia: "Tanto a Roma e Genoa se encaixam no perfil de clube que gostaria de jogar. Fiquei muito contente em saber que vocês estão interessado em mim. "

 

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 20:09
comente (2 /)

Vejam a materia publicada no Caliomercato:

 

"La Roma offre 22 milioni per Casemiro

Secondo quanto riporta calciomercato.it, Walter Sabatini si starebbe muovendo di nuovo in direzione San Paolo per accaparrarsi il cartellino del talento 19enne Casemiro.

Il direttore sportivo giallorosso avrebbe già pronta una offerta di 22 milioni di euro. Il club brasiliano sarebbe disposto a trattare sulla base di questa cifra ma aspetta la fine del Brasileirao per discutere del futuro di Casemiro."

 

Tradução livre de Aurelio Mendes:

"A Roma oferece 22 milhões para Casemiro

De acordo com reportagem de www.calciomercato.it, Walter Sabatini estaria indo para São Paulo para contratar o Casemiro, talentoso (jogador) de 19 anos.

O diretor de esportes Giallorossi ofertou 22 milhões de euros. O clube brasileiro estaria disposto a negociar por esse valor, mas iria esperar até depois do Brasileirão para discutir o futuro de Casemiro.
"

 

O que vocês acham?

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 17:16
comente (6 /)

Alexandre Guerra mandou bem compondo a trilha para o documentário sobre os 100 gols de Rogério Ceni, cuja direção é de Willy Biondani.

Site Sempre Tricolor: http://www.sempretricolor.com.br/st2009/index.php?option=com_content&view=article&id=34620:video-roger100-making-of&catid=53:novembro#.Tr3V_B_Wcys.twitter

 

Muito bom

Saudações Soberanas

Aurelio Mnedes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:05
comente (0 /)

 

SÃO PAULO TEM 4 REFORÇOS ACERTADOS PARA 2012 – SAIBA QUEM SÃO !!

Filed under: FUTEBOL — RITT @ 13:15

APÓS CONFIRMAÇÃO DE QUE EMERSON LEÃO TERÁ SEU VÍNCULO CONTRATUAL AMPLIADO E COM ISSO COMANDARÁ O CLUBE EM 2012, O SÃO PAULO AGE RAPIDAMENTE PRA FAZER COMO NO FINAL DE 2003 E ACERTAR 7 REFORÇOS PARA A PRÓXIMA TEMPORADA COMO PARTE INICIAL DO PROCESSO DE REFORMULAÇÃO DO ELENCO ATUAL QUE SERÁ GRANDEMENTE MODIFICADO. NAQUELA ÉPOCA, VÁRIOS ATLETAS DEIXARAM O CLUBE, MAS ANTES DISSO, CICINHO, FABÃO, RODRIGO, DANILO, VELBER, MARQUINHOS E GRAFITE JÁ TINHAM SIDO CONTRATADOS E FORAM ANUNCIADOS NO DAY AFTER DA ÚLTIMA RODADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO. DESSA VEZ 4 JÁ ESTÃO ACERTADOS.

VEM DA TRAFFIC, QUE NOS ÚLTIMOS 2 ANOS COLOCOU 3 ATLETAS NO CLUBE (ILSINHO, XANDÃO E FERNANDINHO) O PRIMEIRO REFORÇO: É O ZAGUEIRO PAULO MIRANDA QUE PERTENCE AO GRUPO E TEM CONTRATO COM O BAHIA ATÉ DEZEMBRO; PAULO, QUE JÁ ATUOU NO PALMEIRAS EM 2008, VEM PRA SUPRIR A POSSÍVEL SAÍDA DE XANDÃO, QUE DEVE SE TRANSFERIR PRA PORTUGAL NA JANELA DE JANEIRO. A TRAFFIC PRETENDE COLOCAR MAIS UM OU DOIS ATLETAS NO SÃO PAULO POIS FERNANDINHO TAMBÉM PODE SAIR E ILSINHO SE DESLIGOU DO CLUBE RECENTEMENTE, PORÉM NOMES NÃO FORAM COLOCADOS EM PAUTA AINDA. PAULO MIRANDA DEVE ASSINAR POR 3 ANOS.

O SEGUNDO REFORÇO É FABRÍCIO, VOLANTE DO CRUZEIRO, QUE TEM A CARACTERÍSTICA QUE JUVENAL JUVÊNCIO PEDE NUM VOLANTE: ESPÍRITO DE BRIGA – FABRÍCIO DEVE ASSINAR POR 2 ANOS E VEM PRA SER O PRIMEIRO VOLANTE TITULAR DO SÃO PAULO EM 2012 – EMERSON LEÃO APROVOU A CONTRATAÇÃO E CONCORDA COM O PRESIDENTE.

O TERCEIRO NOME “APALAVRADO” NAS ÚLTIMAS HORAS É O DE BOLÍVAR – O EXPERIENTE ZAGUEIRO, VENCEDOR NO INTERNACIONAL, MAS QUE RECENTEMENTE ENTROU EM LITÍGIO COM A TORCIDA COLORADA, É UMA INDICAÇÃO “ETERNA” DE MURICY E MILTON CRUZ E VIRÁ EM DEFINITIVO. BOLÍVAR TAMBÉM DEVE ASSINAR POR 2 ANOS.

O QUARTO REFORÇO É O ÚNICO QUE JÁ TEM CONTRATO COM O SÃO PAULO: O LATERAL ESQUERDO DIOGO QUE ESTÁ NO ANDERLECHT DA BÉLGICA POR EMPRÉSTIMO ATÉ MAIO DE 2012. COMO O JOGADOR SÓ ATUOU 3 VEZES PELO CLUBE BELGA, SENDO QUE SUA ÚLTIMA PARTIDA FOI DISPUTADA NA PRIMEIRA SEMANA DE SETEMBRO, PARA ATENDER UM PEDIDO DE LEÃO QUE QUER O ATLETA, A DIRETORIA TRICOLOR JÁ MANIFESTOU AO ANDERLECHT A INTENÇÃO DE TER O ATLETA DE VOLTA E PODE CEDER OUTRO JOGADOR AOS BELGAS PARA TAL LIBERAÇÃO (O ATACANTE KANU DA BASE TAMBÉM ATUA LÁ). A VOLTA DE DIOGO É MAIS UM SINAL QUE JUAN TENHA SEUS DIAS CONTADOS NO CLUBE.

OS OUTROS 3 REFORÇOS QUE O SÃO PAULO TRABALHA SÃO PARA LATERAL DIREITA, MEIA E ATAQUE – LUIZ RICARDO DA PORTUGUESA É O NOME PRA POSIÇÃO QUE PIRIS NÃO AGRADOU; A NEGOCIAÇÃO NÃO SERÁ FÁCIL, MAS O NOME PARECE SER CONSENSO PRA DIRETORIA QUE ACHA ABSURDO O CLUBE NÃO TER LATERAIS COM ÊXITO OFENSIVO; NA MEIA, GIULIANO EX INTERNACIONAL É O NOME TENTADO. GIULIANO ESTÁ NO FUTEBOL RUSSO E O SPFC TENTA SEU EMPRÉSTIMO OU COMPRA PARCIAL DE SEUS DIREITOS – O TREINADOR NÃO FOI CONSULTADO MAS SABE DA QUALIDADE DO MEIA – LEÃO QUER UM 10 MAIS “RODADO” PRA POSIÇÃO; NO ATAQUE, UMA CORRENTE CRAVA QUE TAISON É O NOME E QUE UMA NEGOCIAÇÃO ENVOLVENDO MARLOS PODE TRAZER MAIS UM EX-COLORADO PRO MORUMBI, MAS NÃO É O PRIMEIRO NOME QUE O CLUBE BUSCA: GRAFITE, QUE APÓS FASE RUIM NA ALEMANHA ONDE JÁ FOI ARTILHEIRO NACIONAL ATUA NO CATAR, É A BOLA DA VEZ – GRAFITE QUE ATUOU COM LEÃO EM 2004 É HOMEM DE CONFIANÇA DO TREINADOR E SUA CONTRATAÇÃO JÁ ESTÁ SENDO ARTICULADA PELO CLUBE. O NEGÓCIO NÃO É SIMPLES, MAS CASO SE CONSOLIDE, GRAFITE SERÁ O SUBSTITUTO DE DAGOBERTO NO CLUBE.

NO MAIS, VÁRIOS NOMES BORBULHAM POR AÍ: ARTUR DO SÃO CAETANO, DIEGO RENAN DO CRUZEIRO, BRENO DO BAYERN, WAGNER EX CRUZEIRO, DIEGO TARDELLI DO ANZHI E DIVERSOS OUTROS FAZEM PARTE DE ESPECULAÇÕES E, POR QUE NÃO, PODEM ATÉ APARECER NO SÃO PAULO EM 2012, MAS POR ENQUANTO NADA EXISTE AINDA.

VAMOS AGUARDAR – EM CASO DE NOVIDADES, PUBLICAREMOS AQUILO QUE NOS CONTAREM – ATÉ A PRÓXIMA !!

postado por Aurelio Mendes às 20:23
comente (9 /)

Piada obtida através do perfil de Florindo Gois no Facebook:

"CANIBAL VAI AO MERCADO

Um canibal vai ao mercado para comprar um cérebro para o almoço e vê um vendedor fazendo grande propaganda da qualidade dos cérebros de torcedores de futebol que tem em oferta.
O canibal então pergunta ao homem do mercado:
- Quanto é que custa o cérebro de um palmeirense?
- 50 Reais o quilo.

- Hum! E tem de Sãopaulino?
- Sim. 80 Reais o quilo, é o de melhor qualidade, melhores utilizados e mais desenvolvidos.

- E de santista?
- Também tenho, mas pouco. Produto raro, quase nem se acha mais por ai, 100 Reais o quilo e demora mais para fritar.

- E de curintiano?
- Também há. 400 Reais o quilo.

- O quê????? Mas curintiano é o que mais tem por aí, diz-se que são milhões e milhões, é a segunda maior torcida do Brasil...
Como pode ser tão caro??? - Pergunta o canibal, perplexo.

- Caracas cara!!!!Você por acaso faz idéia da quantidade de curintianos que preciso para conseguir um quilo de cérebro?????? - Responde o vendedor"

 

 

 

kkkkk

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 20:14
comente (0 /)

3 belos motivos, que tê nomes (Dani Mangá,  Rianne Santos e Katiely Katshumi, respectivamente), para a desconcentração Soberana:

 

 

 

 

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:36
comente (2 /)

A imagem fala por si só:

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:40
comente (0 /)

Saiu no blog do Quesada:

 

"Luis Fabiano e Nilmar, o ataque dos sonhos do São Paulo

O atacante do Villarreal da Espanha está na mira do tricolor. Reforço para o lugar de Dagoberto, que deixará o Morumbi em breve.

Nilmar foi companheiro de Luis Fabiano no elenco da seleção brasileira, na Copa da África do Sul.

Se no time de Dunga, eles não formaram o ataque titular, no São Paulo, certamente, a dupla será possível.

No ataque são-paulino em 2012, Luis Fabiano e Nilmar.

O valor do negócio gira em torno de 7 milhões de euros. Os clubes já iniciaram as conversações.

Nilmar começou a carreira no Inter de Porto Alegre. O talento lhe tendeu o apelido de Nilmaradona e logo despertou o interesse do exterior. A primeira experiência na Europa foi no Lyon, da França. Na volta ao futebol brasileiro, contratado por milhões pela MSI, ele defendeu o Corinthians, mas duas contusões graves no joelho atrapalharam as atuações. Nilmar retornou ao Beira-Rio, antes da segunda passagem pela Europa, para atuar no Villarreal."

 

Esse sim seria um excelente reforço.

Vamos torcer para que tudo se concretize.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78
 

postado por Aurelio Mendes às 23:37
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje fora publicada a notícia de que Juvenal Juvêncio teria autorizado Juan Figer à oferecer Lucas para clubes europeus, o que deixou Wagner Ribeiro à beira de um ataque de nervos.

Tentei conversar com algumas pessoas do São Paulo, mas não logrei êxito.

Refletindo sobre o caso concluí que, se JJ adotou tal postura, não feriu direitos de Wagner Ribeiro, pois ele permaneceria como agente de Lucas.

Figer nesse caso atuaria como espécie de "agente" do próprio clube que também tem direitos sobre o passe do jogador.

Então como ocorreu em tempos não tão distantes, onde Ribeiro vinha com uma proposta de clubes europeus para apresentá-la ao São Paulo, o Soberano adotou conduta similar: nomeiou Juan Figer para tentar receber propostas em nome do São Paulo, que apresentaria para Wagner Ribeiro.

O caminho seria o inverso, além de enfraquecer os agentes que só cuidam dos jogadores pensando em dinheiro.

Destaco que o texto decorre de um pensamento meu, não sendo informação vinda do clube do Morumbi,

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:05
comente (2 /)

Olá caros amigos Soberanos, segundo Vitor Birner o Soberano já contratou seu primeiro reforço para 2012, Paulo Miranda, do Bahia.

Entretanto, o que eu achava que seria um jogador para aumentar nosso plantel e talvez virar titular, parece que virá para jogar no lugar de Rhodolfo que deve mesmo deixar o Morumbi (essa notícia do Rhodolfo não está confirmada).

O que vocês acharam da contratação?

Opinem

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 19:39
comente (11 /)

Piada extraída do Facebook do Gilles SPFC:

"Só pra descntrair um pouquinho...


Um sujeito vestiu uma camiseta do corinthians entrou em uma loja de armas e perguntou para o vendedor:
- Qual é o preço de um trinta e oito?
-Não estamos vendedo esse revolver!
... -Então, qual é o preço daquela pistola 9 milímetros da vitrine?
-Também não está a venda!
- E aquela espingarda escopeta calibre 12 da prateleira?
- Ela eu também não está a venda.
-Tó achando que o senhor não quer vender nada pra mim por que sou Corinthiano...
-Pois é isso aí mesmo.
O corinthiano sai da loja espumando de raiva do cara. No dia seguinte ele resolve procurar um advogado, conta a história para o "doutor" e pede que ele tome alguma providência.
Tentando resolver o problema pacificamente, o advogado vai até a loja e pergunta ao vendedor:
- Bom dia, meu amigo. Eu gostaria de saber se você tem alguma coisa contra corinthiano?
- Temos tudo o que o senhor precisar! Revolver, pistolas, metralhadora e, se precisar, consigo granadas e lança chama..."

 

 

 

kkkkkkk

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 12:09
comente (6 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já sabem Leão veio para o Soberano com um contrato de risco, pois sua permanência para o próximo ano não é (ou era) garantida.

Porém, após alguns jogos a diretoria do Soberano vem gostando do trabalho do técnico, que parece estar implementando um tratamento de choque com cautela.

Somado a esse fator, Leão também agradou a torcida Soberana, fazendo com que a diretoria pensasse em mantê-lo por mais tempo no clube.

Certo é que Leão chegou a entregar para a diretoria uma lista de reforços e, provavelmente, o técnico já tem os nomes que serão dispensados no fim desse ano.

O único fator que pode mudar esse raciocínio, a meu modo de ver, é que Felipão está com sua situação no rival cada dia mais delicada, o que acaba despertando interesse de parte da diretoria.

Mudar de técnico por vezes de nada adianta, vide um rival no qual já passaram Luxemburgo, Muricy e Feipão (atual técnico).

Estou gostando da atuação do Leão, mas imaginava que ele seria mais enérgico, ele é muito bom técnico, acho que deveria permanecer no clube.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78.

postado por Aurelio Mendes às 10:14
comente (1 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, o nome da minha filha (quando eu resolver tê-la) será Libertadores, pronto está escolhido. Sabem por quê?

Porque assim nenhum corinthiano colocará a mão nela.

 

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 21:58
comente (2 /)

 

Matéria que saiu no blog SPFC_Agora:

"Corinthians tenta enganar Justiça, perde recurso e terá que pagar “cheque-borracha” a Turbo Sport.

 
 
Além de caloteiros, diretores do time da marginal sem numero são burros também.

Corinthians e Turbo Sport mantinham uma relação comercial até a data em que Andres Sanches “pagou” R$ 850 mil para quitar uma dívida referente à transação de André Santos, com cheque do clube contendo apenas uma assinatura, mesmo sabedor de que seriam necessárias duas, conforme prevê o Estatuto.

Ficou nítida a intenção de não pagar o valor devido, fato confirmado, posteriormente, coma devolução do referido cheque.

Indignada, a empresa ingressou com ação contra o clube, tendo logrado êxito, gerando pendência, acrescida de juros e custas processuais, que ultrapassam R$ 1,2 milhão.

Para recorrer da decisão, mesmo sabedor de que o clube não agia de boa fé, os advogados do Corinthians tiveram que efetuar, em juízo, o pagamento do valor estipulado pela Justiça.

Por se tratar de uma causa perdida, depositar, por si, já seria um ato de pouca inteligência, porém, a defesa executada pelos comandados do Dr. Sergio Alvarenga, diretor jurídico, conseguiu ser ainda pior.

O Corinthians, em novo ato de tentar manter o “calote”, disse já haver quitado a dívida por intermédio de TED bancário.

A Turbo Sport, em contrapartida, comprovou que a tal transferência nada tinha a ver com o objeto do referido cheque.

Os R$ 850 mil teriam que ser pagos pela multa rescisória do contrato firmado entre Corinthians e Turbo Sport, quebrado pelo clube quando negociou André Santos sem a anuência da parceira.

Os valores do TED tratavam-se dos direitos (40%) que a empresa tinha direito a receber sobre a negociação."

 

Esse time faz escola, aliás não faz não.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 01:06
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, apesar do título desse post, Messi não tem chances de vir, atualmente, para o Tricolor Paulista, uma pena.

O que o título tem haver então?

Respondo: Com a nossa fase atual, entendo que, mesmo que Messi viesse para o Soberano, não conseguiríamos ter bons resultados. Messi é um craque, talvez o melhor jogador da atualidade no mundo, mas quando a maré é de azar, ninguém pode fazer nada.

Já trocamos de técnicos várias vezes, alteramos formações e escalações, contratamos jogadores promissores e estrelas, e mesmo assim nossa campanha não é das melhores. Por ainda: há quase um terço do Brasileiro não vencemos. É pouco, muito pouco.

Messi no time atual, seria mais uma estrela que não conseguiria brilhar, pois iria lhe faltar equipe, e isso nós não temos. Apesar de um elenco forte e robusto, ao menos no papel, esse time parece não estar dando liga, de modo que Messi ficaria um tanto quanto "isolado" em campo.

 

Mas tenho fé, se Messi não vem, não tem problema, torço para o Soberano, o que me faz crer que ano que vem, nosso coletivo irá suprir a ausência de um craque como ele.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:44
comente (1 /)

As vagas mais disputadas hoje são para os camarotes do Fielzão, vejam a foto abaixo:

 

Foto: Facebook de Fábio Borges

 

 

kkkkkkkk

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 22:44
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores soberanos, vejam a matéria do site Uol:

 

"Luana Piovani exibe presente são-paulino para filho e rebate palmeirense: “pano de chão”

Comentários

Atriz que interpretou uma palmeirense fanática no filme “O Casamento de Romeu e Julieta”, a são-paulina Luana Piovani chamou a camisa do Palmeiras de pano de chão pelo Twitter após brincadeira de um internauta.

Grávida de seu primeiro filho, fruto do namoro com o surfista Pedro Scooby, Luana Piovani ganhou de presente do ator e diretor Selton Mello um conjunto infantil do São Paulo para o bebê que se chamará Dom e exibiu pelo Twitter.

 


Um de seus seguidores então resolveu responder avisando que daria um conjunto do Palmeiras para a atriz, mas a resposta dela não foi muito agradável ao palmeirense.

 

 

 

Só rindo mesmo. Dá-lhe Luana.

 

kkkkkk

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:14
comente (1 /)

Uma foto vale mais do que mil palavras, o trenzinho para Itaquerão

 

 

Que nojo isso aí, quem é bambi??

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 19:59
comente (0 /)

 

Publicação do site uol:

"São-paulino Cañete terá que passar por cirurgia e só deve voltar em 2012



O meia argentino do São Paulo, Marcelo Cañete, terá que passar por cirurgia para tratamento da lesão sofrida na partida do último domingo, contra o Vasco, em São Januário.

Segundo informação do site oficial do São Paulo, o jogador foi submetido na tarde desta terça-feira a exames complementares para avaliar a instabilidade do ligamento cruzado posterior do joelho direito e, de acordo com os resultados da avaliação, será necessária a intervenção.

Ainda não foi definida a data para a cirurgia, devendo ocorrer nos próximos dias, a critério da equipe cirúrgica.

De acordo com informações da assessoria do São Paulo, com relação ao período de afastamento do atleta, o departamento médico do clube esclarecerá somente após a realização do procedimento.

Mas o médico do São Paulo, José Sanchez, já havia dito que se fosse escolhido um tratamento convencional, a tendência é que ele precisaria de no mínimo um mês de recuperação, o que inviabilizaria a sua participação no restante da atual temporada."

 

Olá caros amigos, mais uma vez o blog saiu na frente e notíciou que Cañete ficaria no mínimo 4 meses afastado. http://blogs.spfc.net/amon78/7908

Boa recuperação ao jogador.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 19:39
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, não é que R9 deixou o Flamengo de lado? Vejam a prova publicada no site Uol:

 

"Carrasco de centroavantes, advogado impõe primeira derrota a Ronaldo Fenômeno

 



O advogado João Alberto Romeiro nunca foi um bom zagueiro marcador, mas, nos tribunais, vem acumulando a fama de carrasco de centroavantes. Depois de obrigar Romário a leiloar uma cobertura, na Barra da Tijuca,  a um preço final de R$ 8 milhões para quitação de dívidas, o advogado mira o patrimônio de Ronaldo Fenômeno, por danos morais, materiais e aluguel atrasado.

O caso ainda está em tramitação na Justiça fluminense mas o centroavante acusa a primeira derrota: terá de pagar R$ 86 mil de alugueis atrasados de um imóvel alugado em Jacarepaguá e que acumula problemas junto à Prefeitura.

O advogado não está satisfeito, continua marcando duro até obter indenização extra por lucros cessantes, danos materiais e danos morais.

O caso não é tão simples. João Romeiro já perdeu um recurso no Tribunal de Justiça  pela decisão da relatora, que não considera o ex-jogador como responsável fisicamente pelo contrato de locação. De fato, quem assinou o contrato foi a empresa RDNL, criada inicialmente em parceria com o fisioterapeuta Filé.

Foi a RDNL que alugou o imóvel em Jacarepaguá. Em uma das cláusulas, havia previsão de demolição de uma área de 386 metros quadrados. O problema é que a empresa do ex-jogador demoliu a área para construir uma praça de alimentação, sem autorização da prefeitura.

A praça de alimentação seria usada por alunos da Universidade Estácio de Sá, à qual Ronaldo é associado. O prédio da universidade funciona no terreno ao lado.

 O problema surgiu quando a prefeitura visitou a praça, exigindo alvará e a autorização de uso de área construída. Como não havia documentação, veio o embargo do lote.Várias tentativas foram feitas para legalização da obra, mas sem sucesso.

Sem esperanças, Ronaldo quis, então, devolver o imóvel ao proprietário: sem sucesso. O proprietário acusou perdas materiais com a demolição e redução oficial de seu terreno útil, a partir da nova legislação urbana.

A prefeitura diminuiu a área a ser construída no terreno para 152  metros quadrados,  exigindo recuos de frente e fundos, por onde passa um rio. Sem poder entregar as chaves, Ronaldo deixou de pagar o aluguel desde julho de 2010.

“O proprietário teve uma redução de quase 50 % da área a ser construída. Se Ronaldo tivesse pedido autorização à Prefeitura, saberia dos impedimentos e manteria o imóvel antigo”, alega João Romeiro, advogado do proprietário, Paulo Bustamante Jr.

"Queremos que a Justiça entenda que nosso cliente não poderá mais construir uma casa de 386 metros quadrados no terreno e que foi prejudicado pela falta de autorização formal, quando houve a demolição da área", explicou o advogado.

 O advogado de Ronaldo, Marcelo Gandelman, não retornou a ligação do UOL Esporte até a publicação da matéria."

 

 

kkkkkkkk.

Hilário 2 de hoje.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amn78

postado por Aurelio Mendes às 14:09
comente (1 /)

Olá caros amigos Soberanos, por essa Neymar não esperava:

 

Foto: Grupo Soberanos

 

kkkkkkkkk

Hilário

kkkkk

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 12:19
comente (3 /)

Olá caros amigos Soberanos, acabei de ouvir de uma fonte que o diagnóstico feito em Cañete não é tão positivo, e se for confirmado, por exames de imagem, Cañete poderá ficar em torno de 4 meses sem poder jogar.

Uma pena, vamos torcer para que o diagnóstico não se confirme.

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 22:16
comente (5 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tivemos mais uma partida daquelas, não é?

Se não fosse o garoto Dênis tínhamos saído de campo com mais uma derrota, o que tiraria de vez qualquer chances de classificação para a Libertadores de 2012.

Ocorre que ver o Soberano jogar me lembra dos "contras" que participava na vizinhança, onde jogávamos bola sem compromisso algum e, perdendo ou ganhando, tudo era festa e se resolvia em um pós-jogo com muita "breja" e churrasco.

Pior ainda, havia times que joguei (e olha que sou um grosso em campo) que era capaz de jogar em mesmo nível que nosso Soberano, o que significa dizer que, daqueles velhos e bons "contras", acho que o Tricolor atualmente se equipara ao time dos casados no tão conhecido Casados vs Solteiros.

Vocês também devem ter presenciado muitos jogos em que os solteiros venciam pelo cansaço exarcebado dos casados, que não mereciam de forma alguma ter "casa, comida e roupa lavada".

Nossos jogadores estão apáticos e parecem que NUNCA jogaram juntos antes. Passes de lado, sem qualquer objetividade e agressividade. Sorte dos adversários.

Não me refiro apenas ao jogo de hoje, mas ao ano inteiro, período no qual o Soberano não convenceu até agora.

Trocamos de técnico várias vezes até a chegada de Leão, momento no qual eu disse: "Agora vai!".

Será mesmo que vai? Já foram duas partidas, uma derrota e um empate, sem qualquer evolução dentro do campo.

Por vezes me sinto como se estivesse em um beco sem saída, mas acredito sempre que dias melhores virão, pois sou Soberano e isso ninguém irá me tirar.

Agora só falta definirmos o time dos solteiros, pois o de casados já está devidamente escalado.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 19:09
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tem Vasco pelo Brasileirão, em jogo tido como de 6 pontos. pois o rival carioca é líder da competição e nós ainda brigamos por uma vaga na Libertadores.

Será o segundo jogo de Leão à frente do Soberano que entrará muito desfalcado e provavelmente com apenas um homem de frente.

Outra novidade é o esquema com três zagueiros, ou seja, voltaremos ao velho e, nem sempre bom, 3,5,2, de modo que o meio será formado por dois volantes e um meia, no caso Lucas.

Marlos e William José irão compor a linha de dois homens de frente, apesar que Marlos joga muito melhor um pouco mais recuado, um pouco à frente da linha de meio de campo.

William José tem potencial, mas não tem experiência no profissional, o que o torna uma incógnita.

Além de tudo, falta entrosamento para o time, justamente no jogo contra o líder.

Eu particularmente não gostei muito do esquema, pois jogaremos com dois volantes e uma meia-atacante no meio de campo, de modo que haverá um buraco no setor de criação do time.

Com o futebol que estamos jogando, acho difícil vencermos o Vasco, acho que um empate ficará de bom tamanho.

 

Vejam também o "frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7882

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 11:25
comente (0 /)

 

Vamos para mais uma análise:

1) Fernando Prass vs Dênis: Fernando Prass é muito bom goleiro, tem posicionamento e sabe sair do gol. Dênis também é bom goleiro, mas joga muito pouco, acho que Prass tem vantagem;

2) Allan vs Xandão: Xandão é sempre uma inconstância, Allan, apesar de não ser da posição, fica com meu voto;

3) Renato Silva vs João Filipe: João Filipe tem posicionamento e sabe sair muito bem com a bola, Renato Silva é fraco, fico com o Soberano;

4) Dedé vs Rhodolfo: Duelo de titãs, ambos são zagueiro excepcionais, mas fico com Rhodolfo, apesar da fase;

5) Felipe vs Piris: Felipe não é da posição, mas joga muito bem. Piris está em queda de rendimento, assim irei apostar no empate;

6) Jumar vs Juan:  Jumar.

7)  Rômulo vs Wellington:  Rômulo está vivendo boa fase, Wellington é melhor técnicamente, mas falta-lhe experiência e tranquilidade. Empate;

8) Juninho Pernambucano vs Carlinhos Paraíba:Juninho Pernanbucano está jogando muito, Paraíba é dedicado, mas não estou gostando de seu futebol. Fico com Pernanbucano;

9) Bernardo vs Lucas: Empate, pois Lucas não vive boa fase, mas tem mais potencia;

10) Éder Luis vs Marlos: Gosto do Marlos, apesar de ser minoria. Éder Luis vem jogando bem. Empate está bom;

11) Élton vs Willian José: Esse embate é uma incerteza pois o jogador Soberano não teve muitas oportunidades para mostrar seu futebol. Sem voto.

Técnico) Cristóvão Borges e Leão: Leão.

 

 

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7883

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 11:24
comente (0 /)

Manifesto contra o fielzão. Contos de Fábula. O Ar

 

 

Caros amigos leitores, peço encarecidamente que vocês leiam esse post, entretanto, antes disso, vocês devem se indagar, o que realmente importa para mim?

Bom hora de utilizarmos o verbo.

Ontem me indaguei, “Trabalho em três lugares distintos, dou um duro danado em prol do quê?” E ante essa indagação, refleti a respeito: Porque quero uma vida melhor, quero dar tudo de bom para meus filhos, quero dar conforto para minha esposa, Quero ajudar minha mãe e meu pai. Mas será que isso realmente será possível? Querem uma resposta verdadeira? NÃO. A resposta é não, ao menos se as coisas continuarem como estão.

A unica conclusão que pude chegar é que, dou um duro danado, ralo, rolo, me fodo para que o Estado, isso mesmo o Estado, ao invés de investir em Saúde, Segurança Pública, Educação e desenvolvimento, esta “investindo” em um estádio de futebol com o propósito único de atender as mesquinhas vontades de Ricardo Teixeira e Andres Sanches.

E não me venham falar que o Estado não está custeando nada. Ora caro amigo, o pior cego é o que não quer ver. Ao isentar o Corinthians de pagar TODOS os impostos que pagamos, ele está sim custeando a obra do estádio. Estou mentindo?

Nós pagamos Imposto de Renda, Imposto de Importação, Exportação, Imposto Sobre Produtos Industriais, IPVA, IPTU, ICMS, ITBU, etc… Certo que por definição os impostos não podem ter destinação definida como também seu recolhimento é, por regra, obigatório. Daí o termo Imposto, o pagamento é imposto à você. Mas isentar a cosntrução de um estádio do pagamento de impostos. ISSO É DESAFORO, é nos chamarem de imbecis.

O Corinthians não pagará os impostos mais pesados, além de que, com a demora, o Estado irá custear sim o estádio, como se fosse uma situação de emergência, sem licitação provavelmente.

Estou  indignado com o que esta ocorrendo no Brasil, todos os políticos estão atuando em  prol do Ricardo Teixeira e de Andrés Sanches. Esta na hora de dar um basta. Vamos ver quem manda no país, nossa Constituição determina em seu art. 1º, da CF/88, “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”, ou seja, o povo é SOBERANO e a ele pertence o poder.

Então caros amigos, quando vocês pegarem uma fila lascada para levar seus filhos ao hospital, quando quiserem fazer compras e não tiverem dinheiro, quando forem assaltados na rua, quando tropeçarem na rua e quebrarem o pé, quando pegarem aquele ônibus, metrô ou trem lotados e irem em pé, forem encoxados, lembrem-se: O dinheiro que seria investido nisso tudo esta sendo utilizado para construir um determinado estádio, que aliás, será construído em uma região esquecida desde sempre pelo Estado.

Deverá ser muito bom para moradores daquela região ter um Estádio vizinho, sem ter condições humanas mínimas para a própria sobrevivência, tais como: saneamento básico, vagas em creches e escolas, condução decente, hospitais, medicamentos, etc…

A região de Itaquera está deteriorada, precisa de reformas em sua infra-estrutura e  não de um Estádio, que aliás ficará esquecido após a Copa, será um gigante quase sem uso.

Então caro leitor, esta na hora de mostrarmos o que queremos e quem esta no poder. Ou você vai sacrificar a saúde de seu filho em prol de um Estádio custeado com SEU dinheiro?

Assim invoco todos aqueles que entendem a importância do que estou falando, para nos unirmos contra essa barbárie que esta ocorrendo.

Como?

De um modo muito fácil, você que é São Paulino, Palmeirense, Santista, Flamenguista, ou torcedor de qualquer outro time que não o Corinthians, nos unamos – A União faz a força –  e com atos como o de Sherazade, aquela mesma dos Contos de Fábula, vamos impedir a construção a tempo desse estádio denominado Fielzão.

Nós São Paulinos temos que liderar esse movimento. É NOSSA OBRIGAÇÃO. Enquanto nosso clube esta lutando contra tudo e contra todos, nada estamos fazendo. Os Palmeirenses estão presenciando como é difícil construir um Estádio sem apoio do Ricardo Teixeira e do Estado. Os Flamenguistas foram enganados de forma amoral por Ronaldo e por Andres.

Então vamos a luta, temos motivos de sobra.

Façamos como Sherazade, ora nobre amigo trabalhador, você realmente vai dar um duro danado para facilitar as coisas para Andres e Ricardo Teixeira. Enrole amigo, quebre alguns tijolos ao dia, desperdice um ou outro saco de cimento, demore 30 minutos a mais no transporte de materiais, pois condutas pequenas como essas, multiplicado por milhares de trabalhadores irá gerar um atraso significativo na obra. Mas isso não é desperdício?

É. Mas enquanto você esta lá na obra dando um duro danado, comendo marmita fria, passando frio, calor, tomando sol ou chuva, os doutores (Andres e Teixeira) estarão em suas salas com ar condicionado a suas custas, comendo do bom e do melhor, rindo de nossas caras.

Sem falar que já estão falando que 1o% é gorjeta do garçom. Estácompreendendo? E o que seria uns quatro ou cinco tijolos desperdiçado por dia?!

Vamos para uma enrolação total.

Você fornecedor, não facilite tanto o pagamento, você servidor público  exija toda a burocracia possível, pois o Estado é campeão nisso. As vezes, demora uns seis meses para conseguir um documento. Não é assim?

Você fiscal, fiscalize. Você Promotor, fiscalize, seja nosso “Custos Legis” como nunca. vamos nos unir. TODOS, TODOS. TODOS mesmo.

Vamos mostrar quem é que MANDA NESSA PORRA. O Poder emana do povo diz a Constituição. Ou vão deixar Andres e Teixeira mandarem?

Não quero publicidade, quero é mandar ver. Então publiquem esse texto nos seus blogs, sites, imprima, distribua, cole como se fosse frase de caminhão, escreva em sua prova, cole no seu e-mail, envie para todos, todos, TODOS mesmo, em uma corrente do bem.

Estou postando em um blog criado unica e tão-somente para isso, mas quero que isso se espalhe, se espalhe não como um vírus, porque vírus são ruins, mas como o ar, o ar que necessitamos para viver, para dar vida a nossos sonhos, para atendermos as necessidades de nossa família.

Temos que fazer isso, nosso governantes são fanfarrões. Não nos representam como deviam. Vamos mudar tudo. Esta na hora. Não quero continuar a dar um duro danado para bancar estádio para o Andrés. E isso eu não vou fazer, e ainda friso o art. 1º, da CF/88, “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição”, ou seja, o povo é SOBERANO e a ele pertence o poder.

O POVO É SOBERANO, entenderam amigos ?

Está na hora de agirmos.

 

Manifesto copiado na íntegra do site: http://manifestocontrafielzao.wordpress.com/

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:30
comente (0 /)

"Uma professora da primeira série explica para a classe que ela é Corintiana fanática. Ela pede para as crianças da sala que levantem as mãos, se também torcem pelo Corinthians. Todos na classe levantam a mão, menos uma menininha no fundo da sala.

A professora olha com surpresa para a menina e diz:

-Marianinha, por que é que não você não levantou a mão, car#lho?

-Porque eu não torço pelo Corinthians - respondeu ela.

A professora perguntou:

-E não torce pelo Corinthians, por quê?

-Sou do São Paulo, o melhor clube do mundo, e tenho orgulho disso. -respondeu a menina.

A professora não acreditava no que os seus “delicados” ouvidos corintianos ouviam.

-Marianinha, que pecado você cometeu para ser São Paulina, minha filha?

-A minha mãe é São Paulina, o meu pai é são-paulino também, o meu irmão também, os meus avós também, por isso sou São-paulina! – disse a garotinha toda orgulhosa.

-Katzu! - disse, com toda educação, a professora - Isso não é motivo para torcedora do São Paulo, p#rr#! Você não tem que ser sempre do que os teus pais são, c#r#lho! – e continuou:

- Então, se a tua mãe fosse uma puta, o teu pai um corno e o teu irmão um viado, o que você ia ser??

E a menina responde rápido:

-Aí é fácil! Eu ia ser professora e corintiana!..."

 

 

kkkkkkkkkkkkkkk

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:58
comente (18 /)

 

Olá caros amigos Soberanos, hoje tem Libertad com gosto especial, Leão é nosso novo treinador.

Todos sabemos que nosso técnico tem pulso firme e irá colocar muita coisa nos eixos, de modo que acredito que iremos subir pelas tabelas.

Um fator decisivo e que irá fazer Leão tirar leite de pedra, é que o técnico só ficará no Soberano no próximo ano se fizer boas partidas em 2011, o que significa que o empenho deverá ser o máximo possível.

Algumas alterações deverão ser feitas, inclusive já foram iniciadas, tanto que Rivaldo nem viajou com a delegação, o que - para alguns- fora uma exigência do JJ.

Outra boa novidade é a possível entrada de Cañete em campo, pois o meia tem bom passe de bola e poderá fazer a diferença em um jogo mais cadenciado.

Acredito na classificação, sofrida é verdade, mas ela virá.

O Soberano terá que jogar com muita cautela e com muito toque de bola, pois eles tentarão jogar no nosso erro. Se abrirmos espaço, poderemos tomar gol desncessário. Basta a tranquilidade que a classificação virá.

Apesar de ser um bom time, o Libertad não tem a qualidade do SPFC que, apesar da má fase, sabe fazer sua lição de casa, basta a vontade.

Acho que venceremos por 2 a 1, o que fará que o Soberano fique mais confiante e retome o bom futebol.

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7739

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:52
comente (0 /)

 

Vamos para mais uma análise, na qual nosso técnico sairá vitorioso em tempos: 


 

1)  Bernardo Medina e Rogério Ceni: Ceni é o nome;

2) Víctor Ayala e Piris: Apesar de Ayala ter um bom apoio, Piris é mais ágil no apoio e sabe voltar com mais precisão, além de ser muito bom marcador. Piris vence;

3) Pedro Sarabia e João Filipe: João Filipe tem muita qualidade, se tiver tranquilidade, vence o confronto, pois se posiciona melhor;

4) Ismael Benegas e Rhodolfo: Rhodolfo é um dos melhores zagueiros do país, apesar do momento não muito favorável, passa mais confiança; Fico com  o Soberano;

5) Miguel Samudio e Juan: Nessa posição as coisas se complicam um pouco, pois Juan, apesar das estatísticas não me agrada muito. Samudio, para mim, também está aquém de ser um bom lateral esquerdo. Acho que o empate cai bem;

6) Ariel Núñez e Denilson: Denílson tem mais uma chance para fazer boa atuação. Ele tem pegada mais dura que o rival, mas é leal. Por isso fico com o nosso jogador;

7) Víctor Cáceres e Wellington: Wellington está adquirindo experiência aos poucos, mas a fase não ajuda. Cáceres tem mais cautela na saída de bola, o que lhe dá uma ligeira vantagem;

8) Omar Pouso e Cícero: Cícero caiu de produção, por mim não começaria o jogo. Pouso, ah, que fique repousando em campo. Empate;

9) Luciano Civelli e Lucas: Lucas é craque, se manter a cabeça no lugar, vence o embate com facilidade;

10) Robin Ramírez e Dagoberto: Se Dagoberto entrar em campo centrado, já que assinou com o Inter, será destaque na posição, porém terá que ter cuidado com suas quedas. Por mim Dagoberto viraria reserva, a menos que os outros jogadores não correspondessem. Ramírez é mediano. Dago vence, apesar dos pesares;

11) Cristian Menéndez e Luis Fabiano: Luis Fabiano vence, assim direto e reto;

Técnico: Jorge Burrochaga e Emerson Leão: Não tem como comparar, pois Leão estava de férias forçadas, mas aposto nele.

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7740

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:52
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, como escrevi no sábado, sabendo da notícia desde sexta  (http://blogs.spfc.net/amon78/7605) - o Soberano anunciou o novo técnico, Leão.

Obrigado à minha fonte que por três vezes me deixou bem informado.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 13:55
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores, acho que após essa figura, não é preciso dizer mais nada:

 

 

Sem mais

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 08:27
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tem Coxa no Morumbi.

Jogo importante para as duas equipes, pois o Tricolor ainda luta pelo título e o Coxa almeja uma vaga na Libertadores.

Os visitantes não terão em campo importantes nomes do elenco, que é limitado, exemplo é o meio Tcheco e Leandro Donizete, bom para nós.

O técnico rival disse que poderá entrar em campo com três meias ou três volantes, para mim não há a mínima chance da primeira hipótese ocorrer, pois o Coxa sabe que se entrar muito exposto, a possibilidade de derrota será muito grande. Acho que também a segunda hipótese não irá ocorrer, pois um time muito recuado favorecerá o Tricolor.

Do outro lado, não teremos Denílson, de modo que alguns jogadores irão disputar essa vaga que, para mim, seria de Jean.

Jean é muito bom jogador, mas tem que jogar na sua posição. Outro nome que entendo deveria entrar em campo, é o Marlos, pois daria mais mobilidade ao time, além de velocidade. E ainda temos que ressaltar eu Cícero não vive uma boa fase.

Temos tudo para vencer, se isso ocorrerá eu não sei. A derrota poderá significar o adeus definitivo ao título.

Se vencermos, dependendo dos outros resultados, estaremos novamente na briga direta pelo título.

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7610

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:57
comente (0 /)

 

 

Vamos para mais uma análise do jogo:

1) Rogério Ceni e Vanderlei: Ceni é imbatível na posição;

2) Piris e Jonas: Piris é bom jogador, mas a fase não é das melhores. Jonas tem um bom apoio e sabe marcar, Jonas vence.

3) João Filipe e Jeci: Apesar de ser menos experiente João Filipe é melhor jogador, só precisa de controle emocional para ser um dos melhores na posição. Fico com o Tricolor;

4) Rhodolfo e Emerson: Rhodolfo é um excelente zagueiro, sabe se posicionar, cabeceia bem, é quase completo. Fico com ele;

5) Juan e Lucas Mendes: Lucas Mendes, direto e reto;

6) Wellington e Willian: Apesar de ser um bom jogador Wellington não vive uma boa fase, e demonstra certa insegurança. Willian vence, por pouco;

7) Casemiro e Léo Gago: Casemiro só precisa cair na real para ser um jogador excepcional, Léo Gago tem mais força e pegada. Mas pela saída de bola e possibilidade de chutes a longa distância, fco com Casemiro;

8) Cícero (Marlos) e Everton Costa (Gil): Se for Cícero o jogador do Coxa tem ligeira vantagem, se Marlos for à campo, acho que sua velocidade e mobilidade trará vantagens para o Soberano; Everton na primeira hipótese e Marlos na segunda;

9) Lucas e Rafinha: Lucas vem mal no campeonato, se continuar assim cairá na mesmice. Rafinha é um bom jogador, na atual fase, voto no empate;

10) Dagoberto e Marcos Aurélio: Dagoberto vence, pois a fase é excepcional;

11) Luis Fabiano e Bill: Fabuloso vence, curto e grosso;

Técnico) Milton Cruz e Marcelo Oliveira: Milton Cruz é melhor, mas não pode ser amigão dos jogadores.

 

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7611

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:56
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, vejam a reportagem que fora publicada no site Uol:

"PM pede desculpas por usar 'bandido corintiano' em simulação de roubo na TV



A Polícia Militar emitiu nota oficial pedindo desculpas por ter feito simulação de roubo em que o bandido vestia a camisa do Corinthians e assaltava uma pessoa com o uniforme do São Paulo.

A cena foi exibida ao vivo no SPTV, da Rede Globo. A simulação era parte do treinamento da corporação em reprimir assaltos.

No comunicado à imprensa, a PM diz que não teve a intenção de macular a imagem dos envolvidos, no caso o Corinthians. Em seguida, a corporação pede desculpas pelo ocorrido, destacando que tomará cuidado nas próximas teatralizações.

A gafe cometida pela Polícia foi reprovada pelo comentarista Osmar de Oliveira, da Rede Bandeirantes.

“Muito de mal gosto [sic] o treinamento da Polícia de SP, onde o ‘bandido’ estava vestido com a camisa do Corinthians”, postou o comentarista esportivo no Twitter.

Confira a nota oficial da PM:

"A Policia Militar lastreia seus treinamentos calcada no respeito integral aos direitos fundamentais do cidadão, não fazendo e não admitindo nenhum tipo de discriminação. O episódio foi ocasional e pontual, não havendo intenção em macular a imagem de quem quer que seja. Lamentamos o ocorrido e nos desculpamos publicamente, e esclarecemos que a Instituição já orientou as unidades escolas a tomarem cuidado em eventuais alusões nos momentos de teatralizações""

 

Parece que a arte imita a vida nesse caso, nada mais real do que simular um combate ao crime, com um figurante uniformizado. kkkkkkkkkkk

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 23:26
comente (0 /)

Olá caros amigos Leitores Soberanos, todos já devem saber o conteúdo da mais recente e lamentável declaração do sr. Rosemberg, dirigente do small club.

Vocês sabem o que da desse sujeito?

Que ele tem muita inveja do Mais Querido. Fora o número de torcedores, somos maiores em tudo, de tal sorte que, se somos "pequenos", como ele diz, eles são desprezíveis.

Eles gostam de dar na picanha e falam que somos nós. Depois retrucamos e eles ficam cheiam de MI,MI,MI.

Falam que temos panetone, e eles o que têm?

A FÁ,FÁ,FÁ, fazendinha apenas. O  Itaquerão é só terreno e eles se gabam de nós! Ridículo.

E o local do itaquerão que será onde o  SOL faz a curva? LÁ,LAÁÁÁÁ longe, onde até a Fifa duvida.

E eles ainda ficam cheiam de SI. Fazer o quê? Comemorar o nada é com eles mesmos, pois temos 25% menos de idade que eles, e já temos muito mais títulos.

Se quer falar, que fale. Quero ver comparar os títulos e patrimônio. Daí realmente daria do small club.

Obs: Para quem não sabe a escala de Dó maior, é formada pelas notas: Dó, ré, mi, fá, sol, lá, si, dó.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 23:07
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, um amigo de dentro do SPFC acabou de me confidenciar que está praticamente tudo certo com  o novo técnico do Tricolor Paulista. Parece que teremos a confirmação disso até a próxima terça-feira.

Se isso se confirmar acho que o JJ já tinha um nome em mente e alguma conversa adiantada.

E se tivesse que apostar em alguém - o faria em Leão, a meu contra-gosto.

Eu gostaria de Muricy, Dunga ou Felipão.

Vamos esperar para ver se tudo isso se confirmará.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 22:22
comente (0 /)

 

Vamos ao "Frente a frente com o inimigo" de hoje:

 

1) Rogério Ceni e Tobías Vargas: Ceni é muito mais experiente, se posiciona melhor e é mais importante para o coletivo. Ceni vence;

2) Ivan Piris e Carlos Bonet: Carlos Bonet tem uma pegada de qualidade, dígno de bons laterais sul-americanos. Porém Piris é um pouco mais ágil e consegue votlar do apoio com mais facilidade, além de ser melhor marcador. Piris vence;

3) Xandão e Pedro Sarabia: Xandão é quase sinônimo de instabilidade. A má fase do jogador é patente, tanto que vem falhando com certa frequência. Por isso fico com o Sarabia;

4) Rhodolfo e Ignacio Canuto: Rhodolfo, apesar de algumas falhas, tem mais qualidade. Se ele jogar com calma irá se sobressair na partida. Rhodolfo recebe meu voto;

5) Juan e Miguel Samudio:  Nessa posição as coisas se complicam um pouco, pois Juan, apesar das estatísticas não me agrada muito. Samudio, para mim, também está aquém de ser um bom lateral esquerdo. Acho que o empate cai bem;

6) Denílson e Víctor Ayala: Denílson tem entradas duras, mas Ayala por vezes beira o grotesco. Acho que fico com o Denílson que é mais técnico;

7) Wellington e Víctor Cáceres:  Wellington está adquirindo experiência aos poucos, mas a fase não ajuda. Cáceres tem mais cautela na saída de bola, o que lhe dá uma ligeira vantagem;

8) Cícero e Sergio Aquino: Cícero caiu muito de produção, Aquino não é tão técnico, mas acho que fico com ele;

9) Lucas e Luciano Civelli: Lucas é craque, se manter a cabeça no lugar, vence o embate com facilidade;

10) Dagoberto e Robin Ramírez: Se Dagoberto entrar em campo centrado, será destaque na posição, porém terá que ter cuidado com suas quedas. Ramírez é mediano. Dago vence;

11)Luís Fabiano e Pablo Velázquez: Luis Fabiano está vivendo um período que não lhe é comum, o de ausência de gols. Deve marcar o seu nessa partida. Assim espero, opto por ele, pois é craque.

Técnico: Milton Cruz e Jorge Burruchaga: Milton Cruz é um bom substituto, Burruchaga é um bom técnico. Mas pela experiência acho que Burruchaga terá uma ligeira vantagem.

 

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7489

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 23:37
comente (2 /)

 

Hoje tem Libertad em partida válida pela Copa Sul-Americana, campeonato que particularmente gosto.

O Soberano está saindo de uma "crise", ao menos tenta sair, e terá que jogar como nunca. Uma derrota poderá significar o aumento da instabilidade do time.

Essa semana Juvenal Juvêncio deu a dica, Rivaldo não deverá ser titular. Provavelmente, nosso presidente entende como sendo Rivaldo um dos nomes que prejudicaram o Soberano. Como já disse no domingo, muitos falam que o craque é um dos responsáveis pela queda do Adílson, pois estava descontente com sua não escalação como titular.

Provavelmente iremos entrar no 4,4,2 com Piris marcando muito e apoiando como elemento surpresa. Jogaremos, dessa vez, com dois volantes apoiando os zagueiros e se revezando no avançao ao ataque. O que dará uma certa liberdade ao Cícero para distribuir as bolas aos colegas de ataque.

Lucas deverá jogar um pouco mais a frente de Cícero, mas atrás de Fabuloso e Dago, que deverá se movimentar pelas pontas para abrir espaço e tentar que o Fabuloso tenha um pouco mais de espaço para reveber a bola.

O Libertad tentará jogar nos erros do Soberano e tentarão encaixar o contra-ataque de qualquer modo.

Cautela será a tônica do jogo.

Acho que uma vitória por dois gols de diferença irá cair bem.

Vejam também o "frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7490

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 23:37
comente (0 /)

"Na frase "EU SOU CORINTHIANO" qual é o tipo do sujeito? perguntou a professora.


Joãozinho respondeu: "Depende, se for sujeito simples é LADRÃO, se for composto é QUADRILHA, se for oculto é TRAFICANTE, mas se for indeterminado aí é TRAVESTI."
E se for sujeito inexistente ai é LIBERTADORES!"

 

kkkkkkkk

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 00:15
comente (1 /)

Não preciso dizer nada, por isso a união de duas colunas:

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 23:58
comente (0 /)

Desse modo meus amigos, até eu reconhecia o mundialito:

 

Foto: Grupo Soberanos

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

 

postado por Aurelio Mendes às 23:48
comente (0 /)

Se alguém souber o que significa maça, por favor me avise:

Foto facebook Rafael Gonçalves

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 17:54
comente (2 /)

Vejam vocês mesmos:

 

Foto: Grupo Soberanos

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 03:12
comente (7 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, todos estamos ansiosos para saber quais serão os próximos passos da diretoria soberana. Se irão esperar até o fim do Brasileirão para contratar um técnico, se esse profissional será anunciado nas próximas horas, se jogadores irão sair, quem irá chegar, etc.

Ocorre que o ANO AINDA NÃO TERMINOU, no Brasileirão nossas chances são escassas, mas existem. Todavia, ainda temos a Sul-Americana campeonato que entendo ser muito legal, e competitivo. Quero e muito ganhar esse campeonato, então, no meu ponto de vista, a diretoria precisa escolher um técnico o quanto antes, porém com calma e tranquilidade, em outras palavras, entendo que em umas duas semanas o novo téncico deveria ser apresentado. O que isso traria de bom?

Uma maior competitividade na Sul-Americana e no Brasileirão e um "melhor entrosamento" entre o novo técnico e o elenco que, inclusive, deverá ser renovado com a saída daqueles que não vestem o manto com a devida honra e dignidade.

Vamos nos lembrar do que o M1t000 disse outro dia, afirmando que há jogadores que não merecem vestir o manto e representar-nos em campo.

Jogadores devem sair, pois uma laranja podre basta para estragar todas as outras.

Então, o SPFC deve seguir a vida e escolher com calma seu próximo técnico que, pode ou não, ser Milton Cruz.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 00:01
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já devem estar sabendo Adílson Batista caiu, ainda que tarde, mas caiu. Enfim, nossas chances nesse campeonato são praticamente nulas, então a hora é de fazer TUDO com muita calma, para que os erros não se repitam.

Muitos nomes já estão sendo citados para assumirem o cargo deixado por Adílson: Cuca, Leão, Dunga, Felipão, Luxemburgo, Muriry, Dorival Júnior, etc...

Confesso aos amigos leitores que, para mim, Dunga seria o nome, pois com ele na frente da seleção, passei a ver a camisa canarinho muito mais empolgante. Falhamos no jogo contra a Holanda, mas qual dos técnicos citados não falharam?

Agora há nomes que não gostaria nesse momento, vamos citá-los:

1) Leão: Esse seria um bom nome, pois tem pulso firme e personalidade, porém quem não se lembra do amigo do técnico "lá do Japão", cuja ajuda fez com que Leão desembarcasse na marginal sem número? Um vez traíra, sempre traíra;

2) Dorival Júnior: Apesar de ter feito uma boa campanha com o Santos, devemos levar em conta que ele quase perdeu o Paulista e a Copa do Brasil, ainda que tinha uma excelente equipe em mãos. Além de tudo, desde sua saída do peixe, não vem realizando o mesmo trabalho que lhe rendera muitos elogios;

3) Celso Roth: Esse, além de ser um técnico regular, fala muito, inclusive batendo de frente com o SPFC, por sua não contratação. Não merece vestir o manto Soberano;

 

Esses são os nomes que eu não gostaria no momento e, para mim, técnico para assumir o Soberano deveria ser um dessa lista: Muricy, Dunga, Felipão, Cuca e Luxemburgo. Exatamente nessa ordem.

E vocês o que acham?

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 23:35
comente (3 /)

 

Vamos para o "Frente a frente com o inimigo" do jogo de hoje:

 

1) Márcio vs Rogério Ceni: Rogério Ceni, se depender de mim, não perde para ninguém na posição.

2) Rafael Cruz vs Piris:  Rafael Cruz tem um pouco mais de mobilidade e apoio, mas Piris é Soberano quando se trata de desarmes, Fico com Piris

3) Gilson vs Xandão: Gilson é um bom zagueiro, ou seja, não tem nada de diferencial. Xandão não joga bem faz muito tempo. Entendo que Gilson tem uma pequena vantagem.

4) Anderson vs Rhodolfo: Anderson também é bom. Rhodolfo excelente, fico com o Soberano.

5) Thiago Feltri vs Carlinhos Paraíba: Paraíba não é da posição, irá estreiar nela hoje. Assim não tenho elementos para fazer a análise, porém acho que Feltri tem ligeira vantagem.

6) Pituca vs Denílson: Se Denílson se acostumar com a arbitragem brasileira, ele vence essa disputa, pois é muito aguerrido. Só pegar um pouco mais leve.

7) Marino vs Wellington: Wellington é mais rápido, porém acho que um pouco menos preciso. Empate está de bom tamanho.

8) Bida vs Cícero:  Outro empate no meu ponto de vista, daqueles que "não fede, nem cheira". Cícero começou muito bem, mas caiu de produção.

9) Vitor Júnior vs Lucas: Lucas é craque. Voto nele.

10) Anselmo vs Dagoberto: Dagoberto vive excelente fase, se não ficar pensando em sua situação contratual, levará vantagem.

11) Felipe vs Luis Fabiano: Fabuloso!! Curto e grosso, para mim chegou a hora do gol.

Técnico: Hélio dos Anjos e Adílson Batista: Seis por meia-dúzia.

Não percam o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7367

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 00:24
comente (5 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tem Atlético Goianiense, jogo no qual o Tricolor tem a OBRIGAÇÃO de vencer, isso se quiser manter-se na luta pelo título.

O Tricolor não vence tem algumas partidas, e não poderá mais deixar escapar pontos de bobeira como vem ocorrendo.

No primeiro jogo o Soberano empatou com o rival em dois tentos, inclusive fora a estreia de Adílson no comando Tricolor.

Agora a história é outra meus amigos, Fabuloso estará em campo, o que irá fazer com que o rival fique muito menos exposto do que na primeira partida.

A boa notícia, para alguns, é que Juan não jogará, entrando na posição Carlinhos Paraíba, o que para mim é o mais correto, visto que Henrique Miranda está na seleção e Carlinhos já atuara pelo setor.

Como nós não estamos sendo visitantes tão educados, creio na vitória e por mais de um gol de diferença, acho que Fabuloso deixa o dele para iniciar sua fase de artilheiro no Soberano.

Pela provável escalação (vide "Frente a frente com o inimigo desse jogo, link abaixo) jogaremos com Lucas, Dago e Fabuloso, de modo que Cícero será o maior responsável pela distribuição de bola para o ataque, pois Lucas jogará na sua posição primeva, a de meia-atacante.

Espero um 2 a 0 ou 3 a 1, e vocês o que acham desse jogo?

Não percam o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7368

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 00:24
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos devem estar sabendo o Kléber está praticamente de malas prontas para deixar um de nossos rivais, isso se a diretoria deles não mudar de ideia.

Ocorre que muitas pessoas estão me perguntando se eu gostaria desse jogador, novamente,  no Soberano e a resposta é sempre a mesma: NÃO. Assim incisivo.

Mas qual seria a importância dele no Morumbi?

Esse jogador é dos mais polêmicos e com carreira tormentosa, assim imagino que no Soberano ele iria aprontar, brigar com Adílson Batista, iria bater de frente mesmo, até que a diretoria chegasse à seguinte dúvida: Quem sai Kléber ou Adílson?

Adílson seria a opção correta e mais barata. Após disso Kléber poderia deixar o clube também, pois uma mutante gambá-porco não pode vestir o manto Sagrado Soberano e sair ileso. Se isso ocorresse, iríamos nos livrar do Adílson sem qualquer remorso que possa existir na diretoria.

Teríamos matado dois coelhos com uma cajadada apenas.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 21:26
comente (2 /)

Olhem o flagra no sujeito:

 

 

Preciso dizer mais nada.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:16
comente (10 /)

 

Como parece que as coisas se encaixam:

 

"Você não me engana, Eu sou o Homem Picanha

Gambás me acham bacana, Eu sou o Homem Picanha,

Vou te visitar na sua cana, Eu sou o Homem Picanha,

Vou te levar para a cama, Eu sou o Homem Picanha,

Quero tirar seu pijama, Eu sou o Homem Picanha,

Depois no meu ombro você nana, Eu sou o Homem Picanha

Depois minha carteira tu afana, Eu sou o Homem Picanha,

Tú leva essa vida profana, Eu sou o Homem Picanha

Logo que me vê, você se assanha, sou o Homem Picanha

Eu Como a Nação Corintiana, eu sou o Homem PICANHA

 

E nunca vou te abandonar".

 

 

kkkkkkkkkk

Aurelio Mendes

@amon78

 

Obs: A frase "eu Como a Nação Corintiana, eu sou o Homem PICANHA" foi uma contribuição do Espantalho, que poderá entrar em contato a qualquer tempo, para que ela seja retirada do texto.

 

postado por Aurelio Mendes às 08:44
comente (9 /)

Um corinthiano liga para a pizzaria, de orelhão, e faz seu pedido:

 

- Alô é da pizzaria? Queria comprar umas pizza pros manos daki.

- Qual o telefone senhor?

- É o do orelião do bairro.

- E qual o endereço do seu domícilio senhor?

- tum, tum, tum, tum...

 

É triste mas é verdade, os corinthianos ainda não sabem o significado de receber pizza em domícilo, pois eles ainda não têm.

 

kkkkkkkk

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:00
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, o tempo passa, o campeonato vai chegando na fase decisiva e as especulações se iniciam.

Hoje foi divulgado que um de nossos rivais estaria interessado no David Beckham, jogador inglês, que atualmente atua no Galaxy L.A.

Logo que vi a matéria, tratei de fazer duas ligações para pessoas do Mais Querido, muito bem informadas.

Ao indagarem os dois Soberanos sobre a possível contratação do jogador inglês pelo rival, recebi como resposta que, o jogador já fora sondado pelo clube, como afirmou publicamente Milton Cruz, e que se ele quiser vir para o Brasil, o Soberano irá analisar se será viável ou não a contratação do atleta.

Parece que antes Beckham não pretendia vir para o Brasil, até mesmo por interferência de Vitória - sua esposa - mas agora parece ter mudado de opinião.

Se o Soberano concretizasse essa contratação, eu iria gostar muito, pois seria uma grande atuação de marketing, contrariando a opinião do Nelsinho Calil que outro dia me confessou que preferiria Fórlan, pois o Uruguaio teria mais futebol e o marketing seria quase o mesmo.

O que vocês acham sobre essa ESPECULAÇÃO? Lmebrem-se que a bomba prometida pelo Dr. Jesus Lopes ainda não estourou.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 11:31
comente (4 /)

Olá caros amigos, Felipão desmentiu a notícias, mas isso é óbvio, pois ele tem contrato com o rival. Temos que esperar para ver o desenrolar dos fatos. Vejam a notícia veiculada no ESPN.COM:

 

"Felipão nega colunista e garante não negociar com São Paulo ou qualquer outro clube

por ESPN.com.br
Avalie esta noticia

O técnico Luiz Felipe Scolari rebateu a informação da colunista Sonia Racy, a qual chamou de "inverídica", e negou de forma veemente que esteja negociando sua ida para o São Paulo a partir de 2012 ou para qualquer outro clube, do Brasil ou do exterior.  

"A colunista Sonia Racy publicou no site do Estado de SP uma nota inverídica sobre Luiz Felipe Scolari. Através de sua assessoria, ele afirma que não está negociando com nenhum clube do futebol brasileiro ou do futebol do exterior", diz o texto enviado pelo staff do treinador.


Racy publicou nesta quarta-feira em seu espaço no jornal "O Estado de S. Paulo" que interlocutores de Felipão já teriam lhe garantido a existêencia até de um pré-contrato firmado entre ele e o clube do Morumbi, o que a assessoria do treinador do Palmeiras também fez questão de negar.

O blogueiro do ESPN.com.br e comentarista dos canais ESPN Paulo Vinícius Coelho apurou que o São Paulo sondou o técnico quando da saída de Paulo César Carpegiani, mas ouviu diretamente do presidente tricolor, Juvenal Juvêncio, que não pagaria o supersalário que Feliipão recebe no Palmeiras e que também não tinha nenhum conhecimento sobre a notícia da negociação."

 

Vamos rezar para que ele venha.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 12:31
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, saiu no Estadão de hoje que o Tricolor está negociando com o Felipão, o que - para mim - seria uma boa. Vejam a repotagem:

 

"Arrivederci?

4 de outubro de 2011 | 23h09

Direto da fonte

Interlocutores de Felipão garantem que o técnico está negociando transferência para o… São Paulo em 2012. Já teria até assinado pré-contrato.

No Morumbi e no Parque Antarctica, ninguém quer nem ouvir falar no assunto."

 

O que vocês acham? Deixem seus comentários.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78
 

postado por Aurelio Mendes às 10:52
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tem jogo contra o Cruzeiro e também a obrigação de vencer fora de casa.

O Soberano vive um momento melhor do que o rival mineiro, enquanto lutamos pelo título, eles lutam para ficar no meio da tabela. Isso é um fato que deve ser levado em consideração, pois haverá uma maior possibilidade do Cruzeiro se abrir para tentar sair de campo com os três pontos.

Mas um fato crucial, é que perdemos pontos importantes para o Flamengo e outra derrota poderá significar o adeus ao título do campeonato, em outras palavras, a tônica do jogo é vencer ou vencer.

Toda cautela com o cruzeiro será necessária, mas respeito demais faz mal Adílson. Temos que ir pra cima com toque de bola, velocidade mas sem euforia.

Jogaremos no 4,4,2, porém com três volantes no meio, nosso técnico não desiste da ideia.

A boa notícia, ao menos para mim, é que Jean volta a campo, gosto dele. O ruim ficou com a não titularidade de Rivaldo, jogador que poderia deixar Fabuloso na cara do gol.

Eles terão Roger e Motillo em campo, o que complica muito para nós, pois teremos que ter dois jogadores marcando e um na sobra. O que vai forçar os laterais a  não sairem tanto.

Eu jogaria com Ceni, Jean, Rhodolfo, Blackenbauer, Juan (por falta de opção), Denílson fazendo a cabeça de área, Casemiro, Cìcero e Rivaldo, Dagol e Fabuloso. Assim, eles precisariam de dois volantes para marcar o meio, o que prenderia ainda mais os laterais adversários.

Vamos esperar a partida, mas creio na vitória, de certa forma tranquila.

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7065

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 10:47
comente (0 /)

 

Vamos para a análise dos confrontos:

1) Fábio e Ceni: Fábio é um excelente goleiro. Sabe se posicionar, tem boa saída. Mas nessa posição somos Soberanos, Ceni é mágico, imbatível.

2) Vitor e Jean: Gosto muito do Jean, apesar de sua má fase. Mas compará-lo com Vitor não é justo, pois Vitor é da posição e tem muita qualidade técnica, faz a cobertura e cobre bem os flancos. Vitor vence.

3) Victorino e Rhodolfo: Não conheço a fundo o futebol do Victorino, mas aposto no Rhodolfo sem medo de errar., pois o jogador Soberano me passa muita confiança.

4) Léo e João Filipe: João Filipe está em grande fase, que descoberta do Soberano. Fico com ele.

5) Gabriel Araújo e Juan: Gabriel Araújo direto e reto.

6) Marquinhos Paraná e Denílson: Aqui acho que temos um empate, ambos são bons jogadores. Denílson só tem que tomar cuidado com os cartões.

7) Charles e Casemiro: Também são bons jogadores, acho que Casemiro tem muito a mostrar ainda. Essa será sua oportunidade, fico com ele.

8) Roger e Carlinhos Paraíba: Roger direto e reto. O sujeito ainda dorme bem, se me entendem.

9) Montillo e Cícero: Montillo. Esse é o melhor meia que joga no país. Sou fissurado no seu futebol assim como gosto do Lanzini, mas esse é outro assunto.

10) Farías e Dagoberto: O chamado seis por meia dúzia, Só que Dagoberto já está "se achando", isso lhe será prejudicial em campo.

11) Wellington Paulista e Fabuloso: Fabuloso. Dá para comparar?

Técnico)  Vágner Mancini e Adílson Batista:  Empate. Ambos são treinadores normais.

 

Aposto na vitória Soberana hoje, apesar do cruzeiro ter um meio ofensivo melhor que o nosso.

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/7066

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 10:47
comente (0 /)

Para aquela torcida que só sabe nos "tirar" de bambis, as coisas estão ficando feias: Primeiro foi o Ronaldo, depois Dinei, agora o homem Picanha. Não me lembro de ocorrências assim no Soberano:

 

 

 

"  
CQC resgata o esquecido Homem Picanha, que revela namoro com jogador corintiano

Antes de mais nada, para quem não tem ideia de quem é Homem Picanha, aqui vai uma lembrança do Campeonato Brasileiro: ele invadiu o campo da Vila Belmiro durante o clássico entre São Paulo e Santos, em 2010, vestindo uma tanguinha indiscreta e exibindo um corpo bombado com muita carne e nenhum senso do ridículo. Foi justamente esta aparição lhe rendeu o apelido peculiar.

Pois o CQC resgatou essa figura ímpar que o futebol brasileiro já havia esquecido e arrancou da pseudocelebridade uma declaração bombástica: o Homem Picanha namora um jogador titular do Corinthians, que paga por suas tantas cirurgias plásticas. Sim, caros leitores, depois dessa bomba os churrascos comemorativos do Itaqueirão nunca mais serão os mesmos.

A matéria de Oscar Filho falava sobre o uso de anabolizantes, teve a participação de Solange Frasão e a polêmica declaração não levou mais de dez segundos. Porém, foi tempo o suficiente para que a brincadeira repercutisse no Twitter, com o termo Homem Picanha alcançando o topo dos Trending Topics quase imediatamente. Na mesa do CQC, Marco Luque tratou de passar, nome a nome, a escalação titular do time alvinegro.

Homem Picanha ganhou notoriedade depois de invadir o campo da partida entre São Paulo e Santos, em 2010. Se você ainda não se lembra quem ele é, veja o álbum abaixo, do dia em que este cidadão saltou do anonimato para a “fama”."

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 07:36
comente (2 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tem Flamengo em um dia especial, o Morumbi faz aniversário, o Fabuloso irá restreiar, tudo parece que será uma festa. Será mesmo?

Olhando a  possível escalação das equipes, no papel, o Flamengo tem vantagem sobre o Tricolor, com algumas exceções o time carioca me parece superior.

Fabuloso irá entrar em campo, após um longo período no Departamento Médico, de modo que não podemos esperar dele seu rendimento máximo, pois o retorno deverá ocorrer aos poucos.

O Flamengo não está em brilhante fase, mas tem uma excelente equipe e um técnico que se enquadra entre os melhores do país.

Além de tudo, o Flamengo jogará no 4,4,2 com dois meias mais ofensivos e com volantes que têm um passe de bola de qualidade, podendo variar ainda para o 4,5,1 com o Ronaldinho voltando para armar. Ao invés do Tricolor que jogará com três volantes, com Paraíba saindo mais pela esquerda.

Por nossa fase ser das melhores, entendo que o Tricolor não se curvará para o time carioca, de modo que dificultará a saída de bola do adversário. É o que espero.

Mas hoje é dia de festa, então irei apostar no "Clássico é clássico".

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6963

 

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:19
comente (1 /)

 

 

1) Rogério Ceni e Felipe: Ceni é o melhor, Felipe é um bom goleiro. Não tem comparação.

2) Welington e Galhardo: Além de Welington não ser da posição, Galhardo é um dos melhores laterais direito do país, Galhardo vence.

3) Rhodolfo e Alex Silva: Dois monstros na zaga. Rhodolfo me surpreendeu de modo positivo. Mas Alex Silva é velho de guerra, ele vence.

4) Blackenbauer e Welinton: João Filipe está se mostrando um monstro, para mim o melhor zagueiro do Tricolor. Welinton é bom, tem igual posicionamento. João Filipe vence.

5) Juan e Junior César: A pior aposta do Soberano foi trocar o certo pelo duvidoso. Junior César fácil.

6) Lucas e Renato: Renato é um bom meia, tem um bom passe de bola e sabe se posicionar. Mas Lucas é um craque e jogando na sua posição de origem não terá para ninguém.

7)  Denílson e Airton: Dois bons volantes, sendo que Denílson sabe fazer melhor a função de cabeça de área. Porém arrisco no empate.

8) Casemiro e Willians: Willians é o dono da posição. Não tem jeito, fica com o embate.

9) Carlinhos Paraíba e Thiago Neves: Paraíba é mais segundo-volante do que meia, em que pese a opinião do amigo Sombra. Thiago Neves não vive excelente fase, mas pode decidir a partida em uma ou outra jogada. Fico com o jogador carioca.

10)  Luis Fabiano e Deivid: Fabuloso mermão...........

11) Dagoberto e Ronaldinho Gaúcho: Ronaldinho Gaúcho, ainda que não esteja em excelente fase.

Técnico: Adílson Batista e Luxemburgo: Dá para comparar? Luxa vence.

 

Não percam o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6964

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:18
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, parece que pessoas ligadas ao time rival se revelam mais e mais a cada dia.

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 11:54
comente (1 /)

 

Olá caros amigos Soberanos, ontem surgiu uma notícia, dada pelo Neto, de que o SPFC está indo atrás do Vagner Love para que ele substitua o Dagol. Por mim, ele não veste o manto.

Primeiro porque acho que o Dagol vive uma fase melhor e apesar de muito questionado, vem sendo o artilheiro do Soberano.

Segundo pelo fato de que Vágner Love não ser um segundo-atacante, mas centroavante. E nessa posição temos Fabuloso, Henrique e William José na posição, então melhor seria buscar um segundo-atacante de ofício e um lateral esquerdo.

Terceiro, pelo fato de que, se é para contratar um centroavante, que seja Ricardo Oliveira que tem identificação conosco e é melhor que o Love.

Quarto, Love tem relações próximas com o "Small Club" e com o Andrés, de modo que é melhor ele ficar por lá, e a gente no Morumbi.

Quinto, esse jogador é muito baladeiro, o que poderá prejudicar o time, que está unido no momento.

Sexto, ele é muito caro, pelo futebol que vem demonstrando ultimamente.

Sétimo, quando ele estiver descontente, irá pressionar o clube para ter regalias, como  fez com o palmeiras.

Oitavo, prefiro jogadores com identificação com o clube.

Assim, não vejo motivos para ele vestir o manto.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

 

postado por Aurelio Mendes às 13:34
comente (2 /)

Olhem que moça procurou o compadre Washington para deitar:

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 13:26
comente (0 /)

Olá amigos Soberanos, acessem e dêem um pé na bunda do "galinha-mor". Boa diversão:

http://www.pictogame.com/en/play/game/hRHNkXmEUfta_segura-essa-andres

 

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 21:02
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, ontem no show mais esperado da noite os corinthianos gostaram da camiseta do vocalista da banda, Anthony Kiedis, que lhes prometiam um "Red hot Peru".

Não é que eles gostaram?

 

 

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 18:53
comente (2 /)

 

Olá caros amigos Soberanos, hoje tem uma pedra no sapato, pois precisamos vencer para tentarmos assumir a ponta da tabela e ficar na frente do rival, que também disputa a liderança do campeonato.

Esse jogo tem dois aspectos antagônicos, pois o Tricolor faz uma excelente campanha fora de casa e não tem um bom retrospecto contra clubes cariocas nesse campeonato.

Assim, veremos qual desses dois pontos irá prevalescer no jogo de logo mais.

De todos os recentes adversários entendo que o Botafogo é o time mais casca grossa, pois tem um bom time de 1 à 11, além de algumas peças de reposição boas.

Em relação ao elenco, o Soberano vence, mas dos titulares o páreo é duríssimo.

Jogaremos no 4,5,1 sendo que Lucas, na verdade, ficará um pouco mais adiantado do que a linha do meio de campo, quase que encostado ao atacante Soberano.

Estão dizendo que o Marcello Matos deverá entrar em campo, gosto muito do futebol desse rapaz, será um reforço muito bom para o time carioca.

Minha opinião isenta é que o Soberano terá sérias dificuldades no jogo, pois o Botafogo tem volantes muito bons, além de laterais diferenciados.

Apesar de não estar muito seguro, espero pela vitória, ainda que seja magra.

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6729

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:08
comente (0 /)

 

 

Vamos para mais uma análise:

1) Renan e Ceni: Preciso comparar Ceni? Ceni vence.

2) Lucas e Piris: Piris é um dos melhores laterais que estão atuando no país, sabe marcar e apoiar de vez em quando. Lucas é bom, nada além disso. Piris vence.

3) Fábio Ferreira e Xandão: O zagueiro Soberano estreiou bem, parecia que ia se consagrar. Mas se complicou. Apesar de não ser muito fã do futebol do botafoguense, fico com ele, pois Xandão é uma incógnita.

4) Antônio Carlos e Rhodolfo: Antônio Carlos sabe se posicionar, e é útil em jogadas determinadas, mas Rhodolfo é diferenciado, além de ter muita presença na área. O Soberano vence.

5) Bruno Cortês e Juan: Preciso comparar Bruno Cortês ao Juan? Bruno vence.

6) Marcelo Mattos e Denílson: Apesar de Denílson ser um excelente jogador, Marcelo Mattos já provou que sabe muito bem se posicionar e ter um bom toque de bola. Por enquanto fico com o Marcelo, mas Denílson 100% é melhor.

7) Renato e Wellington : Renato é muito bom jogador, além de ser mais experiente que o garoto Soberano. Mas Wellington marca bem e é rápido. Empate.

8) Maicosuel e Carlinhos Paraíba: Se Paraíba não for expulso.... Não tem jeito, fico com o Maicosuel, que apesar de não ser craque, é muito bom jogador.

9) Elkesson e Cícero: Elkesson, pois acho Cícero está inconstante em campo.

10) Herrera e Lucas: Lucas né brow.

11) Loco Abreu e Henrique: Se Henrique render metade do que rendeu na seleção, fico com ele. Caso contrário com o Loco Abreu.

Técnico: Caio Júnior e Adílson Batista: Empate, pelo momento dos dois no campeonato.

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6730

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:08
comente (0 /)

 
 
Repórter: Kaká, porque você não volta a jogar no Brasil?
Kaká: Porque não tem clube pra mim!
Repórter: Mas tem o Palmeiras.
Kaká: Lá já tem o Kléber, Valdívia....
Repórter: E no São Paulo?
... ... Kaká: Ahh... Lá já tem o Luiz Fabiano, Dagoberto....
Repórter: E no Santos?
Kaká: Lá ja tem o Neymar, Ganso ...
Repórter: Então vai "A MERDA".
Kaká: Lá já tem Liédson, Adriano...

 

Saudações Soberanas

 

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 23:43
comente (1 /)

Olá caros amigos Soberanos, ouçam a gravação que encontrei, deixada no país quando o FNM veio fazer shows.

 

Atenção humor negro. Caso tenha algo em contrário, não veja.

http://www.youtube.com/watch?v=cL08slt3ceo

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 09:40
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, "hoje tem" galinha ao molho pardo, ou seja, iremos vencer ou vencer, custe o que custar.

Os rivais irão entrar em campo  no esquema 4,3,3 de modo a tentar pressionar o Soberano a ficar recuado. Eles jogarão com dois zagueiros, dois laterais, dois volantes, um meia e três atacantes, sendo um centrado na área e dois flutuando pelas laterais.

O Soberano entrará, ao que tudo indica, com dois zagueiros, dois laterais, três volantes, um meia e dois atacantes. Então me pergunto, por qual razão teremos sete homens defensivos se teremos que marcar cinco homens deles? Parece-me um erro.

Com três volantes, teremos um cabeça de área, provavelmente Wellington, um pouco mais a frente teremos Casemiro e Paraíba saindo um pouco mais para o jogo. Trocaria fácil Paraíba por Rivaldo.

Porque seria melhor? Pelo fato de que o rival só terá Alex como arma de criação, sendo que se for bem marcado, será difícil a bola chegar nos três atacantes com qualidade.

Poderíamos ter, com Rivaldo em campo, a necessidade de dois jogadores marcarem o craque, e um terceiro homem acompanhando Cícero, assim três homens de meio campo estariam ocupados, deixando nossos segundo-volantes com mais liberdade para tocar e chutar de fora da área.

Além de tudo, teríamos dois atacantes se movimentando para receber a bola a qualquer momento, o que faria com que o rival, gastasse três homens marcando, dois acompanhando nossos atacantes e um na sobra.

Mas, Adílson optou por três volantes, sendo que dois deles, terão maior liberdade. Me parece que Adílson quer neutralizar o meio de campo. Isso por um lado é bom, mas deixará o jogo mais morno do que nunca.

Só teremos que ter muito cuidado com as costas de Juan, pois William se movimenta muito e irá dar trabalho.

 

Vamos esperar para ver, vivemos uma melhor fase, creio na vitória. De modo que afundaremos o titenic.

 

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6572

Saudações Tricolores

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:25
comente (2 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, vamos iniciar os duelos de hoje:

1) Ceni e Júlio César: Dúvida cruel, Ceni ou Horácio (braço curto). Ceni disparado né irmão. Ceni além de ser excelente goleiro é um líder. M1t000

2) Piris e Alessandro: Gosto muito desses dois jogadores, Alessandro se fosse mais novo, jogaria em qualquer time do país. Mas no Soberano temos Piris, um de nossos melhores marcadores. Assim, Alessandro jogaria no SPFC, mas reserva de Piris.

3) Rhodolfo e Wallce: Dá para comparar?

4) João Filipe e Paulo André: João Filipe é uma grata surpresa, nosso Blackebauer vive excelente fase, e tem jogado muito. Para mim o melhor defensor que temos. Fica com a vitória.

5) Juan e Leandro Castan: Juan é instável. Castan é zagueiro. Juan vence por ser lateral de origem. Só por isso.

6) Wellington e Paulinho: Ambos bons jogadores. Paulinho, acho que é mais experiente e tranquilo. Wellington mais veloz. Empate

7) Casemiro e Ralf: Adoro o futebol de Casemiro, em um futuro próximo será o melhor da posição. Mas Ralf está jogando muito e é mais bem preparado. O rival vence.

8) Carlinhos Paraíba e Alex: Paraíba deverá ser expulso com 15 segundos de jogo. É o que ele vem fazendo de melhor. Alex tem excelente passe e visão de jogo. Duro de admitir, mas Alex vence.

9) Cícero e Emerson: Emerson é oportunista e sabe fazer gol. Cícero, apesar da fase, já demonstrou que conhece bem o jogo. Ambos jogam de acordo com o próprio ânimo. Então dependerá de quem acordar melhor daqui a pouco.

10) Lucas e Willian: O rival jogou muito a última partida, é muito bom jogador e anda fazendo seus gols. Lucas é craque, dribla, corre, passa e faz seus gols também. Lucas vence.

11)  Dagoberto e Liedson: Dagol é nosso principal goleador, mas Liedson joga muito, tem vantagem sobre nosso representante. Tem bom posicionamento, coletividade e chuta bem. Rival vence.

Técnico: Adílson Batista e Tite: Seis por meia dúzia. Empate.

 

Acho que teremos uma pequena vantagem, pois o rival virá com improvisações e desfalques, além de estar em pior fase.

Exagerando, pois é meu desejo aposto no 3 a 1.

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6573

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 01:25
comente (0 /)

Certa vez sai com uma corinthiana. Quando cheogu a hora de ir embora, perguntei-lhe:

- "Quer que te leve para casa."

Ela me deu um tapa na cara e disse:

- "Cretino"

Sabem porquê?

 

corinthiana não tem casa.

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 11:03
comente (3 /)

Aqui nós matamos a cobra e mostramos o pau, Veja a foto do estacionamento do Fielzão, construído em tempo recorde.

 

 

 

Como foi rápido não acham?!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:31
comente (6 /)

Caros amigos leitores Soberanos, vejam o projeto na íntegra de como será o transporte para o Fielzão:

 

Como pode-se ver acima todo corinthiano terá o ponto de embarque dentro do próprio banheiro.

 

Imediatamente cada corinthiano será ejetado para a via pública, sem gastar muito dinheiro e tempo.

 

 

Acima podemos ter a visão geral de todos os caminhos que se encontrarão já perto de Itaquera.

 

 

Após se encontrarem no meio do caminho, todos seguirão em um caminho único e exclusivo até dentro do fielzão.

 

 

Onde então desembocarão diretamente nas arquibancas em dutos próprios para verem mais uma partida de seu time.

E o time da marginal sem número será o primeiro time a ter caminho próprio para seu estádio.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 02:22
comente (2 /)

Vejam isso e tirem suas conclusões:

 

postado por Aurelio Mendes às 16:49
comente (2 /)

 

Para entender o que vou dizer, leiam primeiro a letra da música "Eu nasci há dez mil anos atrás" desse grande compositor:

 

"Um dia, numa rua da cidade, eu vi um velhinho sentado na calçada
Com uma cuia de esmola e uma viola na mão
O povo parou pra ouvir, ele agradeceu as moedas
E cantou essa música, que contava uma história
Que era mais ou menos assim:

Eu nasci há dez mil anos atrás
e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais (2x)

Eu vi cristo ser crucificado
O amor nascer e ser assassinado
Eu vi as bruxas pegando fogo pra pagarem seus pecados,
Eu vi,
Eu vi Moisés cruzar o mar vermelho
Vi Maomé cair na terra de joelhos
Eu vi Pedro negar Cristo por três vezes diante do espelho
Eu vi,

Eu nasci
(eu nasci)
Há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos)
E não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais (2x)

Eu vi as velas se acenderem para o Papa
Vi Babilônia ser riscada do mapa
Vi conde Drácula sugando o sangue novo
e se escondendo atrás da capa
Eu vi,
Eu vi a arca de Noé cruzar os mares
Vi Salomão cantar seus salmos pelos ares
Eu vi Zumbi fugir com os negros pra floresta
pro quilombo dos palmares
Eu vi,

Eu nasci
(eu nasci)
Há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos)
E não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais (2x)

Eu vi o sangue que corria da montanha
quando Hitler chamou toda a Alemanha
Vi o soldado que sonhava com a amada numa cama de campanha
Eu li,
Eu li os simbolos sagrados de Umbanda
Eu fui criança pra poder dançar ciranda
E, quando todos praguejavam contra o frio,
eu fiz a cama na varanda

Eu nasci
(eu nasci)
Há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos atrás)
E não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais
não, não porque

Eu nasci
(eu nasci)
Há dez mil anos atrás
(eu nasci há dez mil anos atrás)
E não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais
Não, não

Eu tava junto com os macacos na caverna
Eu bebi vinho com as mulheres na taberna
E quando a pedra despencou da ribanceira
Eu também quebrei e perna
Eu também,
Eu fui testemunha do amor de Rapunzel
Eu vi a estrela de Davi brilhar no céu
E praquele que provar que eu tou mentindo
eu tiro o meu chapéu

(eu nasci)
Eu nasci
(há dez mil anos atrás)
Eu nasci há dez mil anos atrás
(e não tem nada nesse mundo que eu não saiba demais)"

 

Pô, Raul viu tudo isso que ele citou, como exemplo: Ver Cristo ser crucificado, o amor nascer e se assassinado,.."

MAS NUNCA VIU O CORINTHIANS GANHAR UMA LIBERTADORES.

CHUPAAAAAAAAAA

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Face: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 00:26
comente (6 /)

 

Olá caros amigos Soberanos, o "hoje tem" de hoje irá tratar de mais uma partida entre duas equipes conhecidas, Soberano e Ceará.

O time do Nordeste virá reforçado com jogadores que não atuaram nos jogos anteriores. Irá jogar muito fechado, esperando uma falha do SPFC para tentar o contra-ataque. Então a tônica do jogo será o cadenciamento e a paciência.

Como o SPFC é rápido, imagino que o rival irá marcar de modo rígido, diminuindo os espaços e tentando juntar as duas linhas defensivas, de modo a criar um espaço grande entre nosso meia e o ataque.

Fato que não nos é favorável é o retorno de Paraíba que jogou bem apenas duas ou três partidas e ainda é titular no Soberano.

Apesar do pouco espaço que teremos, imagino uma vitória, pois precisamos dela. Bola parada poderá ser a solução. Se fizermos um gol, os espaços se abrirão naturalmente e assim o jogo ficará melhor.

Vamos esperar para ver. Temos que vencer ou vencer. E torcer para o peixe.

Líderes???

 

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6421

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 22:43
comente (4 /)

Vamos para mais uma análise mano a mano do jogo de hoje.

 

 

 

 

1) Rogério Ceni e Fernando Henrique: Ceni, sem comparação

2) Iván Piris e João Marcos: Piris mais aguerrido e técnico,além de viver uma melhor fase.

3)  Rhodolfo e Thiago Mathias: Rhodolfo já não é, ao meu modo de ver, o melhor zagueiro do Soberano, mas creio que ele tem uma pequena vantagem sobre o rival.

4)  João Filipe e Fabrício: João Filipe nosso Blackenbauer vive uma fase espetacular, Fabrício tem bom posicionamento. João Filipe leva a melhor.

5) Juan e Vicente: Não conheço a fundo o futebol de Vicente, mas em se tratando de Juan, creio que não há nada mais instável. Fico com Vicente.

6) Casemiro e Rudnei: Ambos são bons jogadores, mas Casemiro está se firmando aos poucos, encontrando seu posicionamento ideal. Voto nele..

7)  Carlinhos Paraíba e Heleno: Provavelmente em quinze minutos Heleno estará sobrando em campo, pois Carlinhos deverá tomar seu milésimo vermelho. .

8) Wellington e Michel: Michel é um jogador mais maduro, Wellington está tateando para encontrar seu lugar em campo. Acho que Michel tem uma ligeira vantagem.

9) Cícero e Thiago Humberto: Gosto de ambos os jogadores, mas Cícero é do Soberano, e tenho que ter fé que ele irá fazer uma de suas melhores atuações. Cícero recebe meu voto..

10) Lucas e Osvaldo: Lucas, assim curto e grosso.

11) Henrique e Washington: Se Henrique jogar metade do seu futebol, já sai na frente do atacante adversário. E não gosto do futebol de Washington. Henrique deverá preencher a área, onde temos um buraco negro. Fico com ele.

Técnico: Adilson Batista e Estevam Soares: Adílson me agrada mais.

 

Acho que voltamos com uma vitória sem um placar elástico. Vitória simples

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6422

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

postado por Aurelio Mendes às 22:43
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, como todos já devem estar sabendo Rozemberg, diretor de marketing de time rival, foi muito criativo para provocar-nos, dizendo que nossa TV é a For man. Isso causou um alvoroço, inclusive no meio GLBT, representado por Érico Santos, presidente do comitê desportivo GLBT.

Advinhem qual o time de Érico??? Ele, representante dos GLBTs disse que é Corinthiano assumido.

Assim caros amigos, parece que a Tv Timão nada mais é do que uma filial do For Man. E o tiro saiu pela culatra.

E olhem a cara de "homem" sem H de nosso caro Rozemberg.

 

 

 

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Face: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 22:22
comente (0 /)

 

Quem nunca se perguntou o significado das duas estrelas douradas no símbolo Tricolor? Elas são uma homenagem a Adhemar Ferreira da Silva que em 1955 ganhou por duas vezes consecutivas dois outos olímpicos, a primeira em Helsinque na Finlândia e a outra em Melbourne da Austrália nos anos de 1952 e 1956, respectivamente.

Por volta de 1946 Adhemar caminhava com um amigo em São Paulo, quando encontrou um atleta negro, forte e alto, o Benedito Ribeiro, atleta do São Paulo Futebol Clube. Assim Adhemar sentiu que poderia ser um atleta, e desse modo foi ao clube, na época do Canindé, para treinar.

Em 1948 teve sua primeira Olímpiada, em Londres. Mas o sucesso em sua carreira iniciou-se em 1949, quando orientado por seu técnico, começou a tentar superar recordes estaduais.

Assim, Adhemar começou a bater recordes atrás de recordes, sendo que bateu o do salto triplo em 1952.

Sendo desse modo, superando-se a cada dia, algo mudou sua carreira, nos jogos de Helsinque, durante a cerimônia de premiação, Adhemar foi tão festejado pelo público que deu uma volta no estádio em agradecimento.

Assim nasceu a Volta Olímpica, criada por um atleta Soberano.

Fact.

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Face: Aurelio Mendes

 

 

postado por Aurelio Mendes às 02:23
comente (0 /)

Olá caros amigos leitores Soberanos, todos estamos de saco cheio de sermos chamados de bambi, pois a criatividade dos rivais é muita, que só sabem falar isso.

Mas outro dia estava conversando com minha amiga Lidi (colunista do SPFCdigital) quando ela disse:

 

"o gambazinho se chama Flor, e é o afeminado da história, enquanto o Bambi pega a bambi...ahahhha"

 

Não é que é verdade, no desenho o afemininado é o gambá, então: "bambi é o gambá".

Vejam as fotos e tirem suas conclusões:

 

 

 

 

 

 

Pois é, agora sempre que alguém nos chamar de bambis, que retruquemos: "Bambi é o gambá, falou mano".

Devemos essa à nossa amiga Lidi.

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Face: Aurelio Mendes

 

 

postado por Aurelio Mendes às 22:28
comente (2 /)

 

Vamos a análise do jogo:

1) Victor e Rogério Ceni: Victor é um bom goleiro, mas Ceni é o M1t000 e vive seu momento no time. Ceni vence disparado.

2) Mário Fernandes e Piris: Mário Fernandes é bom jogador, mas Piris é um marcador excepcional, Piris ganha a disputa.

3) Ed Carlos e João Filipe: Ed Carlos é velho conhecido. João Filipe é nosso Blackenbauer, acho que o Paulista vence a disputa, e vai vencer no setor. João Filipe é quase uma realidade.

4) Saimon e Rhodolfo: Não conheço a fundo o futebol do Saimon, mas Rhodolfo joga muito, Então arrisco em Rhodolfo.

5) Júlio César e Juan: Seto complicado, nenhum do dois seria minha opção para o setor. Fica no empate.

6) Marquinhos e Cícero: Cícero, assim curto e grosso. Marquinhos é aguerrido, mas tem falhas técnicas

7) Adilson e Wellington:Acho que dá empate no setor, gosto do futebol dos dois jogadores.

8) Douglas e Casemiro: Como sempre falo, Casemiro sem máscara vai longe. Douglas tem muito bom passe e chute. Mas prefiro Casemiro.

9) Fernando e Carlinhos Paraíba: Empate para os dois jogadores. Apesar de Fernando ser um pouco mais constante.

10) Escudero e Lucas: Lucas disparado, craque é craque.

11) André Lima e DAgoberto: Dagoberto vem fazendo muitos gols, André Lima está fazendo os dele como sempre, aposto em Dagol por sua movimentação e aproveitamento.

Técnico: Celso Roth e Adílson Batista:  Empate técnico.

 

Aposto em um jogo monótono, com poucos gols (espero estar errado). Mas vencemos por um placar simples.

 

Vejam também o "Hoje tem" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6228

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Facebook: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 01:45
comente (11 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje tem jogo decisivo, a partir de agora é cada jogo, uma decisão, cada gol, uma vitória, cada defesa, um passo adiante.

O Soberano irá jogar contra o Grêmio precisando vencer fora de casa. Até aí, parece que não haverá dificuldades, pois o Soberano vence muito mais fora de casa do que no Morumbi.

Mas o adversário de amanhã será um páreo duro, é um time de tradição e vive uma fase de ascensão. Acho que o Tricolor Paulista tentará jogar no contra-ataque, com o intuito de esperar uma falha do adversário e/ou que encontre espaços na defesa gaúcha para tentar a chamada "espetada".

O Grêmio jogará com cinco jogadores no meio de campo, o que significa dizer que o Soberano terá que ter um bom passe para tentar suprir o homem a menos nesse setor, e terá maior movimentação no ataque.

Mas, creio que no caso deveria prevalescer o ditado "A melhor defesa é o ataque", pois temos jogadores rápidos e com qualidade.

Se vencermos poderemos chegar à liderança do campeonato. A derrota poderá nos distanciar da ponta da tabela.

Futebol o SPFC tem, basta jogá-lo.

 

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/6229

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

Facebook: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 01:45
comente (0 /)

Leo Horikawa publicou a seguinte frase no seu facebook:

"Ganso teve lesão de 2o grau. Ou seja, a lesão dele já estudou mais que toda a torcida do Corinthians!"

Sensacional.

postado por Aurelio Mendes às 08:58
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, todos já sabem que essa foi uma semana de muita festa e alegria no Morumbi, pois o M1t000 chegou aos seus 1000 jogos com a camisa Tricolor.

Todos também já sabem sobre ele ser o Goleiro artilheiro, nosso capitão eterno, campeão, "guinness player soccer", etc...

Mas o que poucos falam sobre ele, é que muitas vezes ele atua como um primeiro volante ou um quarto zagueiro. Mas daqueles acostumados com os "bicões", mas aqueles que têm técnica e que sabem sair jogando. Pouco se fala nessa característica, mas ela existe, vejam exemplos:

 

http://youtu.be/U8TRRIeJ66M

http://youtu.be/UbNBoopr_8I

http://youtu.be/nsG-ad61M84

 

Ceni também fez belos lançamentos como se fosse um segundo volante ou meia armador, entre outras jogadas fantásticas. Ceni é completo, único, pefeito.

Claro que tem suas falhas, mas todos temos e, sendo assim, ele é um jogador bem acima da média.

Sei que Rogério Ceni fora objeto de várias homenagens e músicas tocadas por bandas como Dr. Sin, Planta e Raiz, etc....

Mas sempre que vejo nosso arqueiro no gol me lembro de uma música Umbabarauma, de Jorge Bem, apesar de preferir com o Soulfly, vejam se não tem tudo haver:

 

"Umbabarauma homem gol
Umbabarauma homem gol
Joga bola joga bola jogador
Joga bola quero jogar bola jogador
Pula, pula, cai, levanta, sobe e desce
Corre, chuta, abre espaco, vibra e agradece
Olha que a cidade toda ficou vazia
Nessa tarde bonita pra te ver jogar"

 

Só é preciso adicionar um "do" e pronto: Umbabarauma homem do gol...."

E ontem "a cidade toda ficou vazia, nessa tarde bonita para te ver jogar."

Sensacional,não é?

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Face: Aurelio Mendes

 

 

 

 

postado por Aurelio Mendes às 01:07
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje irei abordar um tema tormentoso, que apesar de não ser muito satisfatório para nós São Paulinos, faz parte da história de nosso Mestre Telê.

Telê Santana montou um dos times que tive maior prazer em ver jogar. Aquela equipe sabia tocar a bola, tocar na bola e fazer jogadas espetaculares. Éramos quase imbatíveis, tanto que vencemos Duas Libertadores e dois Mundiais.

O time parecia jogar sozinho, como em uma partida de video-game.

Telê veio para o São Paulo em C outubro de 1990 - para substituir o técnico até então Pablo Fórlan, quando "descobriu" Raí e outras joias raras no elenco Soberano. Além de trazer jogadores ímpares, que fariam história no futebol Mundial.

Após inúmeras conquistas no São Paulo, incluindo nossos maiores títulos, Telê requereu uma modificação quase que total no elenco, pois via algo nos jogadores pelo qual não guardava simpatia.

A época do técnico no Soberano é conhecida como Era Telê, tamanha importância do técnico no clube do Morumbi.

No começo de 1996, uma isquemia cerebral afastou Telê do comando do São Paulo. A família do treinador alega erro médico, pois tudo aconteceu quando o mineiro realizava exames de rotina.

Telê foi, no Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, submetido a dois exames que, segundo especialistas, não eram a melhor opção inicial para o seu caso, pois havia o risco potencial de causar um AVC isquêmico.

Após as complicações de saúde de Telê, o São Paulo aguardou pacientemente o retorno do mestre, por um bom tempo. Mas em decorrência do estado de saúde do Mestre, o Soberano acabou promovendo Muricy Ramalho como técnico. 

Passado um tempo da promoção de Muricy, Telê Santana assinou com o Palmeiras para ser diretor-técnico, mas não chegou a assumir substancialmente o cargo.

Apesar de eu ter me minha memória o descontentamento de vê-lo com uniforme e no banco do time rival.
 

Assim, Telê não terminara sua carreira no Soberano. Mas no arquirrival vizinho do CT.

FAKED (Lamentavelmente)

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Face: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 08:53
comente (0 /)

Revista de 2039 prevê que Netos do, então presidente do São Paulo, Rogério Ceni irão disputar a partida de número 1000 com a camisa Tricolor.

Ainda haverá notícia inédita de que corinthians ainda tenta título inédito da Libertadores.

Vejam a foto abaixo:

 

postado por Aurelio Mendes às 22:41
comente (0 /)

Vamos para mais uma análise do jogo:

 

1) Rogério Ceni vs Renan Ribeiro: Rogério Ceni é o melhor do Brasil. E ainda pesa o fato da data comemorativa. Ceni vence disparado

2) Jean vs Mancini: Jean não vive uma boa fase, mas é bom marcador. Além disso Mancini é um meia atacante improvisado. Jean leva essa.

3) Rhodolfo vs Réver: Gosto dos dois zagueiros, mas a cada dia me torno mais fã de Rhodolfo, não tem como não votar nele

4) João Filipe vs Leonardo Silva: Leonardo Silva é mais experiente. João Filipe uma promessa, hoje fico com Leonardo Silva, mas amanhã....

5) Juan vs Richarlyson: Richarlyson é bom marcador e aguerrido. Vence do Juan que ainda encontra-se instável

6) Casemiro vs Serginho: Se a máscara deixar, Casemiro leva essa.

7) Wellington vs Pierre: Wellington é jogador em formação, fico com Pierre ainda que em recuperação

8) Carlinhos Paraíba vs Filipe Souto:  Empate. Ambos são apenas bons.

9) Cícero vs Daniel Carvalho: Daniel Carvalho já foi um bolão, hoje é jogador normal e Cícero está em boa fase, o Soberano vence.

10) Lucas vs André: Lucas vence. Nunca entendi porque alguns gostam tanto do Andre.

11) Dagoberto vs Neto Berola:  Dagoberto em boa fase, fará a diferença.

Técnico: Adílson Batista vs Cuca: Cuca sabe montar e manter melhor um time. Cuca vence a disputa dos técnicos.

 

Assim somos ligeiros favoritos, mas em razão da comemoração, acho que passamos o carro.

 

Saudações Soberanas

 

Não percam também o "Hoje tem" desse jogo:http://blogs.spfc.net/amon78/6093

 

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Face: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 01:45
comente (0 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, hoje é dia especial, data que marca o 21º aniversário da contratação de Ceni, além de ser a 1000 partida de nosso capitão com o manto sagrado.

Como diria uma cantora famosa: "E vai rolar a festa, vai rolar..."

Isso mesmo, como todos já sabem a diretoria Soberana irá realizar um mega evento para homenagear Rogério Ceni. Haverá distribuição de brindes, queima de fogos, telão, etc.

Mas o cerne da questão é: Hoje o Soberano vence em casa?

Para mim a resposta é mais do que óbvia: Vence. Por alguns motivos.

Primeiro pelo momento em que as duas equipes se encontram no campeonato, o Soberano está colado no líder, e uma vitória irá torná-lo líder na tabela, ao menos até quinta.

Segundo, pela data festiva, sei que todos se esforçarão ao máximo para tornar a festa de Ceni inesquecível.

O galo irá tentar chegar ao ataque com muita cautela, dando aquelas espetadas de vez em quando, assim irá forçar o Soberano a sair para o jogo.

Como jogaremos com três volantes, os laterais deverão atuar como alas, para que não recaia uma sobrecarga no único amador presente no meio de campo.

Acho que venceremos por 3 a 0. Com um gol do M1to. Vamos esperar para ver.

Saudações Soberanas

 

Não percam também o "Frente a frente com o inimigo desse jogo:  http://blogs.spfc.net/amon78/6094

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Facebook: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 01:45
comente (0 /)

Olá caros amigos Soberanos, todos devem se lembrar da propaganda que um rival fez com Kaká e Neymar, e hoje acabei de ver uma foto de um torcedor deles pedindo autógrafo para o M1to.

Não é que eles não tem ídolos mesmo.

postado por Aurelio Mendes às 23:25
comente (0 /)

 

Olá caros amigos Soberanos, no Facebook "Dagoberto Tricolor do Morumbi"  provocou novamente os rivais:

 

"Para irritar um corinthiano, vc só precisa de duas palavras: Libertadores e estádio! De preferência, fale, se escrever é bem provável que não consiga ler...kkkk`

 

Dagol é SENSACIONAL.

postado por Aurelio Mendes às 12:08
comente (6 /)

 

Hoje o Dagoberto Pelentier publicou no seu facebook:

"Fala Corinthians! Blz?

- Blz...

Parabéns pelos 101 anos meu rapaz.

- Valeu...

Onde vai ser a festa? Na sua casa?

- ...tú, tú, tú, tú"

 

Dagoberto foi SENSACIONAL. kkkkkk

 

postado por Aurelio Mendes às 00:06
comente (17 /)

 

Olá caros amigos Soberanos, hoje tem Figueirense fora de casa, o que para nós, no momento atual, seria uma excelente notícia, ocorre que iremos remendados para lá, mais de dez jogadores não irão entrar em campo, alguns por lesões, outros por convocações e os demais por cartões.

O jogo será perigoso, e incompleto, o São Paulo jogará sem entrosamento, o que tornará ainda mais difícil a partida.

O Soberano tem time para sair de lá, ao menos, com o empate, mas o Figueira vem de uma importante vitória.

Henrique deverá ter sua chance como titular, vamos ver se ele cumpre com as nossas expectativas. Xandão deverá ser improvisado na lateral direita, o que não gosto muito, preferia jogar com três zagueiros, com jogadores de meio de campo improvisados como alas, para dar um pouco mais de velocidade no contra-ataque.

Vamos ver como o Soberano irá se comportar com três volantes e três zagueiros, sendo um atuando como lateral direito.

Não espero muito desse jogo.

Nos resta rezar e torcer como nunca.

Vejam também o "Frente a frente com o inimigo" desse jogo: http://blogs.spfc.net/amon78/5949

 

Saudações Soberanas

Aurelio Mendes

@amon78

@Aurelio_adv

Face: Aurelio Mendes

postado por Aurelio Mendes às 01:48
comente (2 /)

 

Olá caros amigos leitores Soberanos, vamos para mais um "Frente a frente com o inimigo":

1) Ceni x Wilson: Ceni é imba